Conde de Oeiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coronet of Count - Portugal.svg
Conde de Oeiras
Criação D. José I
15 de Julho de 1759
Ordem Grandeza
Tipo Juro e herdade
1.º Titular Sebastião José de Carvalho e Melo, 1º marquês de Pombal
Linhagem Carvalho
Actual Titular Sebastião José de Carvalho Daun e Lorena, 13º conde de Oeiras

Conde de Oeiras é um título nobiliárquico português criado, de juro e herdade, por Decreto do rei D. José I de Portugal de 15 de Julho de 1759 em benefício de Sebastião José de Carvalho e Melo, diplomata e primeiro-ministro de Portugal, em recompensa pela sua actuação no processo de reconstrução de Lisboa após o Terramoto de 1755. Mais tarde, e após a criação em 1769 do título de Marquês de Pombal, o título de Conde de Oeiras passou a subsidiário da Casa de Pombal, ficando o seu uso reservado aos herdeiros dos Marqueses de Pombal.[1]

Condes de Oeiras[editar | editar código-fonte]

  1. Sebastião José de Carvalho e Melo (16991782), 1º marquês de Pombal e 1º conde de Oeiras[2]
  2. Henrique José de Carvalho e Melo (17421812), 2º marquês de Pombal e 2º conde de Oeiras
  3. José Francisco Xavier Maria de Carvalho Melo e Daun (17531821), 3º marquês de Pombal e 3º conde de Oeiras
  4. Sebastião José de Carvalho Melo e Daun (17851834), 4º marquês de Pombal e 4º conde de Oeiras
  5. João José Maria de Carvalho de Albuquerque Daun e Lorena (18171823), 5º conde de Oeiras
  6. Manuel José de Carvalho Melo e Daun de Albuquerque Sousa e Lorena (18211886), 5º marquês de Pombal e 6º conde de Oeiras
  7. Sebastião José de Carvalho e Melo Daun Albuquerque da Silva e Lorena (18491874), 7º conde de Oeiras
  8. António de Carvalho Melo e Daun de Albuquerque e Lorena (18501911), 6º marquês de Pombal e 8º conde de Oeiras
  9. Manuel José de Carvalho e Daun de Albuquerque e Lorena (1875–?), 7º marquês de Pombal e 9º conde de Oeiras
  10. António Maria José Severiano de Carvalho e Melo Albuquerque Daun Lorena (19011943), 10º conde de Oeiras
  11. Sebastião José de Carvalho Daun e Lorena (1903–?), 8º marquês de Pombal e 11º conde de Oeiras
  12. Manuel Sebastião de Almeida de Carvalho Daun e Lorena (1930), 9º marquês de Pombal e 12º conde de Oeiras
  13. Sebastião José de Carvalho Daun e Lorena (1955), 13º conde de Oeiras (herdeiro da Casa de Pombal)[3]

Referências

  1. Nobreza de Portugal e Brasil - vol. 3, págs. 133-152.
  2. Nobiliário das Famílias de Portugal, Braga 1989, págs 404 e 540
  3. João Bernardo Galvão-Telles (Lisboa 2007). Geração Pombalina - Descendência de Sebastião José de Carvalho e Melo, Livro I. [S.l.]: Dislivro Histórica. 28 páginas  Verifique data em: |ano= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.