Copa Sul-Americana de 2019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa Sul-Americana de 2019
XVIII Copa Sudamericana
CONMEBOL Sudamericana 2019
Conmebol Sudamericana logo.png
Dados
Participantes 54
Organização CONMEBOL
Período 5 de fevereiro9 de novembro
Gol(o)s 221
Partidas 105
Média 2,1 gol(o)s por partida
Campeão Independiente del Valle (1° título)
Vice-campeão Colón
Melhor marcador Argentina Silvio Romero (Independiente) – 5 gols
Maior goleada
(diferença)
Universidad Católica 6–0 Melgar
Estádio Olímpico AtahualpaQuito
21 de maio, segunda fase
◄◄ 2018 Soccerball.svg 2020 ►►

A Copa Sul-Americana de 2019, oficialmente nomeada CONMEBOL Sul-Americana 2019, foi a 18ª edição da competição de futebol realizada anualmente pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Participaram clubes das dez associações sul-americanas.

Em 14 de agosto de 2018 a CONMEBOL definiu que a final da Copa Sul-Americana passaria a ser realizada em jogo único, com a disputa originalmente em Lima, no Peru, em 9 de novembro.[1] Entretanto a capital peruana acabou descartada por problemas organizacionais e a final foi transferida para Assunção, no Paraguai, mantida a mesma data.[2]

O Independiente del Valle sagrou-se campeão continental pela primeira vez na história ao superar o argentino Colón por 3–1.[3] Como vencedor o clube equatoriano terá o direito de disputar a fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2020. Além disso, disputará a Recopa Sul-Americana de 2020 contra o vencedor da Copa Libertadores de 2019, e a J.League YBC Levain Cup/CONMEBOL Sudamericana Final de 2020.[4]

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

País Equipe Classificação
 Argentina
(6 vagas)
Independiente Mais bem classificado do Campeonato Argentino 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Racing 2º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Defensa y Justicia 3º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Unión de Santa Fe 4º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Colón 5º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Argentinos Juniors 6º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
 Bolívia
(4 vagas)
Royal Pari Mais bem classificado do Campeonato Boliviano 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Oriente Petrolero 2º mais bem classificado do Campeonato Boliviano 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Nacional Potosí 3º mais bem classificado do Campeonato Boliviano 2017–18
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Guabirá Vencedor do play-off para a Sul-Americana do Torneio Apertura 2018
 Brasil
(6 vagas)
Botafogo Mais bem classificado do Campeonato Brasileiro Série A 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Santos 2º mais bem classificado do Campeonato Brasileiro Série A 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Bahia 3º mais bem classificado do Campeonato Brasileiro Série A 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Fluminense 4º mais bem classificado do Campeonato Brasileiro Série A 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Corinthians 5º mais bem classificado do Campeonato Brasileiro Série A 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Chapecoense 6º mais bem classificado do Campeonato Brasileiro Série A 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
 Chile
(4 vagas)
Antofagasta Mais bem colocado do Campeonato Chileno 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Colo-Colo 2° classificado do Campeonato Chileno 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Unión La Calera 3º mais bem classificado do Campeonato Chileno 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Unión Española 4º mais bem classificado do Campeonato Chileno 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
 Colômbia
(4 vagas)
Once Caldas Mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
La Equidad 2º mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Rionegro Águilas 3º mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Deportivo Cali 4º mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Equador
(4 vagas)
Universidad Católica Mais bem classificado do Campeonato Equatoriano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Macará 2º mais bem classificado do Campeonato Equatoriano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Independiente del Valle 3º mais bem classificado do Campeonato Equatoriano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Mushuc Runa Vencedor do play-off para a Sul-Americana do Campeonato Equatoriano 2018
 Paraguai
(4 vagas)
Sol de América Mais bem classificado do Campeonato Paraguaio 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Independiente de Campo Grande 2º mais bem classificado do Campeonato Paraguaio 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Deportivo Santaní 3º mais bem classificado do Campeonato Paraguaio 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Guaraní Campeão da Copa Paraguai 2018
 Peru
(4 vagas)
Deportivo Municipal Mais bem classificado do Campeonato Peruano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Sport Huancayo 2º mais bem classificado do Campeonato Peruano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Universidad Técnica Cajamarca 3º mais bem classificado do Campeonato Peruano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Binacional 4º mais bem classificado do Campeonato Peruano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Uruguai
(4 vagas)
Cerro Mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Liverpool 2º mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Montevideo Wanderers 3º mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
River Plate 4º mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
 Venezuela
(4 vagas)
Zulia Campeão da Copa Venezuela 2018
Mineros de Guayana Vice-campeão do Torneio Apertura 2018
Monagas Mais bem classificado do Torneio Clausura 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019
Estudiantes de Mérida Mais bem classificado do Campeonato Venezuelano 2018
não classificado para a Copa Libertadores 2019

Adicionalmente, dez equipes eliminadas da Copa Libertadores da América de 2019 foram transferidas para a Copa Sul-Americana, entrando a partir da segunda fase.

Melhores equipes eliminadas na terceira fase
Colômbia Atlético Nacional
Venezuela Caracas
Equipes terceiro colocadas na fase de grupos
Chile Palestino
Venezuela Deportivo Lara
Peru Sporting Cristal
Uruguai Peñarol
Brasil Atlético Mineiro
Peru Melgar
Colômbia Deportes Tolima
Chile Universidad Católica

Calendário[editar | editar código-fonte]

O Estádio General Pablo Rojas, em Assunção, Paraguai, palco da grande final.

O calendário de cada fase foi divulgado em 16 de agosto de 2018 e compreende as seguintes datas:[5]

Fase Ida Volta
Primeira fase 5 de fevereiro a 8 de maio
Segunda fase 21 a 23 de maio 28 a 30 de maio
Oitavas de final 23 a 25 de julho 30 de julho a 1 de agosto
Quartas de final 20 a 22 de agosto 27 a 29 de agosto
Semifinais 18 e 19 de setembro 25 e 26 de setembro
Final 9 de novembro no Estádio General Pablo Rojas, em Assunção[2]

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio que determinou os cruzamentos da primeira fase da Copa Sul-Americana foi realizado em 17 de dezembro de 2018, no Centro de Convenções da CONMEBOL localizado em Luque, no Paraguai.[6]

A distribuição das equipes através dos potes seguiu um critério geográfico, sendo que no pote 1 se encontraram as equipes da "zona sul" (Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai) e no pote 2 as equipes da "zona norte" (Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela):[7]

Pote 1 Pote 2
Primeira fase

a. ^ Não definido no momento do sorteio.

Para a segunda fase, onde entraram as equipes transferidas da Copa Libertadores da América de 2019, foi realizado um novo sorteio em 13 de maio de 2019, após a conclusão da primeira fase, também em Luque.[7][8]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase foi disputada por 44 equipes, em partidas eliminatórias em ida e volta. Em caso de empate no placar agregado, a regra do gol fora de casa seria considerada e, persistindo a igualdade, a vaga seria definida na disputa por pênaltis.[4]

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
E1 Montevideo Wanderers Uruguai 3–1 Peru Sport Huancayo 2–0 1–1
E2 Bahia Brasil 0–1 Uruguai Liverpool 0–1 0–0
E3 Independiente Argentina 6–2 Peru Binacional 4–1 2–1
E4 Rionegro Águilas Colômbia 2–2 (3–0 p) Bolívia Oriente Petrolero 1–1 1–1
E5 Argentinos Juniors Argentina 2–1 Venezuela Estudiantes de Mérida 2–0 0–1
E6 Deportivo Municipal Peru 0–5 Argentina Colón 0–3 0–2
E7 Unión Española Chile 2–2 (6–5 p) Equador Mushuc Runa 1–1 1–1
E8 Universidad Técnica Cajamarca Peru 2–4 Uruguai Cerro 1–1 1–3
E9 Deportivo Santaní Paraguai 3–1 Colômbia Once Caldas 1–1 2–0
E10 Universidad Católica Equador 1–1 (3–0 p) Chile Colo-Colo 0–1 1–0
E11 River Plate Uruguai 1–1 (gf) Brasil Santos 0–0 1–1
E12 Macará Equador 5–1 Bolívia Guabirá 2–1 3–0
E13 Royal Pari Bolívia 3–3 (4–2 p) Venezuela Monagas 2–1 1–2
E14 Mineros de Guayana Venezuela 1–1 (3–4 p) Paraguai Sol de América 1–0 0–1
E15 Unión La Calera Chile 1–1 (gf) Brasil Chapecoense 0–0 1–1
E16 Deportivo Cali Colômbia 1–1 (4–1 p) Paraguai Guaraní 1–0 0–1
E17 Nacional Potosí Bolívia 1–1 (0–2 p) Venezuela Zulia 0–1 1–0
E18 Corinthians Brasil 2–2 (5–4 p) Argentina Racing 1–1 1–1
E19 Independiente de Campo Grande Paraguai 0–0 (3–4 p) Colômbia La Equidad 0–0 0–0
E20 Fluminense Brasil 2–1 Chile Antofagasta 0–0 2–1
E21 Unión de Santa Fe Argentina 2–2 (2–4 p) Equador Independiente del Valle 2–0 0–2
E22 Botafogo Brasil 4–0 Argentina Defensa y Justicia 1–0 3–0

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

A segunda fase será disputada pelas 22 equipes classificadas da fase anterior mais as dez equipes transferidas da Copa Libertadores, em partidas eliminatórias em ida e volta. Em caso de empate no placar agregado, a regra do gol fora de casa será considerada e, persistindo a igualdade, a vaga será definida na disputa por pênaltis.[4]

Equipes classificadas

Equipes classificadas da primeira fase

Melhores equipes eliminadas na terceira fase da Copa Libertadores da América de 2019

Equipes terceiro colocadas na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2019

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
O1 La Equidad Colômbia 4–1 Paraguai Deportivo Santaní 2–0 2–1
O2 Independiente del Valle Equador 7–3 Chile Universidad Católica 5–0 2–3
O3 Fluminense Brasil 4–2 Colômbia Atlético Nacional 4–1 0–1
O4 Unión Española Chile 0–6 Peru Sporting Cristal 0–3 0–3
O5 Argentinos Juniors Argentina 1–0 Colômbia Deportes Tolima 1–0 0–0
O6 Montevideo Wanderers Uruguai 1–0 Uruguai Cerro 0–0 1–0
O7 Universidad Católica Equador 6–0 Peru Melgar 6–0 0–0
O8 Unión La Calera Chile 1–1 (0–3 p) Brasil Atlético Mineiro 1–0 0–1
O9 Sol de América Paraguai 0–5 Brasil Botafogo 0–1 0–4
O10 Rionegro Águilas Colômbia 3–4 Argentina Independiente 3–2 0–2
O11 Corinthians Brasil 4–0 Venezuela Deportivo Lara 2–0 2–0
O12 River Plate Uruguai 1–3 Argentina Colón 0–0 1–3
O13 Zulia Venezuela 3–1 Chile Palestino 2–1 1–0
O14 Deportivo Cali Colômbia 1–3 Uruguai Peñarol 1–1 0–2
O15 Liverpool Uruguai 1–2 Venezuela Caracas 1–0 0–2
O16 Royal Pari Bolívia 3–3 (gf) Equador Macará 1–0 2–3

Fase final[editar | editar código-fonte]

Os cruzamentos da fase final estavam pré-determinados, com a equipe definida como "O1" enfrentado a "O16", "O2" contra "O15", e assim sucessivamente, de acordo com o sorteio da segunda fase.[4][8]

Esquema[editar | editar código-fonte]

Os times que estão na parte superior do confronto possuem o mando de campo no primeiro jogo e em negrito os times classificados.

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 9 de julho a 1 de agosto  6 a 29 de agosto  18 a 26 de setembro  9 de novembro
                                         
 Brasil Corinthians 2 2 4  
 Uruguai Montevideo Wanderers 0 1 1  
   Brasil Corinthians (gf) 0 1 1  
   Brasil Fluminense 0 1 1  
 Uruguai Peñarol 1 1 2
 Brasil Fluminense 2 3 5  
   Brasil Corinthians 0 2 2  
   Equador Independiente del Valle 2 2 4  
 Argentina Independiente (gf) 1 2 3  
 Equador Universidad Católica 0 3 3  
   Argentina Independiente 2 0 2
   Equador Independiente del Valle (gf) 1 1 2  
 Venezuela Caracas 0 0 0
 Equador Independiente del Valle 0 2 2  
   Equador Independiente del Valle 3
   Argentina Colón 1
 Venezuela Zulia (gf) 1 2 3  
 Peru Sporting Cristal 0 3 3  
   Venezuela Zulia 1 0 1
   Argentina Colón 0 4 4  
 Argentina Colón (pen) 0 1 1 (4)
 Argentina Argentinos Juniors 1 0 1 (3)  
   Argentina Colón (pen) 2 1 3 (4)
   Brasil Atlético Mineiro 1 2 3 (3)  
 Brasil Botafogo 0 0 0  
 Brasil Atlético Mineiro 1 2 3  
   Brasil Atlético Mineiro 2 3 5
   Colômbia La Equidad 1 1 2  
 Bolívia Royal Pari 1 1 2
 Colômbia La Equidad 2 2 4  

Final[editar | editar código-fonte]

9 de novembro Independiente del Valle Equador 3 – 1 Argentina Colón Estádio General Pablo Rojas, Assunção
17:30 (UTC−3)
León Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24'
Sánchez Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41'
Dájome Gol marcado aos 90+5 minutos de jogo 90+5'
Relatório Olivera Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88' Árbitro: BrasilBRA Raphael Claus

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Sul-Americana de 2019
Equador
Independiente del Valle
Campeão
(1° título)

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Oficialmente a CONMEBOL não reconhece uma classificação geral de participantes na Copa Sul-Americana. A tabela a seguir classifica as equipes de acordo com a fase alcançada e considerando os critérios de desempate.

Referências

  1. «Final da Libertadores 2019 será em Santiago; Sul-Americana também será decidida em jogo único». GloboEsporte.com. 14 de agosto de 2018. Consultado em 17 de dezembro de 2018 
  2. a b «Asunción será sede de la final única de la CONMEBOL Sudamericana 2019» (em espanhol). CONMEBOL. 9 de maio de 2019. Consultado em 9 de maio de 2019 
  3. «Em final interrompida por chuva, Del Valle bate o Colón e conquista a Copa Sul-Americana». GloboEsporte.com. 9 de novembro de 2019. Consultado em 9 de novembro de 2019 
  4. a b c d «REGLAMENTO CONMEBOL SUDAMERICANA» (PDF) (em espanhol). CONMEBOL. Consultado em 19 de dezembro de 2018 
  5. «Calendário definido para a Libertadores, Sul-Americana e Recopa 2019». CONMEBOL. 16 de agosto de 2018. Consultado em 20 de outubro de 2018 
  6. «Pautas de sorteo de la CONMEBOL Libertadores y CONMEBOL Sudamericana 2019» (em espanhol). CONMEBOL. 17 de dezembro de 2018. Consultado em 17 de dezembro de 2018 
  7. a b «CONMEBOL SUDAMERICANA 2019 – Pauta del Sorteo» (PDF) (em espanhol). CONMEBOL. Consultado em 17 de dezembro de 2018 
  8. a b «Bolilleros listos para el sorteo de Segunda Fase de la CONMEBOL Sudamericana» (em espanhol). CONMEBOL. 10 de maio de 2019. Consultado em 13 de maio de 2019 
  9. «Copa Sudamericana 2019: Goleadores» (em espanhol). CONMEBOL. Consultado em 27 de agosto de 2019 
  10. «Copa Sudamericana 2019: Asistencias» (em espanhol). CONMEBOL. Consultado em 27 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]