Copa Roca de 1976

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Roca de 1976
Dados
Participantes 2
Anfitrião  Argentina
 Brasil
Período 27 de fevereiro19 de maio
Gol(o)s 5
Partidas 2
Média 2,5 gol(o)s por partida
Campeão Brasil Brasil (8º título)
Vice-campeão Flag of Argentina.svg Argentina
Melhor marcador Brasil Lula (2 gols)

A Copa Roca de 1976 foi uma das edições da Superclássico das Américas, sendo a última edição do torneio sob esta nomenclatura, e realizada em anexo à Taça do Atlântico, antes da interrupção 34 anos, até o retorno da competição em 2011.[1] [2]

Sede[editar | editar código-fonte]

A primeira partida foi disputada no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, enquanto que a segunda partida foi disputada no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Buenos Aires Rio de Janeiro
Estádio Monumental de Núñez Estádio do Maracanã
34° 32′ 43,15″ S, 58° 26′ 59,05″ O 22° 54′ 44″ S, 43° 13′ 48,77″ O
Capacidade: 74 624 Capacidade: 150 000
Estadio Monumental Mundial 78.jpg Maracanã Stadion. Fortepan 78067.jpg

Detalhes[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida[editar | editar código-fonte]

27 de fevereiro de 1976 Flag of Argentina.svg Argentina 1 – 2 Brasil Brasil Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires

Kempes Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74' (pen.) Lula Gol marcado aos 5 minutos de jogo 5'
Zico Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Público: 35 000
Árbitro: ArgentinaARG Roberto Barreiro

Argentina: Lavolpe, Cárdenas, Killer, Rebottaro, Tarantini, Gallego, Trobbiani, Bochini, Kempes, Scotta, Ortiz.

Treinador: César Luis Menotti.

Brasil: Waldir Peres, Amaral, Miguel, Getúlio, Marinho Chagas, Falcão, Chicão, Geraldo (Palhinha), Zico, Flecha, Lula (Edu Bala).

Treinador: Oswaldo Brandão.

Jogo de volta[editar | editar código-fonte]

19 de maio de 1976 Brasil Brasil 2 – 0 Flag of Argentina.svg Argentina Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro, Brasil

Lula Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64', Neca Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88' Árbitro: BrasilBRA Agomir Martins

Brasil: Waldir Peres, Orlando, Marco Antônio, Amaral (Beto), Jayme, Rivelino, Geraldo, Chicão (Falcão), Gil, Lula, Neca.

Treinador: Oswaldo Brandão.

Argentina: Lavolpe, Tarantini, Carrascosa, Passarela, Olguín, Bochini (Alonso), Gallego, Trobiani, Kempes, Leopoldo (Valencia), Houseman.

Treinador: César Luis Menotti.

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Clube P J V DP D GP GC SG
Brasil Brasil 6 2 2 0 0 4 1 +3
Flag of Argentina.svg Argentina 0 2 0 0 2 1 4 –3

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Roca de 1976
Brasil
BRASIL
Campeão
(8º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Estadao.com.br Fifa anuncia amistoso entre Brasil e Argentina. 21/08/2010.
  2. CBF (9 de Setembro de 2012). «Retrospecto do Superclássico das Américas». Consultado em 04 de Setembro de 2012. Arquivado do original em 21 de setembro de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)