Come Back

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Reino Unido "Come Back"
Festival Eurovisão da Canção 2002
Artista(s) Jessica Garlick
Compositor(es) Martyn Baylay
Letrista(s) Martyn Baylay
Resultado da final
Pontos da final 111
Atuações cronológicas
◄ No Dream Impossible (2001)   
Cry Baby (2003) ►

"Come Back" ( em português: "Volta") foi a canção que representou o Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção 2002 que teve lugar em Tallinn, Estónia em 25 de maio desse ano.

A referida canção foi interpretada em inglês por Jessica Garlick. Jessica foi a segunda a cantar na noite do evento, a seguir à banda One com a canção "Gimme em representação de Chipre e antes de Manuel Ortega "Say A Word" pela Áustria. Terminou a competição em 3.º lugar, tendo recebido um total de 111 pontos, permanecendo como a melhor classificação para o Reino Unido] no Festival Eurovisão da Canção durante o século XXI. Seria sucedida como representante britânica em 2003 por "Cry Baby", interpretada pela banda Jemini que cometará a proeza de conseguir a pior classificação para o Reino Unido, na história do Festival Eurovisão da Canção: último lugar e os indesejados 0 pontos.

Autores[editar | editar código-fonte]

AUTORES
Letrista: Martyn Baylay
Compositor: Martyn Baylay

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção é uma balada de amor, na qual Garlick diz[1] ao seu amante que ambos cometeram erros e implora-lhe para que volte para ela e que sente muito infeliz sem a sua presença e que não pode viver sem ele.

Atuação[editar | editar código-fonte]

Na sua sua aparência na Eurovisão, Garlick usou um vestido vermelho escuro, que foi picado da cintura para baixo. Ela foi acompanhada em palco por cinco backing vocals vestidas de branco.

Top de vendas[editar | editar código-fonte]

A canção alcançou o número 13 do UK Singles Chart.

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Outras versões
* club mix (inglês) [4:21]
* demo version (inglês) [2:49]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
No Dream Impossible
Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção
2002
Sucedido por
Cry Baby