Copa Intercontinental de 1960

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Copa Intercontinental de 1960
Intercontinenal Cup 1960
Real-madrid-cf-vs-penarol-programa-de-la-1-copa-intercontinental.jpg
Cartaz anunciando a segunda partida da edição.
Dados
Participantes 2
Organização CONMEBOL e UEFA
Anfitrião Uruguai (1º jogo)
Flag of Spain.svg Espanha (2º jogo)
Período 3 de julho4 de setembro
Gol(o)s 6
Partidas 2
Média 3 gol(o)s por partida
Campeão Espanha Real Madrid (1º título)
Vice-campeão Uruguai Peñarol
Melhor marcador Ferenc Puskás (Real Madrid) – 2 gols
Público 191 872
Média 95 936 pessoas por partida
Soccerball.svg 1961 ►►

A primeira edição da Copa Intercontinental também conhecido como Mundial Interclubes, ocorreu em 1960. Foi disputada em duas partidas entre o campeão europeu e o sul-americano. Real Madrid, da Espanha e Penarol, do Uruguai, respectivamente.

Em 1960, cobrindo o título do Real Madrid na 1ª edição da Copa Intercontinental, o jornal espanhol El Mundo Deportivo chamou o clube de "O Primeiro Campeão Mundial" de clubes, porém observou que a competição não incluía "africanos, asiáticos e outros federados da FIFA".[1] O Real Madrid em seu site considera essa edição como o primeiro Mundial de Clubes da equipe.[2]

Em 27 de outubro de 2017, após uma reunião realizada na Índia, o Conselho da FIFA reconheceu os vencedores da Copa Intercontinental como campeões mundiais.[3][4]

História[editar | editar código-fonte]

Caminhos até a final[editar | editar código-fonte]

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

O clube espanhol ganhou o direito de participar da primeira edição da Copa Intercontinental depois de vencer o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, na final da quinta edição da Taça dos Clubes Campeões Europeus, que designou o Real Madrid como o melhor clube do velho continente, conquistando as cinco primeiras edições da competição. O Real Madrid venceu na final o Eintracht Frankfurt por 7 a 3, sendo citado pela imprensa como a maior final realizada até aquela data, de modo que o campeão seria o representante da UEFA no torneio que definiria o melhor time do mundo.[5]

Peñarol[editar | editar código-fonte]

O clube uruguaio ganhou o direito de participar da primeira edição do torneio, depois de vencer Olimpia, pela primeira edição da Copa Libertadores da América, que indicou o melhor clube da América do Sul. Após a disputa das duas partidas, o Peñarol venceu a final no placar agregado de 2 a 1, sendo campeão da Libertadores e sendo indicado pela CONMEBOL para disputar o torneio que definiria o melhor time do mundo.

A final[editar | editar código-fonte]

Após o empate sem gols na primeira partida, a decisão seria em Madrid. Com o Estádio Santiago Bernabéu lotado com aproximadamente 120.000 torcedores, o Real Madrid conquistou o primeiro título intercontinental depois de golear a equipe uruguaia por 5 a 1.

A partida foi decidida ainda nos primeiros dez minutos de jogo, pois aos nove minutos a equipe madrilenha já vencia por 3 a 0 os uruguaios, com dois gols de Ferenc Puskas e um de Alfredo di Stéfano. No fim do primeiro tempo o placar era de 4 a 0 pros espanhóis. No inicio da segunda etapa o espanhóis marcaram mais um: 5 a 0. Aos 35 minutos do segundo tempo a equipe uruguaia fez o gol de honra com de Alberto Spencer. Fim de jogo e a equipe do Real Madrid agora sim poderia se idolatrar a melhor equipe do mundo.

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

Localidade das equipes que disputaram a Copa Intercontinental 1960.
Confederação Equipe Classificação Participação
CONMEBOL Uruguai Peñarol Campeão da Copa Libertadores da América de 1960
UEFA Espanha Real Madrid Campeão da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1959–60

Chaveamento[editar | editar código-fonte]

  A Classificação[NOTA] Copa Intercontinental 1960
                     
 Espanha Real Madrid 7  
 Alemanha Eintracht Frankfurt 3  
   Espanha Real Madrid 0 5
   Uruguai Peñarol 0 1
 Uruguai Peñarol 1 1 2
 Paraguai Olimpia 0 1 1
Notas

Partidas[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida[editar | editar código-fonte]

3 de julho de 1960 Peñarol Uruguai 0 – 0 Espanha Real Madrid Centenário, Montevidéu
19:30 (UTC-3)
Público: 71 872
Árbitro: ArgentinaARG José Luis Praddaude
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Peñarol
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Real Madrid

PEÑAROL:
G Uruguai Maidana
LD Uruguai Martínez Capitão
Z Brasil Salvador
Z Uruguai Pino
LE Uruguai Gonçalves
M Uruguai Aguerre
M Uruguai Cubilla
A Argentina Linazza
A Uruguai Hohberg
A Equador Spencer
A Uruguai Borges
Treinador:
Uruguai Roberto Scarone

REAL MADRID:
G Argentina Domínguez
LD Espanha Marquitos
Z Uruguai Santamaría
Z Espanha Pachín
LE Espanha Vidal
M Espanha Zárraga Capitão
M Espanha Del Sol
A Brasil Cánario
A Argentina Flag of Spain (1945-1977).svg Di Stéfano
A Hungria Flag of Spain (1945-1977).svg Puskás
A Espanha Manolín Bueno
Treinador:
Espanha Miguel Muñoz

Jogo de volta[editar | editar código-fonte]

4 de setembro de 1960 Real Madrid Espanha 5 – 1 Uruguai Peñarol Santiago Bernabéu, Madrid
20:30 (UTC+1)
Puskás Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3', Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9'
Di Stéfano Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4'
Herrera Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45'
Gento Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'
Spencer Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Público: 90 000
Árbitro: InglaterraENG Ken Aston
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Real Madrid
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Peñarol

REAL MADRID:
G Argentina Domínguez
LD Espanha Marquitos
Z Uruguai Santamaría
Z Espanha Pachín
LE Espanha Vidal
M Espanha Zárraga Capitão
M Espanha Del Sol
A Espanha Herrera
A Argentina Flag of Spain (1945-1977).svg Di Stéfano
A Hungria Flag of Spain (1945-1977).svg Puskás
A Espanha Gento
Treinador:
Espanha Miguel Muñoz

PEÑAROL:
G Uruguai Maidana
LD Uruguai Martínez Capitão
Z Brasil Salvador
Z Uruguai Pino
LE Uruguai Majewski
M Uruguai Aguerre
M Uruguai Cubilla
A Argentina Linazza
A Uruguai Hohberg
A Equador Spencer
A Uruguai Borges
Treinador:
Uruguai Roberto Scarone

Campeão[editar | editar código-fonte]

Copa Intercontinental de 1960
Flag of Spain.svg
REAL MADRID
1° titulo

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências