Confrontos entre Flamengo e Grêmio no Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Flamengo vs Grêmio
Torcidas de Flamengo e Grêmio.
Flamengo 37 vitória(s), 140 gol(s)
Grêmio 39 vitória(s), 152 gol(s)
Empates 28
Total de jogos 104
Total de gols 292
editar

Os confrontos entre Flamengo e Grêmio constituem um grande clássico interestadual do futebol brasileiro. As equipes disputaram duas finais nacionais, com um título pra cada, e várias partidas de mata-mata em competições nacionais e internacionais.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro jogo entre entre os dois clubes aconteceu em 9 de setembro de 1937, no Estádio da Baixada, em Porto Alegre, e terminou empatado em 1 a 1.

Flamengo e Grêmio possuem diversos confrontos importantes ao longo dos anos. A primeira final entres as duas equipes se deu na decisão do Campeonato Brasileiro de 1982, onde, após um empate no Maracanã e outro empate no Estádio Olímpico, foi realizada uma nova partida desempate, com o Flamengo sagrando-se campeão com uma vitória por 1 a 0 em Porto Alegre.[3]

Os dois times voltaram a se enfrentaram, desta vez no triangular semifinal da Copa Libertadores da América de 1984 - na época, os finalistas era definidos em dois grupos de três equipes onde todos jogavam contra todos. Grêmio e Flamengo eram os dois últimos campeões brasileiros do torneio, com o rubro-negro tendo vencido em 1981 e os tricolores sendo os então campeões após vencer em 1983. Enquanto no jogo de Porto Alegre o Grêmio goleou por 5 a 1, o Flamengo fez 3 a 1 nos gremistas no Rio de Janeiro, e os ambos venceram seus jogos com a terceira equipe, a Universidad de Los Andes. Assim, ao final, Flamengo e Grêmio estavam empatados em pontos, obrigando a disputar um jogo de desempate, que foi realizado em São Paulo. O Grêmio dependia de um empate para avançar para a final e a partida terminou pelo placar de 0 a 0. Os gaúchos acabariam perdendo a final, enquanto esta foi a última semifinal de Libertadores do Flamengo até 2019.

O Grêmio voltaria a eliminar o Flamengo nas três semifinais da Copa do Brasil seguintes: em 1989, o Grêmio goleou os flamenguistas pelo placar de 6 a 1 na partida de volta no Estádio Olímpico após um empate por 2 a 2 no Maracanã. Já em 1993, o jogo de ida no Maracanã teve vitória do Flamengo por 4 a 3, enquanto o jogo de volta em Porto Alegre terminou com vitória do Grêmio por 1 a 0. Já em 1995, vitória gremista por 1 a 0 em Porto Alegre, na ida, e rubro-negra no Rio de Janeiro por 2 a 1, na volta. Tanto em 1993 quanto em 1995, o Grêmio se classificou por ter marcado mais gols como visitante.

Na Copa do Brasil de 1997, os times se encontraram mais uma vez, mas agora na final - a segunda final entre cariocas e gaúchos. A primeira partida no Estádio Olímpico terminou empatada por 0 a 0. Na segunda partida, disputada no Maracanã, um novo empate, desta vez por 2 a 2. Por marcar dois gols fora de casa, a equipe gremista conquistou o título pela terceira vez.

Dois anos depois, em 1999, na mesma Copa do Brasil, as duas equipes voltaram se enfrentar. Desta vez a classificação foi rubro-negra após a vitória do Flamengo por 2 a 1 no primeiro jogo no Estádio Olímpico e um empate de 2 a 2 no Maracanã, sendo o primeiro triunfo flamenguista contra o tricolor gaúcho em mata-mata da Copa do Brasil, quebrando uma sequência de eliminações para o Grêmio na competição que vinha desde os anos 1980.

Em 2001, os times se enfrentaram na extinta Copa Mercosul, valendo a classificação para a final do torneio. Depois de dois empates - 2 a 2 no Maracanã e 0 a 0 no Olímpico - a vaga foi decidida nos pênaltis, com classificação do Flamengo por 4 a 2.

Em 2004, as equipes se enfrentaram em mais um mata-mata na Copa do Brasil. A classificação rubro-negra para a fase seguinte veio após vitória por 1 a 0 em Porto Alegre e um empate sem gols no Maracanã. Em 2018, após 14 anos do último encontro em mata-mata, os times disputaram a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil mais uma vez, com nova vitória e classificação do Flamengo no Maracanã por 1 a 0, após um empate por 1 a 1 na Arena do Grêmio.

Assim como em 1984, na Copa Libertadores de 2019 os dois times chegaram a fase semifinal, mas dessa vez em duas partidas onde apenas um chegaria a final do torneio. O Grêmio tinha chegado a terceira semifinal consecutiva da Libertadores, tendo sido o campeão em 2017. Já o Flamengo não chegava as semis desde 1984, quando o próprio Grêmio tinha eliminado os rubro-negros. No primeiro jogo, na Arena do Grêmio, um empate em 1 a 1 deixou a decisão para o jogo no Maracanã, onde o Flamengo aplicou 5 a 0 nos gremistas, passando a final pela primeira vez desde 1981. A classificação rubro-negra marcaria a quinta eliminação seguida do Grêmio contra o Flamengo em competições de mata-mata, tendo o ultimo triunfo gremista sido na final da Copa do Brasil em 1997.

Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Pelo Campeonato Brasileiro Unificado foram 70 jogos, com 29 vitórias do Grêmio, 21 do Flamengo e 20 empates, a equipe gremista marcou 87 gols, enquanto os flamenguistas marcaram 72 gols.[4]

Partidas decisivas[editar | editar código-fonte]

Finais
Mata-matas em competições da CBD/CBF
Em competições da Conmebol

Maiores goleadas[editar | editar código-fonte]

Essas são as maiores goleadas aplicadas por cada lado:

  • Grêmio sobre o Flamengo
Copa do Brasil de 1989
19 de agosto de 1989 Grêmio 6 – 1 Flamengo Estádio Olímpico

Cuca (2), Paulo Egídio (2), Almir e Assis Renato Carioca Árbitro: Ulisses Tavares da Silva Filho (SP)
Amistoso
9 de junho de 1949 Grêmio 5 – 1 Flamengo Estádio da Montanha

Hermes, Detefon (2), Álvaro e Teotônio Esquerdinha Árbitro: Mário Vianna (RJ)
Copa Libertadores de 1984
26 de junho de 1984 Grêmio 5 – 1 Flamengo Estádio Olímpico

Osvaldo Vital (2), Caio, Renato Gaúcho e Tarciso Tita Árbitro: Luís Carlos Félix
  • Flamengo sobre o Grêmio
Copa Libertadores da América de 2019
23 de outubro de 2019 Flamengo 5 – 0 Grêmio Maracanã

Gabigol (2), Bruno Henrique, Pablo Marí e Rodrigo Caio Árbitro: Patrício Loustau (ARG)
Campeonato Brasileiro de 1976
24 de novembro de 1976 Flamengo 5 – 1 Grêmio Maracanã

Luisinho (4) e Zico Tarciso Árbitro: Emídio Marques de Mesquita (SP)

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

No Rio de Janeiro
  1. Flamengo 1 a 1 Grêmio, 138.107, 18 de abril de 1982, Maracanã[5]
  2. Flamengo 2 a 2 Grêmio, 95.125, 22 de maio de 1997, Maracanã
  3. Flamengo 2 a 1 Grêmio, 78.639, 6 de dezembro de 2009, Maracanã
  4. Flamengo 5 a 0 Grêmio, 69.981 23 de outubro de 2019, Maracanã
No Rio Grande do Sul
  1. Grêmio 0 a 0 Flamengo, 96.238, 21 de abril de 1982, Estádio Olímpico[6]
  2. Grêmio 0 a 1 Flamengo, 62.256, 25 de abril de 1982, Estádio Olímpico
  3. Grêmio 1 a 0 Flamengo, 58.205, 31 de maio de 1995, Estádio Olímpico
  4. Grêmio 0 a 0 Flamengo, 53.842, 28 de janeiro de 1989, Estádio Olímpico

Referências

  1. «Pelos outros rivais, veja como tabu de 22 anos do Fla contra o Grêmio é gigante». ESPN 
  2. «Flamengo X Grêmio: Confira o retrospecto deste confronto». Torcedores.com. 27 de julho de 2018 
  3. «Dia de final: Flamengo x Grêmio, Brasileiro de 1982 - Todo Futebol». Todo Futebol. 4 de abril de 2016 
  4. «Grêmio x Flamengo». Futpedia. Consultado em 27 de julho de 2018 
  5. «Maiores públicos em jogos interestaduais no Brasil.». www.rsssfbrasil.com. Consultado em 28 de julho de 2018 
  6. «Os maiores públicos do futebol do Rio Grande do Sul.». www.rsssfbrasil.com. Consultado em 28 de julho de 2018 

Ligação externa[editar | editar código-fonte]