Come to Life

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Come to Life
Álbum de estúdio de Natalie Imbruglia
Lançamento Itália 2 de Outubro de 2009
Gravação 2007-2009
Gênero(s) Pop rock, Britpop
Gravadora(s) Island Records
Produção Ben Hillier
Cronologia de Natalie Imbruglia
Último
Glorious: The Singles 1997-2007
(2007)
Male
(2015)
Próximo
Singles de Come to Life
  1. "Want"
    Lançamento: 27 de setembro de 2009
  2. "Scars"
    Lançamento: 26 de abril de 2010

Come to Life é o quarto álbum de estúdio da cantora australiana Natalie Imbruglia, lançado em 2009.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Cancelamentos[editar | editar código-fonte]

Natalie lançaria o álbum inicialmente no ano de 2007, mas o lançamento foi cancelado pela Sony BMG, que optou por publicar antes a coletânea Glorious: The Singles 1997-2007, com os principais singles da cantora. A coletânea incluiu também algumas faixas inéditas de Natalie, gravadas inicialmente para este álbum.

Após isto, a data de lançamento do álbum foi anunciada para o começo de 2008, tendo como primeiro single a música "Scars". No entanto, o lançamento foi novamente adiado, em razão do fim do casamento de Natalie com o músico australiano Daniel Johns[1] , em Janeiro de 2008, e do posterior término do contrato com a sua gravadora. Postergado, a princípio para Junho do mesmo ano, o álbum acabou sendo adiado pela cantora para 2009, a fim de produzir novas faixas para o disco.

Confirmação[editar | editar código-fonte]

O anúncio oficial do lançamento de Come To Life foi feito em 30 de março de 2009 pelo site oficial da cantora[2] , mas o lançamento acabou sendo adiado mais uma vez, para o segundo semestre de 2009. Em julho, o site de Natalie confirmou a data oficial do lançamento para 5 de outubro no Reino Unido e 12 de outubro de 2009 na Europa, pela gravadora Island Records.

O álbum foi produzido por Ben Hillier, com colaborações de Chris Martin, vocalista da banda Coldplay, e Brian Eno. Em entrevista ao jornal Herald Sun, Martin chegou a afirmar que estava um pouco arrependido por dar a canção "Fun" à Imbruglia, pois para ele, a faixa seria "a melhor música do Coldplay de todos os tempos"[3] .

Divulgação[editar | editar código-fonte]

A primeira amostra oficial deste trabalho foi o videoclipe da canção "Wild About It", disponibilizado na internet em 3 de agosto de 2009.

O primeiro single "Want" foi lançado oficialmente em 28 de setembro de 2009 no Reino Unido, mas devido ao baixo apoio das rádios britânicas, o lançamento do álbum no país foi suspenso. Na Europa, Come To Life foi lançado primeiramente na Itália, em 02 de Outubro de 2009, onde "Want" se converteu em um hit. Posteriormente, o álbum foi lançado em todo o continente europeu, na Austrália e na Ásia.

No Reino Unido, o álbum seria lançado com o segundo single "Scars" em 2010. No entanto, um novo fracasso de divulgação levou ao cancelamento do single e do álbum, enquanto Natalie decidiu concentrar-se em sua participação como jurada na edição australiana do programa The X Factor.

Em 2015, Natalie mencionou em uma entrevista[4] à publicação britânica Attitude que foi sua escolha não lançar o álbum, por estar cansada, na ocasião, da indústria musical.

Opiniões da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 4 de 5 estrelas. link

O álbum recebeu a melhor avaliação, dentre os trabalhos da cantora, pelo site AllMusic Guide, que deu 4 estrelas ao disco. Stephen Thomas Erlewine afirmou que o disco "se beneficia de letras pop consistentes, conseguindo evocar o auge da época de 'Torn', sendo ao mesmo tempo moderno".

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. My God – 4:03 (Imbruglia, Crispin Hunt)
  2. Lukas – 3:49 (Guy Berryman, Jonny Buckland, Will Champion, Chris Martin)
  3. Fun – 4:21 (Guy Berryman, Jonny Buckland, Will Champion, Chris Martin)
  4. Twenty – 3:57 (Imbruglia, Solomon Sheppard)
  5. Scars – 3:30 (Imbruglia, Jamie Hartman)
  6. Want – 3:35 (Imbruglia, Chris Martin, Kat Kourtney, Gary Clark)
  7. WYUT – 3:17 (Imbruglia, Alain Johannes, Natasha Shneider)
  8. Cameo – 3:09 (Imbruglia, Ben Hillier, Dave McCracken)
  9. All The Roses – 3:27 (Imbruglia, Gary Clark)
  10. Wild About It – 4:07 (Imbruglia, Ben Hillier, Dave McCracken)
  11. Flirting – 5:00 (Imbruglia, Siddhartha Khosla) - Faixa bônus da edição japonesa

Paradas[editar | editar código-fonte]

Parada (2009) Posição
ARIA Top 100 Albums[5] 67
ARIA Top 20 Australian Albums[6] 18
Italian Albums Chart[7] 34
Russian Albums Chart[8] 25
Swiss Albums Chart[9] 70

Referências

  1. Jornal O Globo Pesquisa em 09/11/14
  2. Natalie Imbruglia Official Website
  3. Rolling Stone Brasil Pesquisa em 09/11/14
  4. Attitude Magazine Pesquisa em 19/08/15
  5. "Natalie Imbruglia's comeback a flop". The Daily Telegraph. Pesquisa em 25/10/09
  6. http://pandora.nla.gov.au/pan/23790/20091105-0000/issue1025.pdf
  7. [1]
  8. «Российский чарт 42-2009». 2M-Online (em Russian). Consultado em 30/03/10. 
  9. "Discography Natalie Imbruglia". SwissCharts.com. Hung Medien. Pesquisa em 25/10/09