Confissão de Fé de New Hampshire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Confissão de Fé de New Hampshire ou Confissão de Fé Batista de New Hampshire é uma Confissão de Fé adotada inicialmente em 1833 por Batistas nos Estados Unidos. Possui um caratér calvinista ou reformado, além de batista.

Calvinismo
John Calvin.jpg
João Calvino
Bases históricas:

Cristianismo
Agostinho de Hipona
Reforma
Patrística

Marcos:

A Institutio Christianæ Religionis de Calvino
Os Cinco Solas
Cinco Pontos (TULIP)
Princípio regulador
Confissões de fé
Bíblia de Genebra

Influências:

Teodoro de Beza
John Knox
Ulrico Zuínglio
Jonathan Edwards
Teologia puritana

Igrejas:

Reformadas
Presbiterianas
Congregacionais
Batistas Reformadas


História[editar | editar código-fonte]

Em 1833, batistas nos Estados Unidos concordaram com uma confissão de fé em torno da qual poderiam organizar uma sociedade missionária sob a Convenção Trienal. A Confissão de Fé de New Hampshire foi redigida pelo reverendo John Newton Brown, de New Hampshire, e foi adotada pela Convenção Batista de New Hampshire. Foi amplamente aceita pelos batistas, especialmente nos estados do norte e do oeste, como uma declaração clara e concisa de sua fé. Eles o consideravam em harmonia, mas de forma mais branda, com as doutrinas das antigas confissões, que expressavam as crenças batistas calvinistas que existiam na época.

A Confissão foi mais tarde adotada como os artigos de fé para o seminário que é agora conhecido como Seminário Teológico Batista do Sudoeste de Forth Worth, Texas. B.H. Carroll e Calvin Goodspeed do seminário proferiram uma série de palestras sobre a Confissão em algum momento entre 1905 e 1909. Seus artigos foram publicados como "Um Comentário sobre a Confissão de Fé de New Hampshire".


Características[editar | editar código-fonte]

A Confissão de Fé de New Hampshire é mais concisa do que a Confissão de Fé de Londres de 1689, embora também seja calvinista em sua teologia.


No Brasil[editar | editar código-fonte]

As primeiras igrejas batistas plantadas no Brasil adotaram a Confissão de Fé de New Hampshire como sua declaração de fé. A Confissão de New Hampshire foi também utilizada pela Convenção Batista Brasileira de 1920 até 1986, quando foi substituída pela “Declaração Doutrinária”[1].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Texto completo da Confissão de Fé de New Hampshire

Referências[editar | editar código-fonte]

Yarnell, Malcom, III. 2009. Editor's Introduction. Foundations of our Faith 51.2:129-133.

"A Commentary on the New Hampshire Confession of Faith", Foundations of our Faith 51.2:129-133.

Brown, John Newton. Quoted in J. M. Pendleton, D.D. Church Manual Designed for the Use of Baptist Churches. Philadelphia: Judson Press, 1867. ISBN 0-8054-2510-1

Fontes[editar | editar código-fonte]

  1. «Confissões de Fé na História Batista - Franklin Ferreira». www.monergismo.com. Consultado em 29 de junho de 2019