Conflito georgiano-osseta de 1918-1920

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conflito Georgiano-Osseta de 1918 a 1920
Parte da(o) Conflito georgiano-osseta
Data 1918 a 1920
Local Ossétia do Sul
Desfecho Vitória georgiana
Combatentes
Hammer and sickle.svg Rebeldes ossetas pró-bolcheviques.
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg RSFS da Rússia
Flag of the Transcaucasian Federation.svg República Democrática Federativa Transcaucasiana
Flag of Georgia (1990-2004).svg República Democrática da Geórgia
Vítimas
Entre 4812 e 5279 mortos. Deconhecido o número de feridos

O conflito georgiano-osseta de 1918-1920 inclui uma série de revoltas que ocorreram em áreas habitadas por ossetas, na atual Ossétia do Sul, coincidindo com o nascimento da Geórgia contra a República Democrática Federativa Transcaucasiana e, em seguida, contra a República Democrática da Geórgia dominado pelos Mencheviques, que custou várias milhares de vidas e deixou uma dolorosa memória nas comunidades georgianas e ossetas da região.

Durante sua breve vingência, o governo menchevique da Geórgia teve de lidar com problemas étnicos significativos com os ossetas, que em sua grande maioria simpatizavam com os bolcheviques e a RSFS da Rússia. Os motivos do conflito foram complicados. Uma reforma agrária inconclusa e agitações agrárias em áreas pobres povoadas pelos ossetas, resultaram em conflitos étnicos e na luta pelo poder na região do Cáucaso.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre conflitos armados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.