Comissão Técnica Nacional de Biossegurança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) é uma instância colegiada multidisciplinar, criada através da lei nº 11.105, de 24 de março de 2005.

Sua finalidade é prestar apoio técnico consultivo e assessoramento ao Governo Federal na formulação, atualização e implementação da Política Nacional de Biossegurança relativa a organismos geneticamente modificados (OGMs), bem como no estabelecimento de normas técnicas de segurança e pareceres técnicos referentes à proteção da saúde humana, dos organismos vivos e do meio ambiente, para atividades que envolvam a construção, experimentação, cultivo, manipulação, transporte, comercialização, consumo, armazenamento, liberação e descarte de OGMs e derivados.[1][2][3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «CIBio» 
  2. «Lei nº 11.105». www.planalto.gov.br. Consultado em 24 de outubro de 2018 
  3. Bosetti, Cleber José (13 de dezembro de 2012). «Ciência e política nas decisões da CTNBio». Plural - Revista de Ciências Sociais. 19 (2): 29–50. ISSN 2176-8099. doi:10.11606/issn.2176-8099.pcso.2012.74434 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.