Contax Participações

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Contax Participações S.A.)
Ir para: navegação, pesquisa
Contax
Central de atendimento de um Call Center.
Razão social Contax Participações S.A.
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação BM&F Bovespa: CTAX3
Indústria Call Center
Gênero Sociedade anônima
Fundação 31 de julho de 2000 (17 anos)
Sede Brasil Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Presidente Nelson Armbrust
Acionistas Veja abaixo
Website oficial www.contax.com.br

A Contax Participações S.A. (“Contax Participações”) (BM&F Bovespa: CTAX3) é uma empresa de terceirização de processos de negócios. É uma companhia aberta que trabalha com a implantação de contact centers voltados para o relacionamento de empresas com seus clientes.[1] Em 11 de setembro de 2017, a empresa anunciou um rebranding. Unindo-se à empresa de trade marketing Ability, passou a chamar-se Liq.[2]

Panorama geral[editar | editar código-fonte]

Em 2005, tornou-se uma empresa de capital aberto e foi a primeira do setor a lançar ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) atingindo com isso a liderança do setor.

Em 2011, a receita líquida da Contax ultrapassou R$ 2,98 bilhões de reais.

Tendo como presidente o brasileiro Nelson Armbrust, a empresa conta com aproximadamente 60 mil colaboradores, distribuídos em dez estados brasileiros (Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraíba , Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Acre) e no Distrito Federal, além de operar na Argentina, na Colômbia e no Peru. Realiza mais de 250 milhões de contatos por mês, através de telefone, correio, e-mail, torpedos, internet e chats . Seu faturamento é superior a R$ 3,6 bilhões.

Presta serviços a empresas como Citibank, Bradesco, Itaú, Santander, Ticket, Net, Leader Magazine, Souza Cruz, LATAM Airlines, Rede Globo, Claro, Vivo, Oi dentre outros. Em 2011, tornou-se a 3ª principal empresa do seu segmento no mundo e uma das principais multinacionais brasileiras de serviços.

Controle acionário[editar | editar código-fonte]

Em 2014, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a saída da Portugal Telecom (PT) do capital social da Contax Participações. Assim, a Portugal Telecom deixou de ter participação na sociedade de contact center para concentrar seus investimentos no Brasil exclusivamente em atividades de telecomunicações por meio da operadora Oi, empresa com a qual pretende se fundir. Com a saída da PT, foram reorganizadas as participações no controle da Contax detidas pelos grupos Andrade Gutierrez (AG Telecom) e Jereissati (LF Tel) e o controle da Contax passou a ser exercido pela AG e LF, em conjunto com o outro acionista controlador, a Fundação Atlântico de Seguridade Social (FASS). Assim, as ações da Contax Participações passaram a ser distribuídas da seguinte forma: 27,5% da CTX, 7% da AG, 7% da LF Tel, 1,1% da FASS e 57,5% para free float (ações para livre negociação no mercado).[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.