Coming to America

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coming to America
Um Príncipe em Nova Iorque (PT)
Um Príncipe em Nova York (BR)
 Estados Unidos
1988 •  cor •  116 min 
Direção John Landis
Roteiro David Sheffield
Barry W. Blaustein
Elenco Eddie Murphy
Arsenio Hall
James Earl Jones
Shari Hadley
Madge Sinclair
Género Comédia
Lançamento Estados Unidos 29 de Junho de 1988
Portugal 30 de Setembro de 1988
Brasil 22 de Dezembro de 1988
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Coming to America (Um Príncipe em Nova York (título no Brasil) ou Um Príncipe em Nova Iorque (título em Portugal))[1][2] é um filme estadunidense, do gênero comédia, dirigido por John Landis em 1988.

É o primeiro filme do ator Cuba Gooding Jr., que surge como figurante, e traz Don Ameche e Ralph Bellamy reprisando seus papéis como os milionários falidos de Trading Places, também protagonizado por Eddie Murphy.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Akeem Joffer (Eddie Murphy), o herdeiro do trono de Zamunda (um reino africano fictício) vive uma vida de luxo e opulência, em que todas as tarefas comuns do dia a dia são realizadas por criados. Akeem aborrece-se com esta vida, desejando algo mais para si mesmo. Quando o seus pais, o rei Jaffe (James Earl Jones) e a rainha Aeoleon, lhe apresentam a sua futura esposa Imani, que ele nunca conheceu e que foi treinada para obedecer todas as suas ordens, Akeem decide viajar para os Estados Unidos da América juntamente com Semmi (Arsenio Hall), o seu melhor amigo, para encontrar alguém que o ame por quem ele é e não pelo seu estatuto. Ambos acabam por viajar para Nova York, para o bairro de Queens, onde fazem de conta que são pobres e vivem num apartamento miserável, ao mesmo tempo que se tenta habituar a uma realidade bem diferente da que conhecem. Pouco depois, arranjam trabalho num restaurante chamado McDowell's (uma imitação do McDonald's), que pertence a Cleo McDowell e às suas duas filhas, Lisa e Patrice. Cedo Akeem apaixona-se por Lisa, mas esta tem um namorado desagradável e rico chamado Darryl (Eriq La Salle), que, sem o seu consentimento, anuncia que ambos se vão casar. Furiosa, ela deixa Darryl e começa a sair com Akeem, que a impressiona com a sua personalidade e nobreza, apesar de garantir a Lisa que em Africa era apenas um pastor de cabras. Quando este dá todo o seu dinheiro a dois mendigos (Don Ameche e Ralph Bellamy fazendo uma aparição especial como os irmãos Duke de Os Ricos e os Pobres), Semmi emite um pedido urgente de fundos adicionais ao rei de Zamunda. Como consequência, a família real e toda a corte deslocam-se a Queens para lidar com a situação, revelando a todos que Akeem pertence, na verdade à realeza. McDowell, que não aprovava o namoro quando julgava que Akeem era pobre, fica radiante, mas Lisa está triste por Akeem ter escondido a sua identidade e por isso recusa casar-se com ele. O príncipe está destroçado e regressa a casa, conformado em casar-se com Imani. Perante o desgosto do filho, o rei Jaffe insiste que "é a tradição" e pergunta "quem sou eu para mudá-la?". A rainha comenta: "julgava que eras o rei".

No casamento em Zamunda, Akeem espera, desanimado, pela sua noiva no altar. Quando levanta o véu, descobre com surpresa que é Lisa, que decidiu voltar atrás e aceitar casar-se com ele. À saída, Lisa está impressionada com a multidão que os saúda. Akeem diz que abdicaria de tudo aquilo para ficar com ela, mas Lisa ri-se e recusa, decidindo tornar-se parte da família real.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Eddie Murphy Príncipe Akeem Joffer
Clarence
Randy Watson
Saul
Arsenio Hall Semmi
Morris
Reverendo Brown
Travesti na discoteca
James Earl Jones Rei Jaffe Joffer
John Amos Cleo McDowell
Madge Sinclair Rainha Aoleon Joffer
Shari Headley Lisa McDowell
Eriq La Salle Darryl Jenks
Allison Dean Patrice McDowell
Samuel L. Jackson Mickey Lynn (assaltante)
Cuba Gooding Jr. Jovem na barbearia
Don Ameche Mortimer Duke
Ralph Bellamy Randolph Duke

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1989 (Estados Unidos)

  • Recebeu indicações nas categorias de Melhor Maquiagem e Melhor Figurino.

American Comedy Awards 1989 (Estados Unidos)

  • Venceu na categoria de Ator Coadjuvante mais Engraçado em Cinema (Arsenio Hall).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]