Conceição Rabha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conceição Rabha
Maria Da Conceição Caldas Rabha[1]
Prefeita de Angra dos Reis
Período 1 de janeiro de 2013
em exercício
Vida
Nascimento 15 de dezembro de 1955 (60 anos);[1]
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro[1]
Nacionalidade  brasileiro(a)[1]
Dados pessoais
Partido PT
linkWP:PPO#Subdivisão do Projeto WP:PP

Maria Da Conceição Caldas Rabha[1], formalmente Conceição Rabha (Rio de Janeiro, 15 de dezembro de 1955[1]) é uma política brasileira.

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Conceição Rabha já trabalhou com a alfabetização de crianças e por, pelo menos, vinte anos lecionou Biologia no Colégio Estadual Dr. Artur Vargas (CEAV). Foi diretora do CEAV e Secretária Municipal de Educação no governo do ex-prefeito Luiz Sérgio. Teve seu trabalho foi reconhecido pela UNICEF que deu a Angra dos Reis o prêmio de “Município Criança” por dois anos consecutivos.[2]

Entre 1997 e 2000 foi a vice-prefeita de Angra, na administração do ex-prefeito Castilho, coordenando as ações do Orçamento Participativo. Conceição foi eleita para a Câmara Municipal, com ações voltadas para a melhoria da Educação, da Formação Profissional dos jovens e a Fiscalização do uso do dinheiro público. Ela ainda defendeu diversas causas, entre elas a adoção do ensino de tempo integral nas escolas, a defesa da mulher e dos portadores de necessidades especiais, projetos de melhoria no transporte público e a luta pela construção do Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET).[2]

Conceição foi candidata à prefeitura de Angra dos Reis nas eleições municipais de 2012 e se elegeu com 52.42% dos votos válidos para governar a cidade até 2016.[3][4]

Referências

  1. a b c d e f «Políticos do Brasil - Conceição Rabha (13/PT)» (jhtm). UOL Notícias. 
  2. a b «Essa é a nossa Conceição» (php). Pequena Notável. 
  3. «Conceição Rabha detalha seu futuro político para 2012». Click Angra. 17 de junho de 2011. 
  4. «Luiz Sérgio comparece a evento do PT em Resende» (html). Diário do Vale. 18 de setembro de 2011.