Conscientização

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Consciência crítica ou conscientização é um conceito social desenvolvido pelo pedagogo brasileiro Paulo Freire, ancorado à crítica teórica pós-marxista. De acordo com Freire, conscientização é o ato de compreender profundamente o mundo, o que permitiria a percepção e a enumeração das contradições sociais e políticas. Por consequência, conscientização incluiria a ação contra as opressões sociais.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mustakova-Possardt, M (2003) "Is there a roadmap to critical consciousness? Critical Consciousness: A Study of Morality in Global, Historical Context." One Country. 15(2).
  2. Freire, P. (1970) Pedagogy of the Oppressed. New York: Continuum.
Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.