Companhia Aeronáutica Paulista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Companhia Aeronáutica Paulista
LogotipodaCAP.jpg
Privada
Atividade Aeronáutica
Fundação 1942; há 79 anos
Fundador(es) Francisco Pignatari
Destino Adquirida pela Neiva
Encerramento 1948 (1948)
Sede São Paulo, S.P.
Área(s) servida(s) Mundo
Pessoas-chave Jorge de la Roche Fragoso
Produtos Aviões

A Companhia Aeronáutica Paulista foi uma fábricante brasileira de aviões, localizada no estado de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

No início de 1942, a empresa Laminação Nacional de Metais criou uma divisão aeronáutica, voltada para a fabricação de planadores. Com o sucesso da empreitada, em agosto de 1942, a divisão se tornou uma empresa independente, a Companhia Aeronáutica Paulista, que projetou e passou a fabricar a aeronave Paulistinha CAP-4.[1]

Com o final da Segunda Guerra Mundial, a demanda por aeronaves de treinamento diminuiu. O mercado militar estava abastecido com o excedente de aviões norte-americanos, enquanto o mercado civil ainda não estava suficientemente desenvolvido para gerar demanda, o que levou a empresa a fechar definitivamente, em 1949.[2]

Os direitos de fabricação do Paulistinha, foram posteriormente repassados à Indústria Aeronáutica Neiva, que rebatizou a aeronave como Neiva P-56.

Aeronaves produzidas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «CAP Paulistinha». www.naval.com.br. Consultado em 17 de abril de 2019 
  2. «A história do Paulistinha CAP 4 e P 56 – ACADEMIA». Consultado em 17 de abril de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.