Conselho do Comando Revolucionário do Egito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Conselho do Comando Revolucionário foi o órgão criado para supervisionar o Egito e o Sudão após a Revolução de 1952. Inicialmente selecionou Ali Maher Paxá como primeiro-ministro, mas, em seguida, o forçou a renunciar após uma divergência de opinião sobre a reforma agrária. Naquele tempo, o Conselho do Comando Revolucionário assumiu o controle total do Egito. O Conselho controlou o país até 1954, quando se dissolveu.

Membros iniciais do Conselho do Comando Revolucionário:[1]

Referências

  1. Zeinab El-Gundy and Karim Abdel Kodos (23 de julho de 2015). «Meet the Free Officers of Egypt's Revolutionary Command Council». Ahram Online. 
Ícone de esboço Este artigo sobre o Egito é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.