Confrontos entre Fluminense e Cerro Porteño no futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fluminense versus Cerro Porteño
Torcidas de Fluminense e Cerro.
Fluminense 5 vitória(s), 9 gol(s)
Cerro Porteño 0 vitória(s), 3 gol(s)
Empates 1
Total de jogos 6
Total de gols 12
editar

Fluminense e Cerro Porteño são dois clubes que disputam um dos clássicos do futebol sul-americano, sendo uma rivalidade entre um clube brasileiro e um paraguaio.[1]

Introdução[editar | editar código-fonte]

O Fluminense e o Cerro se enfrentaram pela primeira vez na história em 1964, mas a partir da Copa Sul-Americana de 2009, a rivalidade entre os dois clubes se esquentou.[1] Além da Copa Sul-Americana, eles se enfrentaram também na Copa Libertadores da América.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Gum, decisivo em 2009.

Fluminense Football Club e Club Cerro Porteño já se enfrentaram cinco vezes, sendo quatro vitórias para o Tricolor, um empate e nenhuma vitória para o paraguaio, oito gols para o Flu e três gols para o Cerro.

No início do confronto deles, que era um amistoso, foi no Estádio de Puerto Sajonia (atualmente chamado de Defensores del Chaco), e o jogo terminou em 2 a 2, sendo Oldair e Mateus marcando para o Fluminense, mas quem se destacou foi o goleiro e ídolo Castilho.[1][3]

Vinte anos após o amistoso, Flu e Cerro se encontraram novamente, mas dessa vez foi pela disputa do Troféu La Amistad. No estádio Defensores del Chaco, Romerito, outro ídolo do Fluminense, marcou o gol da vitória por 1 a 0, reforçando a sua condição como grande nome da partida, já que essa partida foi a estreia de Romerito pelo Tricolor. Vale ressaltar que naquela época, o Cerro Porteño estava reforçado por jogadores do Sol de América, formando-se então um combinado dos dois clubes e não o Cerro representado isoladamente.[1][3]

A partir de 2009, a situação mudou. Os dois times estavam nas semifinais da Copa Sul-Americana, e disputavam a vaga para a final. No estádio La Olla Azulgrana (atualmente chamado de General Pablo Rojas), o Fluminense não foi intimidado, e com a recém-chegada de Fred, o atual ídolo do tricolor, marcou o gol da vitória de 1 a 0, tendo havido apedrejamento de torcedores do Cerro aos jogadores do Flu no final do jogo, que procuraram se proteger das pedradas.[4]

No jogo de volta, no Maracanã, houve outros momentos de tensão. O jogo estava por 1 a 0 para o Cerro Porteño, porém, aos 47 minutos do segundo tempo, Gum, outro ídolo, empatou o jogo. Logo, em seguida, Alan fez o gol da vitória e da classificação. Com a eliminação, a comissão técnica e o elenco do Cerro iniciaram uma pancadaria que envolveu os dois times e que só foi paralisada após a intervenção das forças de segurança.[1][3]

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Abaixo, a relação de confrontos entre Fluminense e Cerro Porteño:[3][4][5]

Lista de Jogos
Data Competição Time mandante Placar Time visitante Estádio Cidade Público
14 de junho de 1964 Amistoso Cerro Porteño 2–2 Fluminense Puerto Sajonia Assunção
28 de março de 1984 Troféu de La Amistad Cerro Porteño/Sol de América 0–1 Fluminense Defensores del Chaco Assunção 9 945
11 de novembro de 2009 Sul-Americana Cerro Porteño 0–1 Fluminense La Olla Azulgrana Assunção 22 000
18 de novembro de 2009 Sul-Americana Fluminense 2–1 Cerro Porteño Maracanã Rio de Janeiro 41 816
13 de julho de 2021 Libertadores Cerro Porteño 0–2 Fluminense General Pablo Rojas Assunção Portões fechados
3 de agosto de 2021 Libertadores Fluminense 1–0 Cerro Porteño Maracanã Rio de Janeiro Portões fechados

Referências

  1. a b c d e «Castilho, Romerito, Fred e Gum: ídolos marcaram confrontos entre Fluminense e Cerro Porteño». Terra. Consultado em 21 de julho de 2021 
  2. «De olho em sonho do título da América, Fluminense reencontra adversário que 'mudou sua história recente' | Fluminense». Jornal O Dia. 13 de julho de 2021. Consultado em 21 de julho de 2021 
  3. a b c d Filho, Pc (2 de junho de 2021). «Jornalheiros: História - Fluminense x Cerro Porteño». Jornalheiros. Consultado em 21 de julho de 2021 
  4. a b «Fichas técnicas do Fluminense em 2009». RSSSF Brasil. 11 de junho de 2012. Consultado em 2 de novembro de 2021 
  5. DE FREITAS LIMA, Ricardo. «Jogos - 28-03-1984». Site Estatísticas do Fluminense. Consultado em 2 de novembro de 2021