Comunidade LGBT

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Comunidade LGBT é um grupo de pessoas e apoiantes LGBT, organizações e subculturas, unidos por uma cultura comum e movimentos de direitos civis.[1] Estas comunidades geralmente celebram o orgulho, a diversidade, a individualidade e a sexualidade.

Activistas LGBT e sociólogos[quem?] vêm as construções LGBT na comunidade como um antídoto para os papeis sociais de gênero, heterossexismo, bifobia, homofobia, transfobia, sexo-negatividade e as pressões conformistas existentes na sociedade em geral.

O termo Orgulho LGBT é a expressão usada para expressar a identidade da comunidade LGBT e a sua força colectiva; as paradas do Orgulho LGBT fornecem um exemplo da primeira utilização e demonstração do significado geral do termo. A comunidade LGBT é diversa na afiliação política, sendo que, nem todos os indivíduos LGBT se consideram parte de uma comunidade LGBT.

Os grupos que podem ser considerados parte da comunidade LGBT incluem os bairros gay, as organizações de direitos LGBT[2], grupos de funcionários LGBT em empresas, grupos de estudantes LGBT nas escolas e universidades, e LGBT em grupos religiosos.

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Simbologia LGBT

As comunidades LGBT adoptaram diversos símbolos com os quais se identificam e são identificados, demonstrando união, orgulho e partilha de valores. Os símbolos LGBT comunicam, ainda, ideias, conceitos e identidade. Os símbolos mais reconhecidos são o triângulo rosa e a bandeira do orgulho gay.[3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre LGBT é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.