Conteúdo gerado pelo usuário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde dezembro de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Conteúdo gerado pelo usuário (do inglês User-generated content - UGC), também conhecido por conteúdo gerado pelo utilizador, conteúdo gerado pelo público, conteúdo gerado pelo consumidor, mídia gerada pelo usuário, media gerado pelo utilizador refere-se a vários tipos de conteúdos que são criados pelo consumidor final[1].

Este termo foi criado para sinalizar que pessoas comuns ou clientes e colaboradores de uma empresa usam websites, blogs, redes sociais (como Twitter, Facebook, LinkedIn, Google+, Youtube, entre outras) para gerar conteúdo de forma espontânea sobre determinado assunto. Esse conteúdo pode ser fotos, vídeos ou textos, que remetem a uma sensação ou sentimento autêntico (felicidade, tristeza, indignação, entre outros), e que podem ser usados como fontes de informações tanto para as empresas quanto para outras pessoas, clientes e colaboradores, agências ou até mesmo jornais e mídias em geral[2].

O termo surgiu em torno de 2005 com o crescimento da Internet e da comunidade on-line onde a interatividade e o diálogo tornou-se algo rápido e dinâmico. Com isso a informação tornou-se mais democrática, não estando somente nas mãos das grandes corporações mediáticas, qualquer pessoa poderia opinar e criar algum tipo de conteúdo, seja ele um blogue, um comentário, um vídeo, uma fotomontagem, entre tantas outras possibilidades.

Muitas empresas têm usado em suas publicidades conteúdos criados por consumidores, pois ajudam a estabelecer uma relação entre marca e consumidor mais horizontal, o diálogo fica mais próximo. Além de criar um simpatia, afinal eles estarão ajudando a criar uma campanha ou estarão participando dela, não sendo apenas meros espectadores.

O termo na realidade é muito abrangente, mas há alguns tipos de conteúdos gerados pelos usuários: fóruns de discussão, blogues, wikis, sites de relacionamento, redes sociais, fotos e vídeo, resenha e comentários de usuários, colaboração com fotos, áudio, ou qualquer outro tipo de conteúdo que o consumidor possa alterar, modificar, contribuir e editar.

  1. Chua, Tat-Seng; Juanzi, Li; Moens, Marie-Francine (2014). Mining user generated content. Chapman and Hall/CRC. p. 7. ISBN 9781466557406.
  2. Chua, Tat-Seng; Li, Juanzi; Moens, Marie-Francine (2014). Mining user generated content. Chapman and Hall/CRC. p. 7. ISBN 9781466557406.