Copa Brasil de Voleibol Feminino de 2019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Brasil de Voleibol
Gramado 2019
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações gerais
País  Brasil
Organizador CBV
Período Classificatória: 22 de janeiro de 2019
Finais:1 a 2 de fevereiro de 2019
Participantes 8
Resultados
Campeão Minas Gerais Minas (1º título)
Vice-campeão Minas Gerais Praia Clube
Estatísticas
Número de jogos 7
◄◄ Lages 2018 Bola de volei de quadra.svg Jaraguá do Sul 2020 ►►

A Copa Brasil de Voleibol Feminino de 2019 foi a oitava edição desta competição organizada pela Confederação Brasileira de Voleibol através da Unidade de Competições Nacionais. Participaram do torneio oito equipes, de acordo com a posição delas no primeiro turno da Superliga Brasileira A 2018-19.[1] As semifinais foram disputadas no dia 1 de fevereiro, vencidas por Praia Clube e Minas Tênis Clube, e a grande decisão foi no dia 2 de fevereiro de 2019, entre as equipes mineiras, em Gramado, Rio Grande do Sul, e teve como embaixador o campeão olímpico Gustavo Endres.[2] Minas venceu de virada, por 3 sets a um, e ficou com o título inédito da competição.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Classificaram-se para a disputa da Copa Brasil de 2019 as oito melhores equipes do primeiro turno da fase classificatória da Superliga Série A 2018/2019. O torneio foi disputado em sistema de eliminatória simples, em jogos únicos, dividido em três fases: quartas-de-final, semifinais e final.[1]

Nas quartas-de-final, os confrontos foram baseados na posição de cada participante da tabela da referida Superliga Brasileira A, conforme a seguir: 1º x 8º, 2º x 7º , 3º x 6º e 4º x 5º os vitoriosos destas partidas passam às semifinais, a partida semifinal será entre o Vencedor (1º x 8º) x Vencedor (4º x 5º) e na outra partida da referida fase teremos o Vencedor (2º x 7º) x Vencedor (3º x 6º), definindo assim os dois finalistas. Os jogos da quartas-de-final tiveram como mandantes os quatro melhores times da Superliga Brasileira A, e as semifinais e a final foram realizadas no Ginásio Perinão, Gramado (RS).[1][2]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Ginásio Capacidade Posição na temporada 2018/19
Praia Clube Minas Gerais Uberlândia Arena Praia 3 000
Minas Minas Gerais Belo Horizonte Arena Minas Tênis Clube 3 650
Barueri São Paulo Barueri José Corrêa 5 000
Sesi/Vôlei Bauru São Paulo Bauru Panela de Pressão 2 000
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Rio de Janeiro Tijuca Tênis Clube 3 000
Osasco São Paulo Osasco José Liberatti 4 500
Fluminense Rio de Janeiro Rio de Janeiro Ginásio do Hebraica 1 000
Curitiba Vôlei Paraná Curitiba Ginásio Clube Curitibano 800

Resultados[editar | editar código-fonte]

  Quartas-de-final Semifinais Final
                           
   Minas Gerais Praia Clube 3  
 Paraná Curitiba Vôlei 1  
   Minas Gerais Praia Clube 3  
   São Paulo Sesi/Vôlei Bauru 2  
 São Paulo Sesi/Vôlei Bauru 3
   Rio de Janeiro Rio de Janeiro 2  
     Minas Gerais Praia Clube 1
   Minas Gerais Minas 3
   Minas Gerais Minas 3  
 Rio de Janeiro Fluminense 1  
 Minas Gerais Minas 3
   São Paulo Osasco 1  
 São Paulo Barueri 1
   São Paulo Osasco 3  

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

A tabela dos jogos das quartas de final foi divulgada pela CBV em 16 de janeiro de 2019.[3]

Resultados
22 de janeiro de 2019
19:30
Relatório
Praia Clube Minas Gerais 3 — 1 Paraná Curitiba Vôlei Arena Praia, Uberlândia
Árbitro(s):
Minas GeraisMG Ricardo Cortes dos Santos
Minas GeraisMG Renato Ferreira Diniz
20
25
25
25
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
25
22
18
15

22 de janeiro de 2019
19:30
Relatório
Sesi/Vôlei Bauru São Paulo 3 — 2 Rio de Janeiro Rio de Janeiro Neusa Galetti, Marília
Árbitro(s):
São PauloSP Cláudio Jose Ramos Siena
São PauloSP Reinaldo da Silva Lima
25
16
25
20
15
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
13
25
20
25
13

22 de janeiro de 2019
20:00
Relatório
Minas Minas Gerais 3 — 1 Rio de Janeiro Fluminense Arena Minas, Belo Horizonte
Árbitro(s):
Minas GeraisMG Ivan Eustáquio Couto Cardoso
Minas GeraisMG Neilor Rodrigo Lopes de Souza
25
25

22
25
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
22
17
25
16

22 de janeiro de 2019
19:30
Relatório
Barueri São Paulo 1 — 3 São Paulo Osasco José Corrêa,Barueri
Árbitro(s):
São PauloSP Jediel Hosana De Carvalho
São PauloSP Gilberto da Silva Cotrim
25
19
21
20
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
19
25
25
25

Semifinal[editar | editar código-fonte]

Resultados
1 de fevereiro de 2019
19:30
Relatório
Praia Clube Minas Gerais 3 — 2 São Paulo Sesi/Vôlei Bauru Ginásio Perinão, Gramado
Árbitro(s):
Rio Grande do SulRS Angela Araújo Gusmão Grass
Rio Grande do SulRS Paulo Sérgio Pivatto Picanço
24
25
25

21
15
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
26
21
14
25
11

1 de fevereiro de 2019
21:30
Relatório
Minas Minas Gerais 3 — 1 São Paulo Osasco Ginásio Perinão, Gramado
Árbitro(s):
Rio Grande do SulRS Sílvio Cardozo da Silveira
Rio Grande do SulRS Alex Hennemann
25
17
25
25
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
21
25
22
16

Final[editar | editar código-fonte]

Resultado
2 de fevereiro de 2019
21:00
Relatório
Praia Clube Minas Gerais 1 — 3 Minas Gerais Minas Ginásio Perinão, Gramado
Árbitro(s):
Rio Grande do SulRS Sílvio Cardozo da Silveira
Rio Grande do SulRS Angela Araújo Gusmão Grass
25
20
21
18
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
16
25
25
25

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Regulamento Copa Brasil» (PDF). CBV. Consultado em 31 de dezembro de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 27 de dezembro de 2018 
  2. a b «Gramado (RS) recebe fase final da edição 2019 em fevereiro». CBV. 7 de dezembro de 2018. Consultado em 31 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 31 de dezembro de 2018 
  3. «CBV divulga tabela da Copa Brasil feminina de vôlei». GloboEsporte.com. 16 de janeiro de 2019. Consultado em 17 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 17 de janeiro de 2019