Concórdia Atlético Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 Nota: Não confundir com Concórdia Esporte Clube.
 Nota: Não confundir com Concórdia Futebol Clube.
Concórdia
Logotipo
Nome Concórdia Atlético Clube
Alcunhas Galo do Oeste
CAC[1]
Torcedor(a)/Adepto(a) Galo Maníaco
(Torcida Organizada Galo Mania)
Mascote Galo
Principal rival Chapecoense
Fundação 2 de março de 2005 (18 anos)
Estádio Estádio Domingos Machado de Lima
Capacidade 5 000 pessoas
Localização Concórdia, Santa Catarina, Brasil
Presidente Jonas Guzzato[2]
Treinador(a) Itamar Schulle
Patrocinador(a) Copérdia
Material (d)esportivo Weefe
Competição Catarinense - Série A
Copa Santa Catarina
Brasileirão - Série D
Ranking nacional 176º lugar, 153 pontos
Website galodooeste.com.br
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

Concórdia Atlético Clube ou Concórdia é um clube de futebol localizado em Concórdia, interior do estado de Santa Catarina. Fundado em 2 de março de 2005, tem sede e manda suas partidas no estádio municipal Domingos Machado de Lima (capacidade 5.000 pessoas).[3] As cores são as mesmas que revestem a bandeira do município de Concórdia: verde, vermelha e branca.[3] É credenciado a Federação Catarinense de Futebol (FCF)[4] e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ocupando a 176ª posição no Ranking Nacional de Clubes 2015.[5]

Ao longo de sua existência, o Galo do Oeste (mascote do time e apelido carinhoso dado pelos torcedores) teve momentos importantes. A equipe disputa atualmente a Série A do Campeonato Catarinense e o Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D.

História[editar | editar código-fonte]

2005-2010: Crescimento e Acesso à Elite[editar | editar código-fonte]

O Concórdia fez a sua primeira partida oficial no dia 15 de maio de 2005 pelo Campeonato Catarinense de Futebol de 2005, na Série B1 (equivalente à terceira divisão), em casa, contra o Cidade Azul. O resultado foi de 2x1 para a equipe visitante. A primeira vitória do Galo do Oeste viria apenas na 3ª Rodada, no Estádio Domingos Machado de Lima, contra o Operários Mafrenses, com o placar de 3x2. Ao fim do campeonato, a equipe do Concórdia só não terminou na ultima colocação pois o Maravilha e o Sport Brasil tiveram punições e perderam pontos.

Para o Campeonato Catarinense de Futebol de 2006, a Federação Catarinense de Futebol resolveu mudar o regulamento da terceira divisão, renomeando-a como Divisão de Acesso, agora os 10 clubes seriam divididos em dois grupos, conforme a região do estado. O Concórdia fez uma boa primeira fase, terminando na 1ª colocação de seu grupo. Nas quartas de finais eliminou o Brusquense, porém foi eliminado nas semi finais pelo Camboriuense.

Novas mudanças ocorreram para o Campeonato Catarinense de Futebol de 2007 - Divisão de Acesso, que viria a ser disputado por 14 equipes divididas em dois grupos, e teria dois turnos. No primeiro turno, o Galo do Oeste classificou-se na 2ª colocação de seu grupo, e foi eliminado nas quartas de finais pelo Cidade Azul, que viria a ser o campeão. No segundo turno ficou em 6º lugar de seu grupo e sequer se classificou para as quartas de finais. Mesmo com uma campanha fraca, o Concórdia garantiu vaga no Campeonato Catarinense de Futebol de 2008 - Divisão Especial(equivalente a segunda divisão do estadual), pois o regulamento mudaria novamente no ano seguinte, aumentando de 4 para 12 equipes.

Em 2008, mais perto da elite do estadual, o Galo do Oeste fez boa campanha. Terminou o primeiro turno do Campeonato Catarinense de Futebol de 2008 - Divisão Especial na segunda colocação de seu grupo. Nas semi finais, eliminou o Camboriuense e na final perdeu para o Brusque, sendo vice-campeão do primeiro turno. No segundo turno repetiu a segunda colocação, porém foi eliminado nas semi finais pela Juventus de Jaraguá. Ficou em 3º lugar na classificação geral, porém só o Campeão se classificava à elite do próximo ano.

Depois de bater na trave em 2008, o Concórdia fez boa campanha no Campeonato Catarinense de Futebol de 2009 - Divisão Especial, que novamente havia mudado regulamento, com apenas 10 equipes, distribuídos em uma chave e dois turnos. Terminando ambos os turnos na 4ª colocação, o Concórdia teria se classificado para o quadrangular final pela 4ª colocação geral, porém foi desclassificado por ter escalado jogadores irregulares[6].

No Campeonato Catarinense de Futebol de 2010 - Divisão Especial, o Galo do Oeste retornou com boa campanha, terminou o primeiro turno em 4º lugar, e o segundo turno na 2ª colocação, brigando pelo título em ambos. A boa campanha garantiu ao Galo do Oeste a segunda colocação geral e a classificação para o quadrangular final, desta vez sem desclassificação. No quadrangular, o Concórdia teve boa campanha, ao ganhar todos os jogos em casa, garantiu a segunda colocação no critério de mais vitórias, após empate em pontos com o Atlético Tubarão. Na final, fez bom jogo de ida, em casa, contra o Marcílio Dias, vencendo por 4x2. Porém perdeu o jogo de volta por 2x0, e foi derrotado, pois a equipe de melhor campanha teria a vantagem do empate. Com isso, o Concórdia ficaria com o vice-campeonato, porém como neste ano os dois primeiros se classificavam para o Campeonato Catarinense de Futebol de 2011 - Divisão Principal, o Galo do Oeste estava enfim na elite do futebol catarinense.

Em 2012, o Concórdia Atlético Clube protagonizou um marco importante na história esportiva da Capital do Trabalho. Por indicação da Federação Catarinense de Futebol, o CAC disputou pela primeira vez a série D do Campeonato Brasileiro.[7] Conciliando a competição nacional com a série B do estadual (que era prioridade naquele ano) e com um time misto em campo, o Galo do Oeste não passou da primeira fase. Mesmo assim, viveu momentos importantes ao vencer ou tirar pontos de equipes mais expressivas do país nesta competição.[3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
Campeonato Catarinense - Série B 1 2017 

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2023
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Santa Catarina Campeonato Catarinense 6 3º colocado (2022) 2011 2023 2
Série B 10 Campeão (2017) 2008 2019 3
Série C 3 7º colocado (2006) 2005 2007 1
Copa Santa Catarina 3 Vice-campeão (2020) 2011 2023
Brasil Série D 2 37º colocado (2012 e 2023) 2012 2023

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Rádio Aliança - Fechada a comissão técnica do CAC». Consultado em 19 de julho de 2015 
  2. *ClicRDC. «PRESIDENTE DO CONCÓRDIA DENUNCIA SUPOSTA PROPOSTA PARA EQUIPE SE CLASSIFICAR PARA A SÉRIE A DO CATARINENSE». 13 de agosto de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2019 
  3. a b c Multicomunicação, O2. «Concórdia Atlético Clube». www.concordiaac.com.br. Consultado em 19 de julho de 2015. Arquivado do original em 22 de julho de 2015 
  4. «CLUBES FILIADOS | O Site Oficial do Futebol Catarinense». www.fcf.com.br. Consultado em 19 de julho de 2015 
  5. Confederação Brasileira de Futebol (8 de dezembro de 2014). «RCN - ranking nacional de clubes 2015» (PDF). Consultado em 3 de novembro de 2019 
  6. «FCF suspende Concórdia x Juventus por suposto uso de jogador irregular na Divisão Especial». Diário Gaúcho. Consultado em 21 de fevereiro de 2023 
  7. «Série D: Concórdia-SC confirma participação após desistência do Marcílio Dias-SC». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 19 de julho de 2015