Constante I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Constante I
Imperador Romano
Reinado 9 de setembro de 337
a 18 de janeiro de 350
Predecessor Constantino I
Sucessor Constâncio II (sozinho)
Coimperadores Constantino II (337–340)
Constâncio II (337–350)
 
Nascimento c. 320
Morte janeiro de 350 (30 anos)
Vico Helena, Gália Transalpina, Império Romano
Nome completo Flávio Júlio Constante
Dinastia Constantiniana
Pai Constantino I
Mãe Fausta
Religião Cristianismo

Flávio Júlio Constante (320janeiro de 350), foi um imperador romano que governou de 337 a 350.[1][2] Constante foi o terceiro e mais jovem filho de Constantino e Fausta, segunda esposa de Constantino.

A partir de 337, ele foi co-imperador com seus irmãos Constâncio II e Constantino II. Na divisão administrativa do império ocorrida após a morte de Constantino, coube a ele a Itália, Ilíria e a África. Constantino II tentou tirar vantagem da juventude e inexperiência de Constante ao invadir a Itália em 340, mas Constante o derrotou em Aquileia, onde o irmão mais velho morreu. Em 341-342, Constante liderou uma campanha de sucesso contra os francos.

O escritor Júlio Fírmico Materno mencionou que Constante visitou a Britânia nos primeiros meses de 343, mas não explicou porquê. A velocidade desta viagem, junto com o fato que ele cruzou o Canal da Mancha durante os perigosos meses de inverno, sugere que foi em resposta a algum tipo de emergência militar. A maior parte dos membros da dinastia Constantiniana estava de alguma forma interessada em religião. Constante promulgou um édito banindo os sacrifícios pagãos em 341. Na disputa entre as facções ortodoxas e arianas, Constante apoiou os primeiros, enquanto Constâncio apoiou os últimos. Constante convocou o Concílio de Sárdica para estabelecer o contraste entre o ortodoxo Atanásio de Alexandria e o ariano Paulo I de Constantinopla.

Em 350, o general Magnêncio declarou-se imperador com o apoio da tropa na fronteira do rio Reno, e a última na porção ocidental do Império Romano. Constante não teve apoio imediato e foi forçado a fugir para salvar sua vida. Os partidários de Magnêncio o encurralaram em uma fortificação no sudeste da Gália, onde ele foi morto.

Referências

  1. Chrystal, Paul (2021). A Historical Guide to Roman York (em inglês). Barnsley: Pen and Sword History. p. 234. ISBN 9781526781314 
  2. Maas, Michael (2012). Readings in Late Antiquity: A Sourcebook (em inglês). Abingdon-on-Thames: Routledge. p. lxxvii. ISBN 9781136617034 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Constante I
Ícone de esboço Este artigo sobre Roma Antiga e o Império Romano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Constante I
Dinastia Constantiniana
c. 320 – janeiro de 350
Precedido por
Constantino I
Imperador Romano
9 de setembro de 337 – 18 de janeiro de 350
com Constantino II (337–340) e Constâncio II (337–350)
Sucedido por
Constâncio II
sozinho