Comedy Central (Brasil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Comedy Central Brasil)
Comedy Central
Tipo Canal de televisão por assinatura
País  Brasil
Fundação 1 de fevereiro de 2012 (11 anos)[1][2]
Pertence a Paramount Networks Americas
Proprietário Paramount Networks International
Estúdios São Paulo São Paulo, SP
Slogan A Zoeira Nunca Acaba
Formato de vídeo
Canais irmãos
Cobertura Nacional
Página oficial www.comedycentral.com.br
Disponibilidade por satélite
  • Canal 158
  • Canal 558 (HD)
  • Canal 137
  • Canal 637 (HD)
Canal 137 (HD)
Disponibilidade por cabo
  • Canal 137
  • Canal 637 (HD)
Canal 844 (HD)
Canal 651 (HD)[3]
  • Canal 79
  • Canal 479 (HD)
TCM
Canal 163 (HD)
Canal 137 (HD)
Disponibilidade digital
Simulcast
Simulcast
Simulcast
Simulcasto

Comedy Central é um canal de televisão por assinatura brasileiro de humor de propriedade da Paramount Networks Americas. Sua estreia na América Latina ocorreu em 1 de fevereiro de 2012.[1] O canal disponibiliza áudio em espanhol e português.[4] Foi lançado juntamente com o Comedy Central América Latina,[1] o Brasil é o país com a maior população depois dos Estados Unidos, com mais de 200 milhões de habitantes a receber a programação, e terá programas feitos exclusivamente no Brasil, com artistas do stand-up.[5] O website do Comedy Central no Brasil foi lançado em 11 de novembro de 2011.[6]

O canal é em multiplataforma incluindo TV por assinatura padrão e HD, além de programação online e mobile.[7] Ele exibe atualmente shows do canal americano, aquisições, produções originais, shows de stand-up comedy, séries de animação, clássicos e filmes todos relacionados a comédia.[8]

O canal americano foi o primeiro no mundo a ter programação 100% sobre comédia e entretenimento em geral.[8]

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2011 houve oito programas semanais durante um mês em comemoração ao mês da comédia no canal VH1 apresentando um "aquecimento" para a estreia do canal Comedy Central. O programa era intitulado de Comedy Central Apresenta, e o comediante Danilo Gentili apresentava os quadros de stand-up com comediantes brasileiros.[9] O programa era reprisado na VH1 periodicamente e a partir do lançamento do Comedy Central passou a compor a grade do mesmo tendo mais uma temporada de oito meses, mais ainda não foi confirmado se o comediante continuará sendo apresentador do programa.[10][11][12][13]

Captura de ecrã da página do canal Comedy Central Brasil antes de seu lançamento em 10 de novembro de 2011.

Antes do lançamento do site houve uma contagem regressiva para o lançamento. (Imagem ao lado)

No dia 11 de novembro do mesmo ano foi lançado o site do canal, com o exclusivo The Roast of Charlie Sheen.[7][14] Após o lançamento do site o ator Charlie Sheen e o humorísta Danilo Gentili coversaram pelo Twitter sobre o a estreia da canal no Brasil.[15][16][17]

Estreia[editar | editar código-fonte]

Logotipo do canal até 2019

Apesar de ter seu lançamento previsto para o dia 1 de janeiro de 2012,[4] o canal divulgou nas redes sociais sua estreia foi adiada para 1 de fevereiro de 2012.[2][18]

Inicialmente, a primeira operadora de TV por assinatura a informar os clientes foi a Claro TV, aonde o canal seria posterior do canal VH1 MegaHits, pela numeração 92, no dia 7 de fevereiro de 2012, dias após a sua estreia. Igualmente á Via, a Sky também anunciou seus clientes por email que iria substituir o VH1 MegaHits pelo Comedy Central. O canal foi lançado pela empresa no primeiro dia de fevereiro, dia do seu lançamento e com sinal aberto de 12 dias.[19][20] Ambas as empresas, divulgaram os canais apenas pelo sinal SD. Não foi confirmada até então a extinção do canal VH1 MegaHits no Brasil, isto é, se o canal permaneceria sendo disponibilizado pelas outras operadoras de TV paga que já o possuem em seu Line-up. Tal canal seria descontinuado oito anos depois em favor da expansão do MTV Live no Brasil.[21]

Presença na internet[editar | editar código-fonte]

Desde o lançamento do site do canal na América Latina (espanhol) e no Brasil (português), o site obteve uma das maiores visualizações da internet nos vídeos The Roast com Charlie Sheen e Spooky, e possui uma média de um milhão de acessos com permanência de 40 minutos e obtendo uma grande importância nas redes sociais (Twitter e Facebook).[2]

Programas[editar | editar código-fonte]

O programa The Daily Show apresentado pelo entrevistador Jon Stewart começou a ser exibido com legendas a partir do seu lançamento.[22] O canal também exibe seriados voltados a comédia e transmite até hoje o seriado South Park, oriundo da VH1 Brasil, passando por diversos horários, até ser fixado nas madrugadas desde 2019.[23]

O canal também produz produções próprias oriundas da versão americana e latina, como o Comedy Central Stund-Up, Comedy Central Apresenta, República do Stund-Up, A Culpa é do Cabral (sendo este um dos maiores êxitos e carro-chefe do canal), A Culpa é da Carlota (cancelada na 3ª temporada devido a rejeição do público e da crítica especializada) e outros.[24][25][26] Possui parceria com a produtora Porta dos Fundos, onde passou a exibir alguns projetos do grupo e a websérie Homens? desde 2019.[27]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Gintoki (6 de janeiro de 2012). «Comedy Central Latino America: En Febrero» (em espanhol). ANMTV. Consultado em 16 de janeiro de 2012 
  2. a b c «Canal Comedy Central estreia em fevereiro no Brasil». AdNews. 24 de janeiro de 2012. Consultado em 24 de janeiro de 2012 
  3. a b «Canal Comedy Central entrará no lugar do canal VH1 Mega Hists na Vivo TV». Vivo TV. 9 de novembro de 2012. Consultado em 9 de Novembro de 2012. Arquivado do original em 6 de novembro de 2012 
  4. a b «Canal Comedy Central Estreia no Brasil em 2012». Veja. 25 de maio de 2011. Consultado em 20 de julho de 2011 
  5. Daniel Castro (31 de maio de 2011). «Canal de comédia produzirá programa de humor no Brasil». R7. Consultado em 20 de julho de 2011 
  6. Rafael Blanco. «Se lanza sitio electrónico de Comedy Central para América latina y Brasil». TV Latina.tv (em espanhol). 11/11/2011. Consultado em 13 de novembro de 2011. Arquivado do original em 16 de novembro de 2011 
  7. a b «Web-Site do Canal Comedy Central será lançado em toda a América Latina em Novembro». Portal da Propaganda. 4 de novembro de 2011. Consultado em 13 de novembro de 2011 
  8. a b «Comedy Central estreia em janeiro em toda a América Latina». Arena News Brasil. 26 de maio de 2011. Consultado em 9 de outubro de 2011 [ligação inativa]
  9. «Canal de comédia na TV paga terá humoristas brasileiros». UOL. Na Telinha. 3 de julho de 2011. Consultado em 6 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 14 de fevereiro de 2012 
  10. «www.adnews.com.br/pt/tv/elenco-brasileiros-do-comedy-central-estreia-na-vh1.html». AdNews. 25 de agosto de 2011. Consultado em 24 de janeiro de 2012 
  11. Tatiana Contreiras (29 de janeiro de 2012). «Comedy Central é lançado no Brasil na próxima quarta-feira». O Globo. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  12. «Novo canal aposta no humor para conquistar espectadores brasileiros». O Globo. d24am. 29 de janeiro de 2012. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  13. «GENTE - Gentili: stand up em DVD». danilogentili.com. brpress. 8 de novembro de 2011. Consultado em 18 de novembro de 2011 
  14. «Site brasileiro do canal de humor "Comedy Central" estreia com programa de Charlie Sheen». Uol. 11 de novembro de 2011. Consultado em 14 de novembro de 2011. Arquivado do original em 19 de novembro de 2011 
  15. «Charlie Sheen diz que está no Brasil "em espírito"». Folha.com. 14 de novembro de 2011. Consultado em 14 de novembro de 2011 
  16. «Charlie Sheen celebra estreia do site do Comedy Central no Brasil». Virgula. 14 de novembro de 2011. Consultado em 14 de novembro de 2011 
  17. «Charlie Sheen e Gentili comentam Comedy Central no Brasil». AdNews. 14 de novembro de 2011. Consultado em 14 de novembro de 2011 
  18. «Canal Comedy Central estreia no Brasil em fevereiro». UOL. Bol. 23 de janeiro de 2012. Consultado em 24 de janeiro de 2012 
  19. «VOCÊ VAI ROLAR DE RIR COM ESSA NOVIDADE». Sky. 1 de fevereiro de 2012. Consultado em 1 de fevereiro de 2012 
  20. «La marca global de entretenimiento de comedia las 24 horas se dirige a una audiencia de 18 a 49 años y presenta un amplio catálogo de contenido, que incluye programación exclusiva como "Happily Divorced" y "The Exes" así como innovadoras producciones locales» (em espanhol). PR Newswire. 23 de janeiro de 2012. Consultado em 24 de janeiro de 2012 
  21. Guimarães, Anderson (7 de julho de 2020). «Canal da TV por assinatura será descontinuado após 10 anos». Minha Operadora. Consultado em 16 de janeiro de 2023 
  22. «Programa de Jon Stewart será exibido com legendas no Brasil». Agência Estado. F5. 24 de janeiro de 2012. Consultado em 24 de janeiro de 2012 
  23. Fernanda Furquim (16 de março de 2012). «'Rob' e 'Happily Divorced' chegam ao Brasil pelo Comedy Central». Veja.com. Consultado em 26 de março de 2012. Arquivado do original em 13 de maio de 2012 
  24. «Danilo Gentili faz show de humor como aperitivo de novo canal - 03/10/2011 - Ilustrada». Folha de S.Paulo. Consultado em 16 de janeiro de 2023 
  25. «Comedy Central estreia o humorístico "A Culpa é do Cabral"». NaTelinha. Consultado em 16 de janeiro de 2023 
  26. «Com cinco comediantes mulheres, A Culpa É da Carlota faz política em sentido amplo». F5. 7 de fevereiro de 2020. Consultado em 16 de janeiro de 2023 
  27. «Dona da MTV compra Porta dos Fundos e quer internacionalizar grupo - 19/04/2017 - Mercado». Folha de S.Paulo. Consultado em 16 de janeiro de 2023 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]