Companhia de Habitação do Paraná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), fundada em 14 de maio de 1965, é uma empresa brasileira de economia mista que atua na execução dos programas habitacionais do Governo do Estado do Paraná. A meta da empresa é atuar de forma ampla no âmbito da habitação no Estado.

A Cohapar tem como prioridades equacionar e resolver o déficit habitacional do Estado, prioritariamente à população de baixa renda, contudo buscando soluções para toda a sociedade, buscar a auto-sustentação, como empresa, gerando suas receitas para cobrir o custo operacional, e o lucro, para reinvestimento no setor e manter atendimento as moradias já entregues, definindo e coordenando todas as atividades necessárias para manter o nível de moradia adequado ao mutuário e sua integração à cidade.

A sede da empresa é situada Curitiba, Paraná. Mantém ainda Escritórios Regionais em todas as regiões do Estado. Ao todo são 12 escritórios regionais, nas cidades de: Apucarana, Cascavel, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Paranavaí, União da Vitória e Umuarama.

Programas da Cohapar[editar | editar código-fonte]

Morar Bem Paraná Urbano – Lançado em abril de 2011 pelo então governador Beto Richa, o programa abrange a construção e reforma de casas, obras de urbanização e infraestrutura nas cidades. O trabalho é realizado por meio de parcerias firmadas com a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, prefeituras, entidades de classe e lideranças comunitárias.

Morar Bem Paraná Rural – Programa destinado ao atendimento de pequenos produtores rurais do estado que beneficiou mais de 13 mil famílias do campo desde a sua criação, em 2011. O trabalho conta com parcerias da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Cooperativas de Agricultores.

Morar Legal Paraná - Consiste na regularização de áreas sem documentação e posterior entrega dos títulos de propriedade às famílias residentes. Desde 2011, mais de 25 mil famílias foram beneficiadas pelas ações vinculadas ao programa e a meta atender mais 42 mil famílias até o fim de 2018.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]