Communic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Communic
Communic no festival Summer Breeze Open Air em 2007
Informação geral
Origem Kristiansand
País  Noruega
Gênero(s) Metal progressivo
Power metal[1]
Período em atividade 2003-presente
Gravadora(s) Nuclear Blast
AFM Records
Integrantes Oddleif Stensland
Tor Atle Andersen
Erik Mortensen
Página oficial www.communic.org

Communic é uma banda de metal progressivo de Kristiansand, Noruega[2]. A banda foi fundada em 2003 e tem 5 álbuns de estúdio lançados[3][4], sendo os 4 primeiros gravados pela Nuclear Blast[5].

História[editar | editar código-fonte]

Formação[editar | editar código-fonte]

Communic foi fundada em março de 2003 como um projeto do guitarrista Oddleif Stensland e do baterista Tor Atle Andersen, ambos ex-membros do Scariot [5]. Logo se juntaram ao baixista Erik Mortensen, que era membro de uma banda junto com Stensland chamada Ingermanland [5]. O nome da banda é uma abreviação para Communicate ou Communication (comunicar ou comunicação em inglês), e foi adotado após descartarem a ideia inicial de usar o nome CommunicHate[6][7]. Em janeiro de 2004, a banda gravou sua primeira demo no Dub Studios, na Noruega, contendo três faixas. Enquanto apenas 100 cópias da demo Conspiracy in Mind foram produzidas, ela foi selecionada como a "Demo do Mês" pela revista Rock Hard alemã [8][9]. Em abril de 2004, Stensland saiu do Scariot para se concentrar exclusivamente em sua nova banda, o que já havia sido feito por Andersen[8]. Desde o início o estilo da banda foi comparado ao de grupos como Nevermore e Sanctuary, devido à mistura de elementos de metal progressivo, thrash e power metal[10].

Conspiracy in Mind (2004)[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2004, Communic assinou um contrato de longa duração com a gravadora alemã Nuclear Blast,[8][9] e em setembro começou a gravar seu primeiro álbum, Conspiracy in Mind, nos estúdios do produtor Jacob Hansen, na Dinamarca[5]. O tecladista Peter Jensen (ex-Sinphonia) ajudou na gravação do álbum tocando teclado [6]. O disco foi lançado em 21 de fevereiro de 2005 e recebeu boas críticas, sendo nomeado álbum do mês pelas revistas Rock Hard e Heavy Oder Was [5]. A revista Rock Hard também selecionou a banda como Banda caloura do ano. Logo após o lançamento, a banda fez turnê pela Europa com Ensiferum e Graveworm, incluindo uma presença no "Rock Hard Festival" [6][11]. Jensen acompanhou a banda durante a turnê mas não se fixou como membro permanente, já que não vivia na Noruega. A banda então permaneceu como um power trio, contando apenas com guitarra, baixo e bateria.

Waves of Visual Decay (2006)[editar | editar código-fonte]

No começo de 2006 a banda foi novamente para a Dinamarca gravar seu segundo disco, nos estúdios de Jacob Hansen. Dessa vez, o norueguês Endre Kirkesola tocou teclados para o álbum [12]. Ao contrário de Jensen, Kirkesola não fez turnê com a banda para promover o álbum. Essa teria sido uma escolha dos membros permanentes da banda, como afirmou o baixista Erik Mortensen: " a razão pela qual optamos por não ter um tecladista ao vivo é que nós queremos que nossa música seja apresentada ao vivo da mesma forma que foi criada, e com o mesmo nível de energia que nós temos em nossos ensaios" [7]. O álbum foi muito bem recebido pela crítica, sendo nomeado álbum do mês em várias revistas pelo mundo afora[carece de fontes?]. A banda foi convidada para vários festivais na Europa, incluindo o Queens of Metal, na Alemanha, o Ragnarock Festival na Noruega e o Prog Power Europe na Holanda[7].

Payment Of Existence (2008) e The Bottom Deep (2011)[editar | editar código-fonte]

Payment Of Existence é o terceiro álbum de estúdio, lançado no dia 30 de maio de 2008 pela gravadora Nuclear Blast.[3]

O quarto álbum de estúdio da banda é The Bottom Deep, lançado no dia 22 de julho de 2011.[3]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Conspiracy in Mind (2005)
  • Waves of Visual Decay (2006)
  • Payment of Existence (2008)
  • The Bottom Deep (2011)
  • Where Echoes Gather (2017)

Referências

  1. Metal Archives. «Communic». Consultado em 19 de julho de 2019 
  2. «Communic no Metal Archives». Metal Archives. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  3. a b c «Discografia da banda Communic no site da Nuclear Blast». Nuclear Blast. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  4. «Discografia da banda Communic no Allmusic». Allmusic. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  5. a b c d e «Página da banda Communic no site da Nuclear Blast». Consultado em 12 de maio de 2012 
  6. a b c «Entrevista do Communic para o Get Ready to Rock». Get Ready to Rock. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  7. a b c «Entrevista com Communic no sítio Power of Metal». Power of Metal. 5 de junho de 2006. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  8. a b c «Álbum Conspirancy in Mind no site da Nuclear Blast». Nuclear Blast. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  9. a b «COMMUNIC Sign To Nuclear Blast». Bravewords. 23 de agosto de 2004. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  10. «Communic Sign With Nuclear Blast». Metal Underground. 22 de agosto de 2004. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  11. «Registro do Rock Hard Festival 2005». Rock Hard. Consultado em 4 de outubro de 2013 
  12. «Créditos de Waves of Visual Decay no Allmusic». Allmusic. Consultado em 4 de outubro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]