Conselho Nacional da Nigéria e Camarões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Conselho Nacional da Nigéria e os Camarões (NCNC), foi um partido político nigeriano de 1944 à 1966. O nome 'Camarões' incluído, porque Camarões tinha-se tornado uma parte administrativa da Nigéria em 1945. Camarões tinha sido um território colonial da Alemanha. Na sequência da derrota da Alemanha e seus aliados, as Nações Unidas confiscou os territórios sob administração da Alemanha antes da II Guerra Mundial. Esses territórios então foram dados a vários países vencedores para administrá-los na confiança da ONU até que eles estivessem maduros para a independência política. Eles foram então chamados 'Territórios Trust' (Territórios de Confiança). Foi assim como o Camarões foi tomado da Alemanha e entregue à Grã-Bretanha. Quando a Nigéria se preparava para a independência política 1960, o povo do sul de Camarões foram consultados em um plebiscito sobre se iriam com a Nigéria para a independência ou juntar-se com o Camarões francês. A população optou pela unificação com o Camarões francês. Assim, tornou-se NCNC Conselho Nacional de Cidadãos nigerianas em 1959. O partido foi formado em 1944 [1] pelo Dr. Nnamdi Azikiwe e Herbert Macaulay.

Herbert Macaulay foi o seu primeiro presidente, enquanto Azikiwe foi o seu primeiro-secretário.[2] No entanto, em geral, era composto de uma longa lista de partidos nacionalistas, associações culturais, movimentos e trabalhistas que se uniram para formar NCNC. O partido naquele tempo foi o primeiro a assumir um esforço em conjunto para criar um verdadeiro partido nacionalista. Ele abraçou diferentes posições de grupos de religiosos, de tribais e aos grupos comerciais com a excepção de alguns notáveis, como o Ebê Omo Odudua e precoce na União Nigeriana de Professores. O partido é considerado o segundo partido político proeminente formado na Nigéria depois de um partido de Lagos, o Partido Nacional Democrático.

O NCNC foi acusado pelos seus adversários de focarem demais os interesses dos ibos. No final dos anos 1940, o Movimento Jovem da Nigéria, uma organização política da Nigéria Ocidental tinha decidido apoiar o partido enfocado de um iorubá acusando o NCNC de imperialismo étnico. Contudo a oposição ocidental precisou de um giro tático nos sentimentos locais, sua base foi composta por elites locais que dependeram pouco do sentimento nacionalista, mas sim do econômico local e atividade política, nas suas diversas vilas e cidades. Durante a guerra de secessão da Biafra, Azikiwe tornou-se um porta-voz para a república e um conselheiro para seus líderes.

Referências

  1. O partido NCNC foi formado em 1944 pelo Dr. Nnamdi Azikiwe e Herbert Macaulay
  2. O. E. Udofia, Nigerian Political Parties: Their Role in Modernizing the Political System, 1920-1966, Journal of Black Studies > Vol. 11, No. 4 (Jun., 1981), pp. 435-447.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Peter C. Lloyd, The Development of Political Parties in Western Nigeria. The American Political Science Review > Vol. 49, No. 3 Sep., 1955.
  • Tekena N. Tamuno, Separatist Agitations in Nigeria since 1914. The Journal of Modern African Studies > Vol. 8, No. 4 Dec., 1970.
Ícone de esboço Este artigo sobre os Camarões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Nigéria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre partido político da África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.