Copa do Brasil de Futebol de 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
XXXIV Copa do Brasil de Futebol
Copa Intelbras do Brasil de 2022
Dados
Participantes 92
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 22 de fevereiro19 de outubro
Gol(o)s 253
Partidas 112
Média 2,26 gol(o)s por partida
Maior goleada
(diferença)
Sergipe 0–5 Cruzeiro
Estádio BatistãoAracaju
23 de fevereiro, primeira fase
◄◄ 2021 Soccerball.svg 2023 ►►

A Copa do Brasil de 2022 (por questões de patrocínio Copa Intelbras do Brasil)[1] é a 34ª edição dessa competição brasileira de futebol organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

Estaduais, copas e seletivas[editar | editar código-fonte]

Estado Clube Forma de Entrada
Acre Acre Rio Branco-AC Campeão do Estadual 2021
Humaitá Vice-campeão do Estadual 2021
Alagoas Alagoas CSA Campeão do Estadual 2021
CRB Vice-campeão do Estadual 2021
ASA Vencedor da seletiva para a Copa do Brasil
Amapá Amapá Trem Campeão do Estadual 2021
Amazonas Amazonas Manaus Campeão do Estadual 2021
São Raimundo-AM Vice-campeão do Estadual 2021
Bahia Bahia Atlético de Alagoinhas Campeão do Estadual 2021
Bahia de Feira Vice-campeão do Estadual 2021
Juazeirense 3º colocado do Estadual 2021
Ceará Ceará Ceará Vice-campeão do Estadual 2021
Ferroviário Campeão da primeira fase do Estadual 2021
Icasa Campeão da Copa Fares Lopes de 2021
Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Brasiliense Campeão do Metropolitano 2021
Ceilândia Vice-campeão do Metropolitano 2021
Espírito Santo (estado) Espírito Santo Real Noroeste Campeão do Estadual 2021
Nova Venécia Campeão da Copa Espírito Santo de 2021
Goiás Goiás Grêmio Anápolis Campeão do Estadual 2021
Vila Nova Vice-campeão do Estadual 2021
Atlético Goianiense 3º colocado do Estadual 2021
Maranhão Maranhão Sampaio Corrêa Campeão do Estadual 2021
Moto Club Vice-campeão do Estadual 2021
Tuntum Campeão da Copa FMF de 2021
Mato Grosso Mato Grosso Cuiabá Campeão do Estadual 2021
Operário VG Vice-campeão do Estadual 2021
União Rondonópolis Campeão da Copa FMF de 2021
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul Costa Rica Campeão do Estadual 2021
Minas Gerais Minas Gerais Tombense 3º colocado do Estadual 2021
Cruzeiro 4º colocado do Estadual 2021
Pouso Alegre Campeão do Troféu Inconfidência
URT Vice-campeão do Troféu Inconfidência
Pará Pará Paysandu Campeão do Estadual 2021
Tuna Luso Vice-campeão do Estadual 2021
Castanhal 4º colocado do Estadual 2021
Paraíba Paraíba Campinense Campeão do Estadual 2021
Sousa Vice-campeão do Estadual 2021
Paraná Paraná Londrina Campeão do Estadual 2021
FC Cascavel Vice-campeão do Estadual 2021
Operário-PR 3º colocado do Estadual 2021
Azuriz 5º colocado do Estadual 2021
Pernambuco Pernambuco Náutico Campeão do Estadual 2021
Sport Vice-campeão do Estadual 2021
Salgueiro 3º colocado do Estadual 2021
Piauí Piauí Altos Campeão do Estadual 2021
Fluminense-PI Vice-campeão do Estadual 2021
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Portuguesa-RJ 3º colocado do Estadual 2021
Volta Redonda 4º colocado do Estadual 2021
Vasco da Gama Campeão da Taça Rio 2021
Nova Iguaçu 7º colocado do Estadual 2021
Maricá Vice-campeão da Copa Rio de 2021
Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte Globo Campeão do Estadual 2021
ABC Vice-campeão do Estadual 2021
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Grêmio Campeão do Estadual 2021
Internacional Vice-campeão do Estadual 2021
Juventude 3º colocado do Estadual 2021
Glória Campeão da Copa FGF 2021
Rondônia Rondônia Porto Velho Campeão do Estadual 2021
Roraima Roraima São Raimundo-RR Campeão do Estadual 2021
Santa Catarina Santa Catarina Avaí Campeão do Estadual 2021
Chapecoense Vice-campeão do Estadual 2021
Figueirense Campeão da Copa Santa Catarina de 2021
São Paulo São Paulo São Paulo Campeão do Estadual 2021
Mirassol 4º colocado do Estadual 2021
Ferroviária 6º colocado do Estadual 2021
Novorizontino Campeão do Troféu do Interior de 2021
Botafogo-SP Vice-campeão da Copa Paulista 2021
Sergipe Sergipe Sergipe Campeão do Estadual 2021
Lagarto Vice-campeão do Estadual 2021
Tocantins Tocantins Tocantinópolis Campeão do Estadual 2021

Classificados diretamente à terceira fase[editar | editar código-fonte]

Estado Clube Forma de classificação
Bahia Bahia Bahia Campeão da Copa do Nordeste 2021
Ceará Ceará Fortaleza 4º colocado do Campeonato Brasileiro 2021
Minas Gerais Minas Gerais América Mineiro 8º colocado do Campeonato Brasileiro 2021
Atlético Mineiro Campeão do Campeonato Brasileiro 2021 e da Copa do Brasil 2021
Pará Pará Remo Campeão da Copa Verde 2021
Paraná Paraná Athletico Paranaense Campeão da Copa Sul-Americana 2021
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Botafogo Campeão da Série B 2021
Flamengo Vice-campeão do Campeonato Brasileiro 2021
Fluminense 7º colocado do Campeonato Brasileiro 2021
São Paulo São Paulo Corinthians 5º colocado do Campeonato Brasileiro 2021
Palmeiras Campeão da Copa Libertadores 2021
Red Bull Bragantino 6º colocado do Campeonato Brasileiro 2021

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

Com a definição dos 70 representantes das federações estaduais e dos doze representantes classificados diretamente à terceira fase, mais dez clubes se classificam diretamente via Ranking de Clubes da CBF de 2022.

Pos. Clube Pontos
São Paulo Santos 12 816
23° Goiás Goiás 6 628
25° Bahia Vitória 5 913
26° Paraná Coritiba 5 858
29° São Paulo Ponte Preta 5 200
33° Paraná Paraná 4 046
35° São Paulo Guarani 3 865
36° Santa Catarina Criciúma 3 858
37° Rio Grande do Sul Brasil de Pelotas 3 835
43° São Paulo Oeste 3 098

Notas

Calendário[editar | editar código-fonte]

Um calendário preliminar foi divulgado pela CBF em 4 de novembro de 2021, e o definitivo, em 27 de dezembro de 2021. Compreende as seguintes datas:[2][3]

Fase Jogo único
Primeira fase Semana 1: 23 e 24 de fevereiro
Semana 2: 2 e 3 de março
Segunda fase Semana 1: 8 a 10 de março
Semana 2: 15 a 17 de março
Semana 3: 23 de março
Fase Ida Volta
Terceira fase 20 de abril 11 de maio
Oitavas de final 22 de junho 13 de julho
Quartas de final 27 de julho 17 de agosto
Semifinais 24 de agosto 14 de setembro
Finais 12 de outubro 19 de outubro

Fases iniciais[editar | editar código-fonte]

Sorteio[editar | editar código-fonte]

Os 80 clubes classificados para a competição foram divididos em oito potes (A a H) com dez clubes cada, de acordo com Ranking da CBF. A partir daí, os cruzamentos entre os potes foram os seguintes: A x E; B x F; C x G e D x H. A primeira fase foi realizada em partida única, com a equipe pior colocada no ranking jogando em casa e a melhor tendo a vantagem do empate. O sorteio ocorreu em 17 de janeiro, às 13h, na sede da CBF.[4]

Potes do sorteio[editar | editar código-fonte]

Entre parênteses, a classificação do clube no Ranking da CBF
Primeira Fase
Pote A Pote B Pote C Pote D
Pote E Pote F Pote G Pote H

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase foi disputada por 80 equipes, em partida única. As equipes mais bem sucedidas no ranking da CBF foram as visitantes e tiveram a vantagem do empate. Os confrontos dessa fase foram definidos através do sorteio.

Em itálico, as equipes que possuem o mando de campo no confronto e em negrito as equipes classificadas.
Equipe 1   Resultado   Equipe 2
Moto Club Maranhão 3–2 Santa Catarina Chapecoense
Icasa Ceará 0–0 Minas Gerais Tombense
Bahia de Feira Bahia 2–5 Paraná Coritiba
Pouso Alegre Minas Gerais 2–0 Paraná Paraná
Mirassol São Paulo 3–2 Rio Grande do Sul Grêmio
Azuriz Paraná 1–0 São Paulo Botafogo-SP
URT Minas Gerais 1–1 Santa Catarina Avaí
Ceilândia Distrito Federal (Brasil) 2–0 Paraná Londrina
União Rondonópolis Mato Grosso 0−3 Goiás Atlético Goianiense
Nova Venécia Espírito Santo (estado) 2−1 Ceará Ferroviário
Porto Velho Rondônia 1–2 Rio Grande do Sul Juventude
Real Noroeste Espírito Santo (estado) 2–1 Paraná Operário-PR
Ferroviária São Paulo 0–1 Rio de Janeiro Vasco da Gama
Grêmio Anápolis Goiás 0−0 Bahia Juazeirense
Atlético de Alagoinhas Bahia 1–1 Alagoas CSA
Trem Amapá 0–3 Pará Paysandu
São Raimundo-RR Roraima 0–3 Ceará Ceará
Tuna Luso Pará 1–0 São Paulo Novorizontino
ASA Alagoas 0–2 Mato Grosso Cuiabá
Lagarto Sergipe 0–0 Santa Catarina Figueirense
Altos Piauí 1–0 Pernambuco Sport
Costa Rica Mato Grosso do Sul 0−3 Rio Grande do Norte ABC
Sousa Paraíba 1–1 Goiás Goiás
Nova Iguaçu Rio de Janeiro 0–0 Santa Catarina Criciúma
Globo Rio Grande do Norte 2–0 Rio Grande do Sul Internacional
Humaitá Acre 2−2 Distrito Federal (Brasil) Brasiliense
Rio Branco-AC Acre 0−0 Goiás Vila Nova
Maricá Rio de Janeiro 0–1 São Paulo Guarani
Sergipe Sergipe 0–5 Minas Gerais Cruzeiro
Tuntum Maranhão 4–2 Rio de Janeiro Volta Redonda
Portuguesa-RJ Rio de Janeiro 1–0 Alagoas CRB
Operário VG Mato Grosso 1–2 Maranhão Sampaio Corrêa
Campinense Paraíba 0−0 São Paulo São Paulo
São Raimundo-AM Amazonas 0–1 Amazonas Manaus
FC Cascavel Paraná 1–0 São Paulo Ponte Preta
Tocantinópolis Tocantins 1–0 Pernambuco Náutico
Salgueiro Pernambuco 0–3 São Paulo Santos
Fluminense-PI Piauí 2–0 São Paulo Oeste
Castanhal Pará 1–1 Bahia Vitória
Glória Rio Grande do Sul 1–0 Rio Grande do Sul Brasil de Pelotas

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

A segunda fase será disputada pelas 40 equipes vencedoras da fase anterior, em partida única. Em caso de empate a vaga será decidida na disputa por pênaltis. Os confrontos desta fase seguirão os chaveamentos predeterminados na fase anterior.

Em itálico, as equipes que possuem o mando de campo no confronto e em negrito as equipes classificadas.
Equipe 1   Resultado   Equipe 2
Moto Club Maranhão 1–1 (2−4 p) Minas Gerais Tombense
Pouso Alegre Minas Gerais 1–1 (2−3 p) Paraná Coritiba
Azuriz Paraná 1–0 São Paulo Mirassol
Avaí Santa Catarina 1–2 Distrito Federal (Brasil) Ceilândia
Atlético Goianiense Goiás 2−1 Espírito Santo (estado) Nova Venécia
Real Noroeste Espírito Santo (estado) 0–1 Rio Grande do Sul Juventude
Juazeirense Bahia 1–1 (4−2 p) Rio de Janeiro Vasco da Gama
CSA Alagoas 4–1 Pará Paysandu
Ceará Ceará 2–0 Pará Tuna Luso
Figueirense Santa Catarina 2−2 (2−4 p) Mato Grosso Cuiabá
ABC Rio Grande do Norte 1–1 (2−4 p) Piauí Altos
Goiás Goiás 1–0 Santa Catarina Criciúma
Globo Rio Grande do Norte 1–1 (1−4 p) Distrito Federal (Brasil) Brasiliense
Guarani São Paulo 2–2 (4−5 p) Goiás Vila Nova
Tuntum Maranhão 0–3 Minas Gerais Cruzeiro
Portuguesa-RJ Rio de Janeiro 2−0 Maranhão Sampaio Corrêa
São Paulo São Paulo 2–0 Amazonas Manaus
Tocantinópolis Tocantins 2–0 Paraná FC Cascavel
Fluminense-PI Piauí 1−1 (4−5 p) São Paulo Santos
Vitória Bahia 2−0 Rio Grande do Sul Glória

Terceira fase[editar | editar código-fonte]

Foi disputada pelas 20 equipes vencedoras da fase anterior mais os 12 clubes que entram diretamente nessa fase. Em caso de empate a vaga foi decidida na disputa por pênaltis. Os 32 clubes classificados foram divididos em dois blocos de acordo com a posição do Ranking da CBF e definidos em sorteio público.

Pote 1 Pote 2
Rio de Janeiro Flamengo (1)
São Paulo Palmeiras (2)
Minas Gerais Atlético Mineiro (3)
Paraná Athletico Paranaense (5)
São Paulo Santos (6)
São Paulo São Paulo (7)
Rio de Janeiro Fluminense (9)
São Paulo Corinthians (10)
Ceará Fortaleza (11)
Bahia Bahia (12)
Ceará Ceará (13)
Minas Gerais Cruzeiro (14)
Minas Gerais América Mineiro (15)
Goiás Atlético Goianiense (17)
Rio de Janeiro Botafogo (18)
São Paulo Red Bull Bragantino (20)
Mato Grosso Cuiabá (22)
Goiás Goiás (23)
Rio Grande do Sul Juventude (24)
Bahia Vitória (25)
Paraná Coritiba (26)
Alagoas CSA (30)
Goiás Vila Nova (31)
Pará Remo (42)
Minas Gerais Tombense (49)
Bahia Juazeirense (59)
Distrito Federal (Brasil) Brasiliense (63)
Piauí Altos (66)
Rio de Janeiro Portuguesa-RJ (122)
Tocantins Tocantinópolis (146)
Distrito Federal (Brasil) Ceilândia (169)
Paraná Azuriz (—)
Em itálico, as equipes que possuem o mando de campo no primeiro jogo e em negrito as equipes classificadas.
Equipe 1   Total   Equipe 2   1º jogo   2º jogo
Goiás Goiás 2–2 (9−8 p) São Paulo Red Bull Bragantino 1–2 1–0
Atlético Goianiense Goiás 1–1 (5−3 p) Mato Grosso Cuiabá 1–1 0–0
Tombense Minas Gerais 0–4 Ceará Ceará 0–2 0–2
Fluminense Rio de Janeiro 5–2 Goiás Vila Nova 3–2 2–0
Bahia Bahia 1–1 (4−3 p) Paraná Azuriz 0–0 1–1
Juventude Rio Grande do Sul 2–4 São Paulo São Paulo 2–2 0–2
Portuguesa-RJ Rio de Janeiro 1–3 São Paulo Corinthians 1–1 0–2
Ceilândia Distrito Federal (Brasil) 0–6 Rio de Janeiro Botafogo 0–3 0–3
Atlético Mineiro Minas Gerais 4–0 Distrito Federal (Brasil) Brasiliense 3–0 1–0
Fortaleza Ceará 4–0 Bahia Vitória 3–0 1–0
Tocantinópolis Tocantins 2–9 Paraná Athletico Paranaense 2–5 0–4
Palmeiras São Paulo 4–2 Bahia Juazeirense 2–1 2–1
CSA Alagoas 0–5 Minas Gerais América Mineiro 0–3 0–2
Remo Pará 2–2 (4−5 p) Minas Gerais Cruzeiro 2–1 0–1
Altos Piauí 1–4 Rio de Janeiro Flamengo 1–2 0–2
Coritiba Paraná 1–3 São Paulo Santos 1–0 0–3

Fase final[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final[editar | editar código-fonte]

As oitavas de final será disputadas pelas 16 equipes pré-classificadas com os confrontos definidos em sorteio. Serão partidas eliminatórias de ida e volta. Em caso de empate no placar agregado, a vaga será definida na disputa por pênaltis.

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio das oitavas de final foi realizado em 7 de junho de 2022, após o término da terceira fase, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.[5]

Nesta fase, todas as 16 (dezesseis) equipes classificadas para as oitavas de final foram colocadas em pote único, sem restrição de cruzamentos.

Pote único
Rio de Janeiro Flamengo (1)
São Paulo Palmeiras (2)
Minas Gerais Atlético Mineiro (3)
Paraná Athletico Paranaense (5)
São Paulo Santos (6)
São Paulo São Paulo (7)
Rio de Janeiro Fluminense (9)
São Paulo Corinthians (10)
Ceará Fortaleza (11)
Bahia Bahia (12)
Ceará Ceará (13)
Minas Gerais Cruzeiro (14)
Minas Gerais América Mineiro (15)
Goiás Atlético Goianiense (17)
Rio de Janeiro Botafogo (18)
Goiás Goiás (23)

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que possuem o mando de campo no primeiro jogo confronto e em negrito as equipes classificadas.
Equipe 1   Total   Equipe 2   1º jogo   2º jogo
Corinthians São Paulo 4–1 São Paulo Santos 4–0 0–1
São Paulo São Paulo 2–2 (4−3 p) São Paulo Palmeiras 1–0 1–2
Bahia Bahia 2–4 Paraná Athletico Paranaense 1–2 1–2
Atlético Goianiense Goiás 3–0 Goiás Goiás 0–0 3–0
Fortaleza Ceará 2–1 Ceará Ceará 2–0 0–1
Fluminense Rio de Janeiro 5–1 Minas Gerais Cruzeiro 2–1 3–0
América Mineiro Minas Gerais 5–0 Rio de Janeiro Botafogo 3–0 2–0
Atlético Mineiro Minas Gerais 2–3 Rio de Janeiro Flamengo 2–1 0–2

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio das quartas de final foi realizado após o término das oitavas de final, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, em 19 de julho de 2022.[6]

Nesta fase, assim como na fase anterior, não houve separação de potes. Todas as 8 (oito) equipes vencedoras das oitavas de final foram colocadas em pote único, sem restrição de cruzamentos.

Pote único
Rio de Janeiro Flamengo (1)
Paraná Athletico Paranaense (5)
São Paulo São Paulo (7)
Rio de Janeiro Fluminense (9)
São Paulo Corinthians (10)
Ceará Fortaleza (11)
Minas Gerais América Mineiro (15)
Goiás Atlético Goianiense (17)

Tabela até a final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito as equipes classificadas.

Quartas de final Semifinais Final
 27 de julho a 18 de agosto  24 de agosto a 14 de setembro  12 e 19 de outubro
                                     
 Goiás Atlético Goianiense 2  
 São Paulo Corinthians 0  
   Flag of None.svg A definir  
   Flag of None.svg A definir  
 Ceará Fortaleza 0
 Rio de Janeiro Fluminense 1  
   Flag of None.svg A definir
   Flag of None.svg A definir
 São Paulo São Paulo 1  
 Minas Gerais América Mineiro 0  
   Flag of None.svg A definir
   Flag of None.svg A definir
 Rio de Janeiro Flamengo 0
 Paraná Athletico Paranaense 0

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Gols[7] Jogador Equipe
4 Brasil Edu Cruzeiro
Argentina Germán Cano Fluminense
Brasil Vinícius Ceará

Hat-tricks[editar | editar código-fonte]

Jogador Clube Adversário Placar Data Ref.
Brasil Eduardo Sasha Atlético Mineiro Brasiliense 3–0 (C) 20 de abril [8]

Público[editar | editar código-fonte]

Maiores públicos

Estes são os dez maiores públicos do campeonato:

Público[nota 1] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada Ref.
1 62 624 Flamengo Rio de Janeiro 2–0 Minas Gerais Atlético Mineiro Maracanã 13 de julho Oitavas [9]
2 59 564 Flamengo Rio de Janeiro 0–0 Paraná Athletico Paranaense Maracanã 27 de julho Quartas [10]
3 52 799 Cruzeiro Minas Gerais 0–3 Rio de Janeiro Fluminense Mineirão 12 de julho Oitavas [11]
4 51 297 São Paulo São Paulo 1–0 Minas Gerais América Mineiro Morumbi 28 de julho Quartas [12]
5 48 474 Ceará Ceará 1–0 Ceará Fortaleza Arena Castelão 13 de julho Oitavas [13]
6 46 568 Atlético Mineiro Minas Gerais 2–1 Rio de Janeiro Flamengo Mineirão 22 de junho Oitavas [14]
7 43 521 Fluminense Rio de Janeiro 2–1 Minas Gerais Cruzeiro Maracanã 23 de junho Oitavas [15]
8 41 361 Palmeiras São Paulo 2–1 São Paulo São Paulo Allianz Parque 14 de julho Oitavas [16]
9 40 316 Corinthians São Paulo 4–0 São Paulo Santos Neo Química Arena 22 de junho Oitavas [17]
10 38 201 São Paulo São Paulo 1–0 São Paulo Palmeiras Morumbi 23 de junho Oitavas [18]

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Oficialmente, a CBF não reconhece uma classificação geral na Copa do Brasil. A tabela a seguir classifica as equipes de acordo com a fase alcançada e considerando os critérios de desempate.

Notas e referências

Notas

  1. Considera-se apenas o público pagante.

Referências

  1. «Intelbras compra naming rights da Copa do Brasil 2021 e 2022 - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 15 de março de 2021 
  2. «CBF apresenta calendário do futebol brasileiro em 2022». CBF. 4 de novembro de 2021. Consultado em 28 de dezembro de 2021 
  3. «Copa do Brasil conhece datas e modelo de disputa em 2022; final será em outubro». ge. 27 de dezembro de 2021. Consultado em 28 de dezembro de 2021 
  4. «Sorteio define primeiros confrontos da Copa Intelbras do Brasil 2022 no dia 17 de janeiro». CBF. 5 de janeiro de 2022. Consultado em 5 de janeiro de 2022 
  5. «Copa Intelbras do Brasil 2022: Sorteio das Oitavas será no próximo dia 7». CBF. 31 de janeiro de 2022. Consultado em 31 de janeiro de 2022 
  6. «Sorteio define confrontos das quartas de final da Copa Intelbras do Brasil». CBF. 19 de julho de 2022. Consultado em 19 de julho de 2022 
  7. «COPA DO BRASIL MASCULINO - 2022 – ESTATÍSTICAS – Artilharia». CBF. Consultado em 14 de julho de 2022 
  8. «Com hat-trick de Eduardo Sasha, Atlético-MG vence Brasiliense e abre larga vantagem». ge. 20 de abril de 2022. Consultado em 21 de abril de 2022 
  9. «Boletim Financeiro: Flamengo 2x0 Atlético-MG» (PDF). CBF. 13 de julho de 2022. Consultado em 21 de julho de 2022 
  10. «Flamengo 0 x 0 Athletico: gols perdidos, pedido de pênalti e expulsão de David Luiz». CBF. 27 de julho de 2022. Consultado em 28 de julho de 2022 
  11. «Boletim Financeiro: Cruzeiro 0x3 Fluminense» (PDF). CBF. 12 de julho de 2022. Consultado em 21 de julho de 2022 
  12. «São Paulo faz o básico e vence América-MG pelo placar mínimo na ida das quartas da Copa do Brasil». Lance!. 28 de julho de 2022. Consultado em 29 de julho de 2022 
  13. «Boletim Financeiro: Ceará 1x0 Fortaleza» (PDF). CBF. 13 de julho de 2022. Consultado em 21 de julho de 2022 
  14. «Boletim Financeiro: Atlético-MG 2x1 Flamengo» (PDF). CBF. 22 de junho de 2022. Consultado em 14 de julho de 2022 
  15. «Boletim Financeiro: Fluminense 2x1 Cruzeiro» (PDF). CBF. 23 de junho de 2022. Consultado em 14 de julho de 2022 
  16. «Boletim Financeiro: Palmeiras 2x1 São Paulo» (PDF). CBF. 14 de julho de 2022. Consultado em 21 de julho de 2022 
  17. «Boletim Financeiro: Corinthians 4x0 Santos» (PDF). CBF. 22 de junho de 2022. Consultado em 14 de julho de 2022 
  18. «Boletim Financeiro: São Paulo 1x0 Palmeiras» (PDF). CBF. 23 de junho de 2022. Consultado em 14 de julho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • «Tabela». Confederação Brasileira de Futebol (CBF)