Copa Sul-Americana de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Current event marker.png
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis.
Sports icon.png
Copa Sul-Americana de 2020
XIX Copa Sudamericana
CONMEBOL Sudamericana 2020
Conmebol Sudamericana logo.png
Dados
Participantes 54
Organização CONMEBOL
Período 5 de fevereiro7 de novembro
◄◄ 2019 Soccerball.svg 2021 ►►

A Copa CONMEBOL Sul-Americana de 2020 será a 19ª edição da CONMEBOL Sul-Americana (também conhecida como Copa Sudamericana, ou em em português: Copa Sul-Americana), que é o torneio secundário de futebol de clubes da América do Sul organizado pela CONMEBOL .

Em 21 de maio de 2019, a CONMEBOL anunciou que os clubes devem passar por certos requisitos de elegibilidade para competir na Copa Libertadores e na Copa Sul-Americana de 2020. [1] Um dos requisitos originais era que as equipes estivessem na divisão principal de sua associação membro, mas isso foi removido depois que muitas associações declararam que não haviam adaptado os regulamentos de suas competições de qualificação para a Copa Libertadores e Copa Sul-Americana de 2020. [2]

Em 2017, a CONMEBOL propôs que a final da Copa CONMEBOL Sul-americana fosse disputada em uma partida única, ao invés dos dois jogos na casa de cada um dos finalistas. Em 23 de fevereiro de 2018, a confederação confirmou que, a partir da edição de 2019, a final será disputada em jogo único em um local previamente escolhido.[3]A concorrência pela disputa do direito de sediar a final única desta edição ocorreu juntamente com o processo que escolheria a sede da final única da Copa CONMEBOL Libertadores 2020 e se iniciou, com o interesse das primeiras cidades candidatas, por volta do primeiro semestre de 2019. As candidaturas entraram no processo com o objetivo maior de sediar a final da principal competição de clubes da CONMEBOL, a Libertadores, e se destacou o número de candidatas brasileiras a esta eleição. Ao todo foram dez estádios apontados por federações futebolísticas, clubes e pelo poder público de seus respectivos países. Das dez concorrentes, sete estádios e arenas representavam o Brasil, nos quais se situavam em cinco grandes cidades brasileiras: São Paulo (Arena Corinthians e Estádio Cícero Pompeu de Toledo), Rio de Janeiro (Estádio Jornalista Mário Filho - Maracanã), Belo Horizonte (Estádio Governador Magalhães Pinto), Brasília (Estádio Nacional Mané Garrincha) e Porto Alegre (Estádio Beira-Rio e Arena do Grêmio). As outras três candidaturas eram da Argentina e do Peru. A cidade de La Plata, com o Estádio Ciudad de La Plata, e Córdova, com o Estádio Mario Alberto Kempes, representaram a Asociación del Fútbol Argentino na disputa. E Lima, após não cumprir as exigências da CONMEBOL para sediar a primeira final única da Copa CONMEBOL Sul-americana 2019, tentou a eleição no pleito novamente com o seu Estádio Nacional.[4] Às vésperas do dia 17 de outubro; dia em que a sede da final foi anunciada na reunião do Conselho da CONMEBOL, em Luque, no Paraguai; a CONMEBOL divulgou oficialmente a lista das cidades candidatas a sediar a final da CONMEBOL Libertadores 2020 que apresentaram um interesse secundário em sediar também a final da edição 2020 da CONMEBOL Sul-americana. Eram as seguintes cidades: Brasília, Córdova, La Plata e Lima. Nesta mesma data ficou decidido pelos membros do Conselho que a cidade de Córdova irá receber a final da competição em 2020, tendo como palco do jogo o Estádio Mario Alberto Kempes, sendo a primeira vez que a cidade recebe uma final de clubes sul-americanos dentre as duas competições da CONMEBOL (Libertadores e Sul-americana) na história.[5][6][7]

O vencedor da Copa Sul-Americana de 2020 estará garantido na Copa Libertadores de 2021 e ainda ganhará o direito de jogar contra o vencedor da Copa Libertadores de 2020, na Recopa Sul-Americana de 2021. Também jogará a partida da J.League YBC Levain Cup/CONMEBOL Sudamericana Final de 2021, contra o campeão japonês de 2020.[8]

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

As seguintes 44 equipes das 10 associações da CONMEBOL se qualificarão para o torneio, entrando na primeira etapa:

  • Argentina e Brasil: 6 vagas cada
  • Todas as outras associações: 4 vagas cada

Outras 10 equipes eliminadas da Copa Libertadores de 2020 serão transferidas para a Copa Sul-Americana, entrando na segunda etapa .

País Equipe Classificação
 Argentina
(6 vagas)
Atlético Tucumán[ARG1] Mais bem classificado do Campeonato Argentino 2018–19, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Veléz Sarsfield[ARG2] 2º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2018–19, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Independiente [ARG2] 3º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2018–19, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Unión de Santa Fe[ARG2] 4º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2018–19, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Huracán[ARG2] 5º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2018–19, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Lanús[ARG2] 6º mais bem classificado do Campeonato Argentino 2018–19, não classificado para a Copa Libertadores 2020
 Bolívia
(4 vagas)
Bolívia 1 Mais bem classificado do Campeonato Boliviano Futebol 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Bolívia 2 2º mais bem classificado do Campeonato Boliviano Futebol 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Bolívia 3 3º mais bem classificado do Campeonato Boliviano Futebol 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Bolívia 4 Vencedor do play-off para a Sul-Americana do Torneio Apertura 2019
 Brasil
(6 vagas)
Fortaleza 1º colocado no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019 que não conseguiu o acesso para Copa Libertadores de 2020
Goiás 2º colocado no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019 que não conseguiu o acesso para Copa Libertadores de 2020
Bahia 3° colocado no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019 que não conseguiu o acesso para Copa Libertadores de 2020
Atlético Mineiro 4º colocado no Campeonato Brasileiro de 2019 que não conseguiu o acesso para Copa Libertadores de 2020
Vasco da Gama 5º colocado no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019 que não conseguiu o acesso para Copa Libertadores de 2020
Botafogo [BRA 1] 6º colocado no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019 que não conseguiu o acesso para Copa Libertadores de 2020
 Chile
(4 vagas)
Chile 1[a] Mais bem colocado do Campeonato Chileno 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Coquimbo Unido 2° classificado do Campeonato Chileno 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Huachipato 3º mais bem classificado do Campeonato Chileno 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Audax Italiano 4º mais bem classificado do Campeonato Chileno 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
 Colômbia
(4 vagas)
Deportivo Cali Mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Atlético Nacional 2º mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Millonarios 3º mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Deportivo Pasto 4º mais bem classificado do Campeonato Colombiano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Equador
(4 vagas)
Equador 1 Mais bem classificado do Campeonato Equatoriano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Equador 2 2º mais bem classificado do Campeonato Equatoriano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Emelec 3º mais bem classificado do Campeonato Equatoriano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Equador 4 4º mais bem classificado do Campeonato Equatoriano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020 ou Campeão da Copa do Equador de 2018-19
 Paraguai
(4 vagas)
Paraguai 1 Mais bem classificado do Campeonato Paraguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Paraguai 2 2º mais bem classificado do Campeonato Paraguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Paraguai 3 3º mais bem classificado do Campeonato Paraguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Paraguai 4 [b] 4º mais bem classificado do Campeonato Paraguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
 Peru
(4 vagas)
Sport Huancayo Mais bem classificado do Campeonato Peruano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Melgar 2º mais bem classificado do Campeonato Peruano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Real Garcilaso 3º mais bem classificado do Campeonato Peruano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Atlético Grau Campeão da Copa Bicentenario de 2019
Uruguai
(4 vagas)
Liverpool Mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Plaza Colonia 2º mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
River Plate 3º mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Fénix 4º mais bem classificado do Campeonato Uruguaio 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
 Venezuela
(4 vagas)
Zamora Campeão da Copa Venezuela 2019
Mineros de Guayana Vice-campeão do Torneio Apertura 2019
Llaneros [c] Mais bem classificado do Campeonato Venezuelano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020
Aragua 2° mais bem classificado do Campeonato Venezuelano 2019, não classificado para a Copa Libertadores 2020

Adicionalmente, dez equipes eliminadas da Copa Libertadores da América de 2020 foram transferidas para a Copa Sul-Americana, entrando a partir da segunda fase.

Melhores equipes eliminadas na terceira fase
Equipes terceiro colocadas na fase de grupos

EQUIPES CLASSIFICADAS ainda sem posição definida:

  • Argentina (ARG):
    1. ^ O Atlético Tucumán ainda pode se classificar para a Copa Libertadores 2020, caso o River Plate se consagre campeão da Copa Argentina 2018-19.
    2. ^ O Lanús, o Independiente, o Veléz Sarsfield, o Unión e o Huracán podem se qualificar para uma vaga mais alta da Argentina
  • Chile (CHI): O Coquimbo Unido, o Huachipato e o Audax Italiano podem subir uma vaga das que são destinadas ao país.
  • Brasil (BRA): Fluminense ainda possui chances de ultrapassar Botafogo na tabela do Brasileirão 2019 e conquistar a vaga.
  • Equador (EQU): A vaga Equador 4 já estava destinada a LDU (Campeã da Copa do Equador de 2018-19), mas a equipe ainda pode se classificar para a Copa Libertadores 2020. Caso isso ocorra, a vaga será destinada a equipe com a quarta melhor pontuação do campeonato nacional ainda não classificada a Copa Libertadores 2020.

Notas

[a]: ^ A vaga Chile 1 está indefinida até o momento, porém a equipe que apresenta a melhor campanha no campeonato nacional e ainda não se classificou para a Copa Libertadores 2020 é o Unión La Calera. Caso a Copa Chile de 2019 não se encerre, por decisão da ANFP, a equipe se classificará automaticamente a Libertadores e abrirá uma vaga pela classificação do seu campeonato nacional.[9]

[b]: ^ A vaga Paraguai 4 estava destinada ao Campeão da Copa do Paraguai 2019, mas as equipes finalistas (Libertad e Guaraní) se classificaram a Copa Libertadores 2020 por obterem as melhores campanhas na tabla general do campeonato nacional de 2019. Com isso, a quarta equipe colocada nessa classificação estará automaticamente na Copa Sul-americana 2020.

[c]: ^ A vaga ocupada pela equipe do Llaneros, da Venezuela, estava inicialmente destinada ao Vice-Campeão do Torneio Clausura de 2019. Porém as equipes finalistas do torneio (Deportivo Táchira e Caracas) já estavam previamente classificadas a Copa Libertadores de 2020 por obterem as melhores campanhas na tabla general do seu campeonato nacional. Abre-se então mais uma vaga na Venezuela pelo Campeonato Venezuelano de 2019, tendo apurado a equipe com a segunda melhor pontuação geral ainda não classificada para a Copa Libertadores 2020.

Calendário[editar | editar código-fonte]

O Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdova, na Argentina, será o palco da grande final da competição.

O calendário de cada fase foi divulgado em 13 de junho de 2019 e compreende as seguintes datas:[10]

Fase Data do sorteio Ida Volta
Primeira fase 17 de dezembro de 2019 4–6 de fevereiro de 2020
11–13 de fevereiro de 2020
18–20 de fevereiro de 2020
25–27 de fevereiro de 2020
Segunda fase 13 de maio de 2020 19–21 de maio de 2020 26–28 de maio de 2020
Oitavas de final 21–23 de julho de 2020 28–30 de julho de 2020
Quartas de final 18–20 de agosto de 2020 25–27 de agosto de 2020
Semifinais 22–24 de setembro de 2020 29 de setembro – 1 de outubro de 2020
Final 7 de novembro de 2020 no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio da primeira fase será realizado em 17 de dezembro de 2019, no Centro de Convenções da CONMEBOL em Luque, no Paraguai. Nesse mesmo dia as Fases preliminares e a Fase de grupos da Copa Libertadores de 2020 serão sorteadas.

A distribuição das equipes através dos potes seguirá um critério geográfico, sendo que no pote 1 se encontraram as equipes da "zona sul" (Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai) e no pote 2 as equipes da "zona norte" (Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela):

Pote 1 Pote 2
Primeira fase

Para a segunda fase, onde entrarão as equipes transferidas da Copa Libertadores da América de 2020, será realizado um novo sorteio em 13 de maio de 2020, após a conclusão da primeira fase, também em Luque.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase será disputada por 44 equipes, em partidas eliminatórias em ida e volta. Em caso de empate no placar agregado, a regra do gol fora de casa será considerada e, persistindo a igualdade, a vaga será definida na disputa por pênaltis.

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
E1 Flag of None.svg Flag of None.svg
E2 Flag of None.svg Flag of None.svg
E3 Flag of None.svg Flag of None.svg
E4 Flag of None.svg Flag of None.svg
E5 Flag of None.svg Flag of None.svg
E6 Flag of None.svg Flag of None.svg
E7 Flag of None.svg Flag of None.svg
E8 Flag of None.svg Flag of None.svg
E9 Flag of None.svg Flag of None.svg
E10 Flag of None.svg Flag of None.svg
E11 Flag of None.svg Flag of None.svg
E12 Flag of None.svg Flag of None.svg
E13 Flag of None.svg Flag of None.svg
E14 Flag of None.svg Flag of None.svg
E15 Flag of None.svg Flag of None.svg
E16 Flag of None.svg Flag of None.svg
E17 Flag of None.svg Flag of None.svg
E18 Flag of None.svg Flag of None.svg
E19 Flag of None.svg Flag of None.svg
E20 Flag of None.svg Flag of None.svg
E21 Flag of None.svg Flag of None.svg
E22 Flag of None.svg Flag of None.svg

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

A segunda fase será disputada pelas 22 equipes classificadas da fase anterior mais as dez equipes transferidas da Copa Libertadores, em partidas eliminatórias em ida e volta. Em caso de empate no placar agregado, a regra do gol fora de casa será considerada e, persistindo a igualdade, a vaga será definida na disputa por pênaltis.

Equipes classificadas

Equipes classificadas da primeira fase

Melhores equipes eliminadas na terceira fase da Copa Libertadores da América de 2020

Equipes terceiro colocadas na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2020

Chave Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
O1 Flag of None.svg Flag of None.svg
O2 Flag of None.svg Flag of None.svg
O3 Flag of None.svg Flag of None.svg
O4 Flag of None.svg Flag of None.svg
O5 Flag of None.svg Flag of None.svg
O6 Flag of None.svg Flag of None.svg
O7 Flag of None.svg Flag of None.svg
O8 Flag of None.svg Flag of None.svg
O9 Flag of None.svg Flag of None.svg
O10 Flag of None.svg Flag of None.svg
O11 Flag of None.svg Flag of None.svg
O12 Flag of None.svg Flag of None.svg
O13 Flag of None.svg Flag of None.svg
O14 Flag of None.svg Flag of None.svg
O15 Flag of None.svg Flag of None.svg
O16 Flag of None.svg Flag of None.svg

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Erro de citação: Existem elementos <ref> para um grupo chamado "BRA", mas não foi encontrado nenhum <references group="BRA"/> correspondente (ou falta um elemento de fecho </ref>)