Confiança Atlético Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Confiança
Escudo do Confiança AC.jpg
Nome Confiança Atlético Clube
Fundação 26 de abril de 1915
Estádio da Rua Silva Teles (extinto)
Competição extinto


Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
editar

Confiança Atlético Clube é uma agremiação esportiva extinta da cidade do Rio de Janeiro, fundada a 26 de abril de 1915.

História[editar | editar código-fonte]

Localizado no bairro carioca de Aldeia Campista, era o clube dos operários da fábrica Companhia de Tecidos e Fiação Confiança Industrial.

Logo no ano de sua fundação se sagrou campeão da Associação Carioca de Foot Ball[1].

Em 1916, disputou o campeonato da Associação Brasileira de Sports Athleticos (ABSA) vencido pelo Americano Futebol Clube[1].

Em 1917, vence o título da Segunda Divisão da Liga Suburbana de Foot Ball[1].

Em 1918, disputou a Liga Suburbana de Foot Ball, vencida pelo Engenho de Dentro Atlético Clube[1].

Em 1919, participou da Liga Suburbana de Foot Ball, vencida pelo Bonsucesso Futebol Clube[1].

Em 1922, foi vice-campeão carioca da Segunda Divisão, perdendo o título para o São Paulo-Rio. Disputou o Campeonato Carioca da Primeira Divisão a partir de 1924.

Em 1926, promoveu em seu estádio, a 16 de maio o Torneio Início Carioca, da Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT). Foi vice-campeão ao perder a final para o Campo Grande. Curiosamente, de acordo com o jornal O Paiz, a equipe campeã disputou todos os seus jogos com 10 jogadores.

Em 1929 e 1930 foi vice-campeão da Segunda Divisão. Em 1933, foi quarto colocado da Primeira Divisão do torneio promovido pela AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos). Em 1935, foi campeão da Divisão Intermediária, uma espécie de 2ª Divisão da Federação Metropolitana de Desportos (FMD). Em 1938, perde a final do Torneio Início Carioca da Liga de Amadores de Football para o Sport Club Benfica.

A partir de 1949, fundou e passou a disputar o Departamento Autônomo, transformado depois em Departamento de Futebol Amador da Capital (atualmente Campeonato Amador da Capital) da FFERJ. Foi campeão em 1966 e Supercampeão em 1987. Foi ainda vice da mesma competição em 1979, 1981 e 1983.

Em 1956, a fábrica Confiança foi comprada pelo Grupo Abdalla que iria se envolver em uma briga judicial que existiria na década de 70 com o Confiança Atlético Clube, pela posse do terreno que hoje integra a Vila Olímpica e a quadra de ensaios do Acadêmicos do Salgueiro, na Rua Silva Teles.

Em 1990, se profissionalizou, passando a disputar o Campeonato Estadual da Terceira Divisão. Acabou precocemente eliminado na primeira fase ao ficar em sexto lugar, entre oito participantes, atrás dos classificados Carapebus Esporte Clube, Colégio Futebol Clube, Canto do Rio Foot-Ball Club e Esporte Clube Maricá e o eliminado Miracema Futebol Clube. A equipe só superou o Saquarema Futebol Clube e o Esporte Clube São João.

No ano seguinte, passou a integrar a Segunda Divisão, visto que a verdadeira segundona se tornara chamar Módulo "B" da Primeira Divisão. Portanto, a Terceira passou a se autointitular Segunda. Também foi eliminado na primeira fase ao ficar na quinta posição em sua chave atrás dos classificados Pavunense Futebol Clube, Colégio Futebol Clube, Céres Futebol Clube e Tomazinho Futebol Clube. Associação Atlética Volantes, Serrano Foot Ball Club e União Esportiva Coelho da Rocha também foram eliminados.

Em 1993, estando com suas atividades esportivas interrompidas, teve a sua filiação na Federação aproveitada em favor do Barra da Tijuca Futebol Clube, numa fusão articulada para que este entrasse direto na Segunda Divisão, sem precisar disputar a Terceira.

Durante a década de 90 sua sede foi incorporada à quadra da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro por decreto do então prefeito César Maia. Tinha as cores verde, preto, amarelo e vermelho.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 1915 - Campeão da Associação Carioca de Foot Ball (ACF);
  • 1917 - Campeão da Segunda Divisão da Liga Suburbana de Foot Ball (LSF);
  • 1922 - Vice-campeão carioca da Segunda Divisão;
  • 1926 - Vice-campeão do Torneio Início Carioca (LMDT);
  • 1929 - Vice-campeão carioca da Segunda Divisão;
  • 1930 - Vice-campeão carioca da Segunda Divisão;
  • 1935 - Campeão carioca da Divisão Intermediária;
  • 1938 - Vice-campeão do Torneio Início Carioca da Liga de Amadores de Football;
  • 1959 - Vice-campeão de Amadores - Série Centro do Departamento Autônomo;
  • 1959 - Vencedor da Taça Disciplina do Departamento Autônomo;
  • 1966 - Campeão do Departamento Autônomo;
  • 1987 - Supercampeão do Departamento Autônomo;

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fonte[editar | editar código-fonte]

  • VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra, s/d.

Referências