Confrontos entre Flamengo e Grêmio no Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Flamengo versus Grêmio
Torcidas de Flamengo e Grêmio.
Flamengo 35 vitória(s), 147 gol(s)
Grêmio 39 vitória(s), 145 gol(s)
Empates 37
Total de jogos 111
Total de gols 292
editar

Os confrontos entre Flamengo e Grêmio constituem um grande clássico interestadual do futebol brasileiro. As equipes disputaram duas finais nacionais, com um título pra cada, e várias partidas de mata-mata em competições nacionais e internacionais.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro jogo entre entre os dois clubes aconteceu em 9 de setembro de 1937, no Estádio da Baixada, em Porto Alegre, e terminou empatado em 1 a 1.

Flamengo e Grêmio possuem diversos confrontos importantes ao longo dos anos. A primeira final entres as duas equipes se deu na decisão do Campeonato Brasileiro de 1982, onde, após um empate no Maracanã e outro empate no Estádio Olímpico, foi realizada uma nova partida desempate, com o Flamengo sagrando-se campeão com uma vitória por 1 a 0 em Porto Alegre.[3]

Os dois times voltaram a se enfrentaram, desta vez no triangular semifinal da Copa Libertadores da América de 1984 - na época, os finalistas era definidos em dois grupos de três equipes onde todos jogavam contra todos. Grêmio e Flamengo eram os dois últimos campeões brasileiros do torneio, com o rubro-negro tendo vencido em 1981 e os tricolores sendo os então campeões após vencer em 1983. Enquanto no jogo de Porto Alegre o Grêmio goleou por 5 a 1, o Flamengo fez 3 a 1 nos gremistas no Rio de Janeiro, e os ambos venceram seus jogos com a terceira equipe, a Universidad de Los Andes. Assim, ao final, Flamengo e Grêmio estavam empatados em pontos, obrigando a disputar um jogo de desempate, que foi realizado em São Paulo. O Grêmio dependia de um empate para avançar para a final e a partida terminou pelo placar de 0 a 0. Os gaúchos acabariam perdendo a final, enquanto esta foi a última semifinal de Libertadores do Flamengo até 2019.

Em 1989, voltaram a se encontrar em um mata-mata, quando o Grêmio goleou os flamenguistas pelo placar de 6 a 1, pelas semifinais da Copa do Brasil. O Grêmio voltaria a eliminar o Flamengo em semifinais da Copa do Brasil outras duas vezes, em 1993 e 1995.[4]

Já na Copa do Brasil de 1997, os times se encontraram mais uma vez, mas agora na final - a segunda final entre cariocas e gaúchos. a primeira partida no Estádio Olímpico terminou empatada por 0 a 0. Na segunda partida, disputada no Maracanã teve um novo empate, desta vez por 2 a 2. Por marcar dois gols fora de casa, a equipe gremista conquistava o título pela terceira vez.

Assim como em 1984, na Copa Libertadores de 2019 os dois times chegaram a fase semifinal, mas dessa vez em duas partidas onde apenas um chegaria a final do torneio. O Grêmio tinha chegado a terceira semifinal consecutiva da Libertadores, tendo sido o campeão em 2017. Já o Flamengo não chegava as semis desde 1984, quando o próprio Grêmio tinha eliminado os rubro-negros. No primeiro jogo, na Arena do Grêmio, um empate em 1 a 1 deixou a decisão para o jogo no Maracanã, onde o Flamengo aplicou 5 a 0 nos gremistas, passando a final pela primeira vez desde 1981.

Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Pelo Campeonato Brasileiro Unificado foram 69 jogos, com 29 vitórias do Grêmio, 20 do Flamengo e 20 empates, a equipe gremista marcou 87 gols, enquanto os flamenguistas marcaram 71 gols.[5][6]

Partidas decisivas[editar | editar código-fonte]

Finais
Mata-matas em competições da CBD/CBF
Em competições da Conmebol

Maiores goleadas[editar | editar código-fonte]

Essas são as maiores goleadas aplicadas por cada lado:

  • Grêmio sobre o Flamengo
Copa do Brasil de 1989
19 de agosto de 1989 Grêmio 6 – 1 Flamengo Estádio Olímpico

Cuca (2), Paulo Egídio (2), Almir e Assis Renato Carioca Árbitro: Ulisses Tavares da Silva Filho (SP)
Amistoso
9 de junho de 1949 Grêmio 5 – 1 Flamengo Estádio da Montanha

Hermes, Detefon (2), Álvaro e Teotônio Esquerdinha Árbitro: Mário Vianna (RJ)
Copa Libertadores de 1984
26 de junho de 1984 Grêmio 5 – 1 Flamengo Estádio Olímpico

Osvaldo Vital (2), Caio, Renato Gaúcho e Tarciso Tita Árbitro: Luís Carlos Félix
  • Flamengo sobre o Grêmio
Copa Libertadores da América de 2019
23 de outubro de 2019 Flamengo 5 – 0 Grêmio Maracanã

Gabigol (2), Bruno Henrique, Pablo Marí e Rodrigo Caio Árbitro: Patrício Loustau (ARG)
Campeonato Brasileiro de 1976
24 de novembro de 1976 Flamengo 5 – 1 Grêmio Maracanã

Luisinho (4) e Zico Tarciso Árbitro: Emídio Marques de Mesquita (SP)

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

No Rio de Janeiro
  1. Flamengo 1 a 1 Grêmio, 138.107, 18 de abril de 1982, Maracanã[7]
  2. Flamengo 2 a 2 Grêmio, 95.125, 22 de maio de 1997, Maracanã
  3. Flamengo 2 a 1 Grêmio, 78.639, 6 de dezembro de 2009, Maracanã
  4. Flamengo 5 a 0 Grêmio, 69.981 23 de outubro de 2019, Maracanã
No Rio Grande do Sul
  1. Grêmio 0 a 0 Flamengo, 96.238, 21 de abril de 1982, Estádio Olímpico[8]
  2. Grêmio 0 a 1 Flamengo, 62.256, 25 de abril de 1982, Estádio Olímpico
  3. Grêmio 1 a 0 Flamengo, 58.205, 31 de maio de 1995, Estádio Olímpico
  4. Grêmio 0 a 0 Flamengo, 53.842, 28 de janeiro de 1989, Estádio Olímpico

Referências

Ligação externa[editar | editar código-fonte]