Conde da Cunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Corona de conde.svg
Conde da Cunha
Criação D. José I
15 de Março de 1760
Tipo De juro e herdade
1.º Titular D. António Álvares da Cunha , 17.° senhor da Cunha, 19.° senhor de Tàbua, Vice-Rei do Brasil (1763-1767)
Linhagem Paio Guterres da Cunha (1066- ?) 1.° senhor da Honra da Cunha e fundador dos mosteiros de São Simão da Junqueira, do Souto e de Vilela / Senhores da Cunha (1282) / Senhores de Tábua (1342)

Conde da Cunha é um título nobiliárquico criado por D. José I de Portugal, por Decreto de 15 de Março de 1760,[1] em favor de D. António Álvares da Cunha, Senhor da Cunha de juro e herdade, 19.° Senhor de Tábua de juro e herdade.[2]

Titulares
  1. D. António Álvares da Cunha, Senhor de juro e herdade e 1.º Conde da Cunha, 19.° Senhor de Tábua de juro e herdade; Capitão de mar e guerra da Armada Real, governador e capitão general de Mazagão em Marrocos (1745-1752), governador de Angola (1753-1758) e vice-rei do Brasil (1763-1767)
  2. D. José Vasques Álvares da Cunha, 2.º Conde da Cunha, 20.° Senhor de Tábua de juro e herdade; Oficial-mor da Casa Real (4.° trinchante-mor), Cap. Ten. da Armada Real, Env. Extr. em Vienna e na Haya, penultimo Gov. e Cap. Gen. de Mazagão em Marrocos
  3. D. Pedro Álvares da Cunha, 3.º Conde da Cunha, 21.° Senhor de Tábua de juro e herdade;
  4. D. José Maria Vasques Álvares da Cunha, 4.º Conde da Cunha, 22.° Senhor de Tábua de juro e herdade; Oficial-mor da Casa Real (15.° trinchante-mor), Coronel do Regimento das extintas Milícias de Lisboa, do termo oriental
  5. D. Guterre José Maria Vasques Álvares da Cunha, 5.º Conde da Cunha.

Referências

  1. «Resenha das famílias titulares do reino de Portugal». books.google.pt 
  2. "Nobreza de Portugal e do Brasil", Direcção de Afonso Eduardo Martins Zúquete, Editorial Enciclopédia, 2.ª Edição, Lisboa, 1989, Volume Segundo, pp. 549-51