Connie Willis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Connie Willis
Constance Elaine Trimmer Willis
Connie Willis na WonderCon, 2017
Nascimento 31 de dezembro de 1945 (71 anos)
Denver, Colorado, Estados Unidos
Nacionalidade estadunidense
Cônjuge Courtney Willis
Alma mater Colorado State College
Ocupação Escritora, professora universitária
Prémios
Gênero literário Ficção científica
Página oficial
conniewillis.net

Constance Elaine Trimmer Willis, conhecida como Connie Willis, (Denver, 31 de dezembro de 1945) é uma escritora estadunidense de ficção científica e uma das mais prestigiadas e premiadas escritoras do gênero. Ganhou onze Prêmios Hugo e sete Prêmios Nebula.[1]

Foi incluída no Hall da Fama da Ficção Científica em 2009[2][3] e foi nomeada pela Science Fiction Writers of America para o prêmio Damon Knight Memorial Grand Master em 2011.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Connie nasceu em Denver, Colorado, em 1945. Formou-se em inglês e educação infantil pela Colorado State College (atual Universidade do Norte do Colorado) em 1967.[5] Atualmente reside em Greeley, Colorado, com seu marido, Courtney Willis, professor aposentado de física da Universidade do Norte do Colorado.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Connie Willis na Clarion West, 1998

Em 1971, publicou sua primeira história de ficção científica, "The Secret of Santa Titicaca", na revista Worlds of Fantasy.[6] Ainda publicaria outros sete contos antes de ter seu primeiro livro, Water Witch, publicado pela editora Ace Books em 1982.[7] No mesmo ano, depois de conseguir um subsídio da agência National Endowment for the Arts, ela largou o emprego de professora e tornou-se escritora em tempo integral.[8]

Sua obra se caracteriza por histórias complexas, humor seco e forte empatia. Sua escrita costuma explorar a ficção científica soft, mas também explora temas da ficção científica hard, como viagens interestelares e cenários pós-apocalípticos. Outros temas favoritos da autora são viagem no tempo, histórias de natal e as interseções entre o cinema e a realidade.[6]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 1983, ganhou dois Nebulas: um pelo conto “A Letter from the Clearys” e outro pela noveleta “Fire Watch”, a qual, alguns meses mais tarde, também ganharia um Hugo. Em 1989, seu romance The Last of the Winnebagos ganhou tanto o Nebula quanto o Hugo. Em 1990, ganhou outro Nebula por sua noveleta “At the Rialto”. Em 1993, seu romance Doomsday Book e seu conto “Even the Queen” ganharam o Nebula e o Hugo. Ela ainda ganhou um Hugo em 1994 por seu conto “Death on the Nile”, outro em 1997 pelo conto “The Soul Selects Her Own Society”, outro em 1999 pelo romance To Say Nothing of the Dog, outro em 2000 por "The Winds of Marble Arch", outro em 2006 pelo romance Inside Job e ainda outro em 2008 pelo romance All Seated on the Ground.[1]

Em 2011, seu livro mais recente, o romance de dois volumes Blackout/All Clear, ganhou os prêmios Nebula e Hugo. Em 2009, ela foi eleita para o Science Fiction Hall of Fame e, em 2011, foi eleita Grand Master da Science Fiction Writers of America (SFWA).[1]

Todo estes prêmios fazem dela a escritora mais homenageada na história da ficção científica e a única pessoa a ter sido premiada com dois Nebulas e dois Hugos no mesmo ano.[1]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Romances e novelas[editar | editar código-fonte]

  • Water Witch (1982) – com Cynthia Felice
  • Lincoln's Dreams (1987)
  • Light Raid (1989) – com Cynthia Felice
  • Doomsday Book (1992)
  • Remake (1994)
  • Uncharted Territory (1994)
  • Bellwether (1996)
  • Promised Land (1997) – with Cynthia Felice
  • To Say Nothing of the Dog (1998)
  • Passage (2001)
  • Inside Job (2005)
  • D.A. (2007)
  • All Seated on the Ground (2007)
  • Blackout/All Clear (2010)
  • All Clear (2010)
  • All About Emily (2011)
  • Crosstalk (2016)

Coletâneas de Contos[editar | editar código-fonte]

  • Fire Watch
  • Impossible Things
  • Miracle and Other Christmas Stories
  • The Best of Connie Willis.

Ensaios[editar | editar código-fonte]

  • On Ghost Stories (1991)
  • Foreword (1998)
  • Introduction (1999)
  • The Nebula Award for Best Novel (1999)
  • The 1997 Author Emeritus: Nelson Bond (1999)
  • The Grand Master Award: Poul Anderson (1999)
  • A Few Last Words to Put It All in Perspective (1999)

Referências

  1. a b c d Merrick, Helen (12 de março de 2012). «Nebula Awards Interview: Connie Willis». Science Fiction and Fantasy Writers of America (em inglês). Science Fiction and Fantasy Writers of America. Consultado em 19 de maio de 2017 
  2. «EMP|SFM Announces its 2009 Science Fiction Hall of Fame Inductions». Experience Music Project/Science Fiction Museum and Hall of Fame. 14 de agosto de 2009. Consultado em 19 de maio de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2009 
  3. Strock, Ian Randal (6 de abril de 2009). «2009's Science Fiction Hall of Fame Inductees». SFSCope. Consultado em 19 de maio de 2017. Cópia arquivada em 10 de julho de 2012 
  4. «SFWA Names Connie Willis Recipient of the 2011 Damon Knight Memorial Grand Master Award» (em inglês). Science Fiction & Fantasy Writers of America. 16 de janeiro de 2012. Consultado em 20 de maio de 2017 
  5. «UNC Writers' Conference Features Internationally Renowned Sci Fi Author». University of Northen Colorado. Consultado em 19 de maio de 2017 
  6. a b «Connie Willis». Exhibitions/Science Fiction Hall of Fame (em inglês). Experience Music Project/Science Fiction Hall of Fame. Consultado em 20 de maio de 2017. Cópia arquivada em 22 de julho de 2012 
  7. «Connie Willis - Summary Bibliography». www.isfdb.org. Consultado em 19 de maio de 2017 
  8. "Connie Willis: The Facts of Death", Locus, Janeiro de 2003, p. 7.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Connie Willis