Companhia Zaffari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grupo Zaffari
Loja Hiper Zaffari, localizada no bairro Higienópolis, em Porto Alegre.
Razão social Companhia Zaffari Comercio e Industria
Empresa de capital fechado
Indústria
Gênero Serviços
Fundação 6 de janeiro de 1935 (1935-01-06)
Fundador(es) Francisco José Zaffari
Sede Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
Área(s) servida(s) Em todo o Brasil
Locais Rio Grande do Sul e São Paulo
Proprietário(s) Família Zaffari
Pessoas-chave Claudio Zaffari
Empregados 9.206
Produtos
Divisões Zaffari & Bourbon
Website oficial

A Companhia Zaffari ou Grupo Zaffari é uma empresa brasileira do segmento de autosserviço que possui uma rede de supermercados e hipermercados no Rio Grande do Sul, além de shopping centers (4 em Porto Alegre, 1 em Novo Hamburgo, 1 em São Leopoldo e 1 em São Paulo).

É a décima nona maior empresa varejista do Brasil (segundo o ranking do Ibevar em 2015) e a sétima maior rede de supermercados do Brasil (segundo o ranking do Supermercado Moderno de 2015).[1] Atualmente, o Grupo Zaffari possui 34 lojas no país, ocupando o primeiro lugar no ranking de empresas de supermercados com capital cem porcento nacional.[2][3]

História[editar | editar código-fonte]

A história da Companhia Zaffari começou no dia 6 de janeiro de 1935, quando Francisco José Zaffari (descendente de imigrantes italianos), e sua esposa Santina de Carli, montaram uma pequena casa de comércio. Era um armazém de secos e molhados, instalado na parte da frente da residência do casal, na Vila Sete de Setembro, interior do município gaúcho de Erechim. Em 1947, a família mudou-se para Erval Grande, onde abriu uma casa comercial maior e com mais variedade de produtos. A família Zaffari conduziu a empresa baseando os seus serviços na qualidade de atendimento.[4]

Na década de 1950 foram inauguradas as primeiras unidades em localidades vizinhas à Erval Grande. A família transferiu-se para Porto Alegre em 1960, onde inaugurou seu primeiro estabelecimento comercial na capital gaúcha, sendo este um atacado. No ano de 1965 ergueu o seu primeiro supermercado, sendo ele a primeira loja varejista de autosserviço em um bairro nobre porto-alegrense. Dois anos depois, o segundo supermercado da rede abriu as suas portas, iniciando assim uma fase de expansão.  

A loja Zaffari Ipiranga, inaugurada em 1974, foi considerada como moderna para a sua época (contando com sessões especiais de bazar, livraria e importados). O Grupo Zaffari inaugurou o Hipermercado Zaffari Canoas (atual Hipermercado Bourbon) em 1979, que contava com grande espaço e variedade de produtos.

Bourbon Shopping[editar | editar código-fonte]

O Grupo Zaffari fundou, em 1991, o primeiro empreendimento com a marca Bourbon Shopping.[5] Situado entre duas grandes avenidas de comércio da Zona Norte porto-alegrense, o Bourbon Shopping Assis Brasil seguiu a característica da rede de ter como âncora um hipermercado do grupo.

Em 2001, inaugurou-se o Bourbon Shopping Country.[6] Este empreendimento destacou-se por abrigar uma casa de espetáculos (o Teatro do Bourbon Country), sendo a primeira sala de cinema 3D do Rio Grande do Sul. Contou também com uma unidade da Livraria Cultura.

A expansão para fora do território gaúcho começou em 2008, com a inauguração do Bourbon Shopping São Paulo (sendo esta a primeira operação do Zaffari em outro Estado brasileiro). É um dos mais modernos shoppings da capital paulista, oferecendo um mix completo de compras, lazer e cultura (contando com a primeira sala IMAX do Brasil e o Teatro Bradesco).[7]

Em 2012, o Grupo Zaffari fundou o seu maior empreendimento, sendo este o Bourbon Shopping Wallig (localizado na Avenida Assis Brasil em Porto Alegre, contando com a primeira sala de cinema IMAX no Rio Grande do Sul).[8][9][10]

Fidelização[editar | editar código-fonte]

A Companhia Zaffari possui ações de fidelização (que tem colocado a empresa entre as mais lembradas do ramo varejista pelos gaúchos).[11][12]

  • Em 1996, a empresa iniciou as atividades da Bourbon Administradora de Cartões de Crédito, cuja competência está em administrar os cartões Zaffari Card, Bourbon Card e o Cheque Rancho-Alimentação.
  • O Grupo Zaffari possui ações de apoio à cultura, tais como o projeto Concertos Comunitários (que leva música clássica às cidades gaúchas) e a Feira do Livro de Porto Alegre (evento que possui incentivo da empresa desde 2004).
  • Na ideia do animal ser organizado e que busca o melhor para sua alimentação, o Grupo Zaffari adotou o esquilo como seu mascote. O mesmo acompanha o logo da empresa.

Referências

  1. Melo, Luísa (13 de setembro de 2016). «As 50 maiores varejistas do Brasil em faturamento em 2015». EXAME. Consultado em 3 de novembro de 2016. 
  2. «Zaffari investe R$ 35 milhões no segundo hipermercado em SP». EXAME. 27 de julho de 2016. Consultado em 3 de novembro de 2016. 
  3. Olivon, Beatriz (18 de julho de 2011). «Por que o Zaffari está a 12 meses de virar o maior varejista brasileiro». EXAME. Consultado em 3 de novembro de 2016. 
  4. «Grupo Zaffari comemora 77 anos». Zaffari & Bourbon. 6 de janeiro de 2012. Consultado em 7 de novembro de 2016. 
  5. «Bourbon Shopping Assis Brasil». Tecplan Engenharia e Empreendimentos. Consultado em 7 de julho de 2018. 
  6. «Bourbon Shopping Country». Tecplan Engenharia e Empreendimentos. Consultado em 7 de julho de 2018. 
  7. Brisolla, Fabio (5 de dezembro de 2016). «Bourbon Shopping: Um gigante na Pompéia». Veja São Paulo. Consultado em 7 de julho de 2018. 
  8. «Bourbon Shopping Wallig terá 1ª fase inaugurada nesta quinta-feira». Jornal do Comércio. 24 de abril de 2012. Consultado em 7 de julho de 2018. 
  9. «Bourbon Shopping Wallig é inaugurado em Porto Alegre». couromoda.com. 4 de maio de 2012. Consultado em 7 de julho de 2018. 
  10. «Após inauguração, multidão invade novo shopping de Porto Alegre». G1 - Rio Grande do Sul. 26 de abril de 2012. Consultado em 7 de julho de 2018. 
  11. «A liderança absoluta é da Cia. Zaffari». Jornal do Comércio. Março de 2016. Consultado em 19 de fevereiro de 2018. 
  12. «Grupo Zaffari e a cultura». Auditório Araújo Viana. Consultado em 19 de fevereiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]