Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sede do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (COL), no centro de convenções Riocentro.

O Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (COL) é a entidade que foi responsável por entregar condições ideais de organização operacional da Copa das Confederações FIFA de 2013 e da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

Instituído em 2008, logo após o Brasil ter sido escolhido a sede da Copa do Mundo de 2014, o COL é uma entidade privada ligada à FIFA e 100% gerida com recursos próprios da entidade. [1] O comitê ainda não foi fechado, devido a dívidas[2]. A sede do comitê está situada no Pavilhão 1 do centro de convenções Riocentro, no Rio de Janeiro. [3]

Financiamento[editar | editar código-fonte]

O COL é financiado exclusivamente pela FIFA, que é responsável por seu controle financeiro com o apoio da empresa de consultoria independente Ernst & Young. O orçamento total para preparar a Copa do Mundo da FIFA é de R$ 892 milhões. [4]

Responsabilidades[editar | editar código-fonte]

O COL tem como foco e responsabilidade exclusivamente a preparação, organização e realização dos dois eventos. Seus desafios consistem em gerenciar os recursos, fornecer informações para que os estádios, cidades e estados apresentem as condições especificadas pela FIFA para ser palco dos jogos desse evento esportivo e prover excelência operacional dentro das arenas. De acordo com a Matriz de Responsabilidades da Copa do Mundo FIFA 2014, as entregas do COL incluem:[5]

  • Monitoramento de estádios e avaliação técnica
  • Segurança no interior e entornos dos estádios
  • Programa de Voluntários
  • Coordenação das ações das sedes
  • Eventos auxiliares como o Sorteio Final da Copa do Mundo
  • Programa de embaixadores
  • Logística
  • Transporte de delegações
  • Campanhas de sustentabilidade e responsabilidade social

Membros[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências