Complexo Médico Penal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Complexo Médico Penal (CMP) é uma penitenciária situada no bairro de Parque das Nascentes, localizado no município de Pinhais. Localiza-se na Rua Ivone Pimentel, próximo à Represa do Iraí. É administrado pelo Departamento Penitenciário (DEPEN), subordinado à Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Governo do Estado do Paraná.

O presídio é destinado principalmente a detentos que necessitam de tratamento médico devido a ferimentos, doenças ou problemas psiquiátricos, mas também acolhe presos comuns, como policiais que praticaram crimes e condenados com curso superior.[1] O local é nacionalmente conhecido por ter como interno Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados, além de outras personalidades envolvidas em escândalos apurados pela Operação Lava Jato.

Presos notáveis[editar | editar código-fonte]

A penitenciária abriga diversos presos notáveis, em sua maioria executivos de grandes empreiteiras, ex-diretores da Petrobras e políticos envolvidos na Operação Lava Jato. As seguintes pessoas são ou já foram detentas do complexo:[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nunes, Wálter (24 de agosto de 2016). «Fotos exclusivas mostram Complexo onde vivem presos da Lava Jato». Folha de S.Paulo. Consultado em 18 de janeiro de 2018. 
  2. «Presos que passaram pelo Complexo Médico Penal». Folha de S.Paulo. 11 de janeiro de 2016. Consultado em 18 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre prisões. cadeias e presidios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.