Condados históricos da Inglaterra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Condados históricos da Inglaterra e do País de Gales, em mapa de 1824.

Os condados históricos da Inglaterra (em inglês: historic counties of England) são antigas subdivisões daquele país1 criadas para propósitos administrativos pelos normandos e, em determinados casos, pelos reinos e shires arcaicos anglo-saxões.2 Foram utilizados para diversas funções por centenas de anos3 e continuam a formar, embora com as suas fronteiras consideravelmente alteradas, a base dos governos locais modernos.4 5 Também são conhecidos como condados antigos (ancient counties).6

Os condados[editar | editar código-fonte]

Os condados históricos são os seguintes:7

  1. Bedfordshire
  2. Berkshire
  3. Buckinghamshire
  4. Cambridgeshire
  5. Cheshire (Condado de Chester) *
  6. Cornwall
  7. Cumberland
  8. Derbyshire
  9. Devon
  10. Dorset
  11. County Durham *
  12. Essex
  13. Gloucestershire
  14. Hampshire
  15. Herefordshire
  16. Hertfordshire
  17. Huntingdonshire
  18. Kent
  19. Lancashire (Condado de Lancaster) *
  20. Leicestershire
Mapa dos condados históricos da Inglaterra.
  1. Lincolnshire
  2. Middlesex
  3. Norfolk
  4. Northamptonshire
  5. Northumberland
  6. Nottinghamshire
  7. Oxfordshire
  8. Rutland
  9. Shropshire (Condado de Salop)
  10. Somerset
  11. Staffordshire
  12. Suffolk
  13. Surrey
  14. Sussex
  15. Warwickshire
  16. Westmorland
  17. Wiltshire
  18. Worcestershire
  19. Yorkshire

* = condado palatino
† = também conhecido como condado de Southampton ou Southamptonshire

Este mapa omite todos os exclaves separados da região de Furness, em Lancashire, ao sul de Cumberland e Westmoreland. Monmouthshire, embora também tenha sido considerado historicamente um condado inglês, não está mostrado. O condado foi criado a partir do 'País ou Domínio de Gales' através dos Atos das Leis em Gales de 1535. Posteriormente foi acrescentado ao curcuito de Oxford dos assizes ingleses, o que deixou o seu status ambíguo até 1974. Todas as leis relacionadas ao País de Gales, no entanto, desde 1536, incluíram Monmouthshire como parte do país8 e para a maior parte dos propósitos legais o território foi considerado galês.9 Embora tenha sido considerado um condado da Inglaterra para propósitos parlamentares até 1950, e para propósitos administrativos até 1974, atualmente é administrado como parte do País de Gales.10

Nomes e abreviações[editar | editar código-fonte]

Condados que recebem o nome de cidades eram conhecidos legalmente como "o Condado de" seguido pelo nome da cidade - Yorkshire, por exemplo, era conhecido como "o Condado de York", por exemplo. Esta prática por vezes era utilizada mesmo quando não havia uma cidade com este nome, como "o Condado de Berks". A utilização atual preconiza apenas o sufixo "-shire" para condados que recebem o nome de cidades e para aqueles cujo nome teria apenas uma sílaba. Kent foi um antigo reino dos jutos, e portanto "Kentshire" nunca foi utilizado.

O nome do Condado Durham é anômalo; a forma esperada, "Durhamshire", nunca foi utiilizada. Isto deve-se à história do condado como um condado palatino, governado pelo bispo de Durham.

No passado, formas como "Devonshire", "Dorsetshire" e "Somersetshire" eram frequentes.11 Ainda existe um Duque de Devonshire, que nunca é chamado de Duque de Devon.

Existem abreviações fixas para diversos dos condados. Na maior parte dos casos elas consistem de meras reduções, normalmente com um "s" no fim, tal como "Berks" para Berkshire ou "Bucks" para Buckinghamshire. Algumas não são tão óbvias, como "Salop" para Shropshire, "Oxon" para Oxfordshire, "Hants" para Hampshire e "Northants" para Northamptonshire.

Área[editar | editar código-fonte]

Medidas precisas das áreas destes condados não estiveram disponíveis até o século XVIII, como resultado do estudo das suas fronteiras feito pelo Ordnance Survey. As áreas registradas oficialmente foram ajustadas para se adequarem aos datos obtidos com o censo de 1861, substituindo as cifras menos confiáveis utilizadas anteriormente pelo Registrar General.12

Origens[editar | editar código-fonte]

A criação dos condados se iniciou por volta do século XII, embora muitas de suas fronteiras datem de muito antes, incorporando divisões célticas e saxãs. Algumas fronteiras, no entanto, não assumiram suas formas comumente reconhecidas até muito tempo mais tarde - em alguns casos até mesmo no século XVI. Devido às suas diferentes origens os condados variavam muito de tamanho. As fronteiras destes condados permaneceram razoavelmente estáticas até os Atos das Leis do País de Gales e do Ato de Governo Local de 1888.13

Na maior parte dos casos os condados ou shires na Idade Média eram administrados por um xerife (inglês: sheriff, originalmente "shire-reeve") em nome do monarca. Cada shire era responsável por coletar impostos para o governo central, por fornecer defesa aos habitantes locais e administrar a justiça, através das assize courts.14

Sul da Inglaterra[editar | editar código-fonte]

No sul da Inglaterra os condados eram, em sua maior parte, subdivisões do Reino de Wessex, e em muitas áreas representavam territórios tribais ou reinos anteriormente independentes que haviam sido anexados. Kent vem do Reino de Kent, e Essex, Sussex e Middlesex vêm, respectivamente, dos saxões do leste (East Saxons), dos saxões do sul (South Saxons) e dos saxões médios (Middle Saxons). Norfolk e Suffolk eram subdivisões que representavam o "povo do norte" (North Folk) e o "povo do sul" (South Folk) do Reino de Ânglia Oriental. Apenas um condado na costa sul da Inglaterra leva o sufixo "-shire", Hampshire, que recebeu o nome da antiga cidade de "Hamwic", localizada numa região da atual Southampton. Um condado saxão "perdido" foi Winchcombeshire, que existiu de 1007 a 1017, até ser incorporado a Gloucestershire.15

Referências

  1. Thomson, D., England in the Nineteenth Century (1815–1914), (1978)
  2. Vision of Britain — Type details for ancient county. Visitado em 26 de janeiro de 2009.
  3. Bryne, T., Local Government in Britain, (1994)
  4. Her Majesty's Stationery Office, Aspects of Britain: Local Government, (1996)
  5. Hampton, W., Local Government and Urban Politics, (1991)
  6. Vision of Britain — Type details for ancient county. Visitado em 19 de outubro de 2006.
  7. Vision of Britain — List of subdivisions of England. Visitado em 19 de outubro de 2006.
  8. Encyclopædia Britannica, 1911.
  9. Reader's Digest (1965), Complete Atlas of the British Isles
  10. Ato da Representação Popular de 1918, c.64; Ato da Representação Popular de 1948, c.65; Ato de Governo Localde 1933, c.51; Ato do Governo Local de 1972, c.70
  11. O Imperial Gazetteer of England and Wales da década de 1870 utilizava "Devonshire", "Dorsetshire" e Somerset", e também mencionava o uso de Somersetshire. Visitado em 19 de outubro de 2006.
  12. Fletcher, David. The Ordnance Survey's Nineteenth Century Boundary Survey: Context, Characteristics and Impact, Imago Mundi, Vol. 51. (1999), pp. 131-146.
  13. Vision of Britain — Census Geographies. Visitado em 19 de outubro de 2006.
  14. Angus Winchester, Discovering Parish Boundaries, 1990, ISBN 0-7478-0470-2
  15. Winchcombeshire, England's lost county, to ring in its 1,000th year; The Independent, 22 de março de 2007. Visitado em 3 de abril de 2010.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Crosby, A. (1996), A History of Cheshire. (The Darwen County History Series.), Chichester, West Sussex, UK: Phillimore & Co. Ltd., ISBN 0850339324 
  • Harris, B. E.; Thacker, A. T. (1987), The Victoria History of the County of Chester. (Volume 1: Physique, Prehistory, Roman, Anglo-Saxon, and Domesday), Oxford: Oxford University Press, ISBN 0197227619 
  • Morgan, P. (1978), Domesday Book Cheshire: Including Lancashire, Cumbria, and North Wales, Chichester, Sussex: Phillimore & Co. Ltd., ISBN 0850331404 
  • Phillips, A. D. M.; Phillips, C. B. (2002), A New Historical Atlas of Cheshire, Chester, UK: Cheshire County Council and Cheshire Community Council Publications Trust, ISBN 0904532461 
  • Sylvester, D. (1980), A History of Cheshire. (The Darwen County History Series) (2nd ed.), London and Chichester, Sussex: Phillimore & Co. Ltd., ISBN 0850333849