CompuMate

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
CompuMate
computador doméstico
Lançamento: 1984
Descontinuado: [carece de fontes?]
Sistema operativo: BASIC
Microprocessador: 6507 (do Atari 2600) em 1,19 MHz
Memória: 1750 bytes
Portal Tecnologias da informação

O Spectravideo CompuMate SV010 foi uma expansão que possibilitava transformar uma consola de jogos Atari 2600 VCS num computador doméstico muito simples.

Na Alemanha, o CompuMate foi vendido também pela "Quelle", uma empresa de vendas pelo correio, sob o nome de "UNIVERSUM".[1]

No Brasil, por volta de 1985, foram lançadas pelo menos duas cópias do CompuMate, uma pela Milmar Eletrônica ("Dactar-Comp"), e outra conhecida como "CompuGame".[2]

Características[editar | editar código-fonte]

UCP 6507 em 1,19 MHz
RAM 1750 bytes
ROM 16 KiB
Teclado membrana, 42 teclas.
Display televisor (via Atari 2600), 40×40 pixels, 8 cores de 256
Som dois canais, mono
Portas interface de gravador cassete
Armazenamento fita magnética

O CompuMate consistia num módulo com teclado de membrana e conectores de interface. Estes conectores eram encaixados no slot da consola e em ambas as portas de joystick do Atari. Como o usuário podia colocar o teclado no velho estilo das consolas VCS, isso resultava numa unidade compacta. Usado com a consola 2600jr lembrava um microcomputador desktop com um teclado separado.

O CompuMate estava equipado com uma interface de gravador, para que pudesse usar fitas cassete para armazenamento de dados e programas.

O CompuMate oferecia em sua ROM:

  • linguagem de programação BASIC
  • um pequeno programa musical (MUSIC)
  • um programa de desenho (DRAW) muito simples que permitia fazer animações limitadas (de até 9 quadros).

Na ROM também estavam armazenados amostras de som e imagens, disponíveis para os programas citados.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.