Conservatório de Tatuí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conservatório Dramático e Musical
Dr. Carlos de Campos
Logo do Conservatório de Tatuí.jpg
Fundação 11 de agosto de 1954 (63 anos)
Tipo de instituição Pública Estadual
Mantenedora Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo
Localização Tatuí, SP
Diretor(a) Henrique Autran Dourado
Página oficial www.conservatoriodetatui.org.br

O Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, mais conhecido como Conservatório de Tatuí, é um conservatório público de música e arte dramática localizado na cidade de Tatuí. É administrado pela Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí, qualificada como organização social da área de cultura no Governo do estado de São Paulo.[1][2]

O conservatório[editar | editar código-fonte]

A instituição foi criada por uma lei estadual em 13 de abril de 1951 e fundada em 11 de agosto de 1954. O conservatório oferece gratuitamente 51 cursos diferentes na área erudita e popular, com duração média de seis anos (além de dois anos de aperfeiçoamento, opcionais).[2][3]

A escola forma instrumentistas, cantores, atores e luthiers. É uma das maiores e mais renomadas escolas musicais da América latina, recebendo estudantes de diversos países. Possui infraestrutura completa para o ensino artístico distribuída em seis imóveis pela cidade de Tatuí, além de contar com o Teatro Procópio Ferreira. Além das disciplinas práticas, o conservatório oferece disciplinas teóricas e as de prática de conjunto, com destaque para a Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí.[3]

Polo de São José do Rio Pardo[editar | editar código-fonte]

O Polo do Conservatório de Tatuí em São José do Rio Pardo é o único polo do Conservatório de Tatuí existente fora de sua cidade de origem. Criado em 2006, tem por objetivo formar instrumentistas na área de música clássica e atende aos interessados para os seguintes instrumentos: canto lírico, clarinete, flauta transversal, saxofone, trompa, trompete, trombone, bombardino, tuba, percussão sinfônica, piano, piano correpetidor, violino, viola, violoncelo, contrabaixo e violão clássico.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]