Controle do centro (xadrez)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
abcdefgh
8
Chessboard480.svg
d4 branco peão
e4 branco peão
8
77
66
55
44
33
22
11
abcdefgh
Representaçao do centro d4-e4 branco

Controle do centro é uma importante estratégia posicional envolvendo o centro do tabuleiro de xadrez e utilizada largamente na teoria enxadrística.

Conceito e importância[editar | editar código-fonte]

Esta estratégia consiste em posicionar peões ou peças de forma que elas controlem diretamente (com o uso de peões) ou à distância (com o uso de peças) as quatro casas centrais do tabuleiro (d4, e4, d5 e e5, em notação algébrica). Entretanto, uma peça sendo colocada em uma casa central não significa necessariamente que ela controla o centro (por exemplo, um cavalo posicionado em uma das casas centrais não controla nenhuma casa central, uma vez que ataca apenas as casas em volta do centro.

O controle do centro é importante porque as batalhas táticas freqüentemente ocorrem nas casas centrais, de onde as peças podem acessar a maioria das outras regiões do tabuleiro eficientemente.

As aberturas e defesas enxadrísticas tentam controlar o centro ao mesmo tempo que procuram desenvolver as suas peças. As aberturas e defesas hipermodernas procuram controlar o centro à distância com bispos e cavalos, enquanto que as ortodoxas procuram controlar o centro diretamente com o uso de peões.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • D’AGOSTINI, Orfeu. Xadrez Básico. São Paulo: Ediouro, 1954.
  • FILGUTH, Rubens. Xadrez de A a Z: dicionário ilustrado. Porto Alegre: Artmed, 2005.
A Wikipédia possui o
Portal de Enxadrismo
Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.