Conduta Espírita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Conduta Espírita
Autor(es) André Luiz/Waldo Vieira
Idioma Português
País Brasil Brasil
Assunto romance espírita
Série A Vida no Mundo Espiritual
Editora FEB
Lançamento 1960
Páginas 160
Cronologia
Mecanismos da Mediunidade
Sexo e Destino

Conduta Espírita é um livro espírita, psicografado pelo médium Waldo Vieira, com autoria atribuída ao espírito André Luiz.[1] Publicado pela Federação Espírita Brasileira no ano de 1960.

Esta é a décima-terceira obra da série do autor espiritual André Luiz, chamada de Série André Luiz composta de 16 livros. A Série André Luiz pode ser subdividida em duas partes: Coleção A Vida no Mundo Espiritual e Obras Complementares. Conduta Espírita é a segunda obra das Obras Complementares da Série André Luiz.

Dentro da Série André Luiz, este é o único livro psicografado inteiramente por Waldo Vieira.

Este livro traz, em 47 capítulos, reflexões relacionadas à postura que o profitente da Doutrina Espírita deve assumir diante das mais variadas situações da vida. Alguns dos títulos dos capítulos podem dar um boa ideia da ampla faixa de assuntos tratados pelo autor: "No Lar", "Perante os profitentes de outras religiões", "Perante a Natureza" e "Perante Jesus".

André Luiz, entretanto, adverte em sua introdução à obra que "Este livro não tem a presunção de traçar diretrizes absolutas ao comportamento espírita. Compreendemos, com Allan Kardec, que, em Espiritismo, foi pronunciada a primeira palavra, mas, em face do caráter progressivo de seus postulados, ninguém poderá dizer a última".

Referências

  1. «Conduta Espírita» (PDF). www.kardec.com. Consultado em 24 de março de 2012. Arquivado do original (PDF) em 16 de dezembro de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.