Controlador de disco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Fevereiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Controlador de disco MFM ISA de 16 bits.

O controlador de disco é o circuito que permite que a UCP se comunique com o disco rígido, unidade de disquete ou outro tipo de acionador de disco.

Os primeiros controladores de disco eram identificados por seus métodos de armazenamento e codificação de dados. Eram implementados tipicamente através de uma placa controladora separada. Os controladores MFM eram o tipo mais comum em microcomputadores, usados tanto para unidades de disquete quanto para discos rígidos. Os controladores RLL usavam compressão de dados para aumentar a capacidade armazenamento em cerca de 50%. Um controlador produzido pela Shugart Associates, a SASI, precedeu o padrão SCSI.

Os controladores de disco modernos são integrados aos novos acionadores. Por exemplo, unidades chamadas de "discos SCSI" têm controladores SCSI embutidos. No passado, antes da maior parte das funcionalidades dos controladores SCSI serem implementadas num único chip, controladores SCSI separados faziam a interface entre os discos e o barramento SCSI.

Nos dias de hoje, os tipos mais comuns de controladores de disco para uso doméstico são ATA (IDE) e Serial ATA. Discos de alta capacidade usam SCSI, Fibre Channel ou Serial Attached SCSI.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.