Comportamento de manada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Efeito rebanho.

Comportamento de manada é um termo usado para descrever situações em que indivíduos em grupo reagem todos da mesma forma, embora não exista direção planejada.[1]

O termo se refere originalmente ao comportamento animal; por analogia, também se aplica ao comportamento humano, em situações tais como a ocorrência de uma bolha especulativa. Neste caso, diz respeito ao comportamento de agentes econômicos, em um contexto de informação assimétrica ou incerteza, quando uma grande parcela dos agentes participantes de um dado mercado não tem informações suficientes para a tomada de decisão — acerca do mercado de ações, mercado cambial ou o mercado de crédito, por exemplo — e cada agente decide imitar a decisão de outros, supostamente mais bem informados, ou seguir a maioria.

Referências

  1. Braha, Dan (31 de outubro de 2012). Moreno, Yamir, ed. «Global Civil Unrest: Contagion, Self-Organization, and Prediction». PLoS ONE (em inglês) (10): e48596. ISSN 1932-6203. PMC 3485346Acessível livremente. PMID 23119067. doi:10.1371/journal.pone.0048596. Consultado em 3 de outubro de 2021