Copa do Mundo FIFA de 2030

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sports icon.png
Este artigo ou seção contém informações sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. O conteúdo pode mudar drasticamente à medida que novas informações estiverem disponíveis.
Copa do Mundo FIFA de 2030
2030 FIFA World Cup
Dados
Participantes 48
◄◄ 2026 Canadá / Estados Unidos / México Soccerball.svg Flag of None.svg 2034 ►►

A Copa do Mundo FIFA de 2030 será a vigésima quarta edição deste evento esportivo quadrienal. O mesmo marcará o centenário deste torneio internacional de futebol masculino, cuja organização é da Federação Internacional de Futebol (FIFA).

A primeira edição deste evento foi celebrada no Uruguai, em 1930.

Formato[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2015 o então presidente da UEFA, Michel Platini, sugeriu a expansão da Copa para quarenta seleções,[1][2] uma ideia que o presidente da FIFA, Gianni Infantino, também havia sugerido em março de 2016.[3] O desejo de aumentar o número de participantes no torneio (a partir do atual formato de trinta e duas seleções) foi anunciado em 4 de outubro de 2016.

Foram consideradas quatro opções de expansão, que estão listadas abaixo (em negrito está a opção escolhida):[4][5]

  • Expansão para 40 seleções (8 grupos com 5 seleções) - 88 jogos
  • Expansão para 40 seleções (10 grupos com 4 seleções) - 76 jogos
  • Expansão para 48 seleções (Playoffs com 32 seleções) - 80 jogos
  • Expansão para 48 seleções (16 grupos com 3 seleções) - 80 jogos

Escolha da sede[editar | editar código-fonte]

Mapa do mundo com todas as seis confederações

O Conselho da FIFA decidiu, em 30 de maio de 2015, que qualquer país poderia concorrer ao processo de escolha da sede desta Copa, desde que sua confederação não tenha sediado a competição anterior por um de seus membros. No caso de 2030, as nações afiliadas da CONCACAF não poderão pleitear receber o evento (pois a citada confederação o sediará em 2026).

Em outubro de 2016, o Conselho da FIFA aprovou o critério geral que os membros associados às confederações que tenham países que sediaram as duas últimas copas (a AFC, pois sediou a Copa de 2022, e a CONCACAF) ficarão inelegíveis para o processo de escolha da sede para o Mundial FIFA de 2030. Contudo, o Conselho da FIFA terá o poder de conceder elegibilidade às federações membros da confederação da penúltima anfitriã da Copa do Mundo FIFA (neste caso, a AFC) e abrir o processo de licitação a todas as interessadas, no caso de nenhuma das propostas recebidas satisfazerem os rigorosos requisitos técnicos e financeiros.[6][7]

Logo oficial da candidatura Uruguai-Argentina-Paraguai, pelo Copa do Mundo FIFA de 2030.

Candidaturas confirmadas[editar | editar código-fonte]

O processo de escolha da sede para esta edição da Copa do Mundo segue em andamento, possuindo algumas candidaturas já confirmadas e listadas abaixo. Estipula-se que o trabalho para se chegar ao anfitrião siga o modelo adotado para o Mundial de 2026, que consistiu em quatro fases.[8]

Pela CONMEBOL[editar | editar código-fonte]

Originalmente, a candidatura era composta por argentinos e uruguaios.[11] Contudo, em agosto de 2017 oficializou-se a entrada dos paraguaios, formando uma campanha tripla para sediar o evento em 2030.[12]

Extra-oficialmente, existiam dois rumores quanto a esta candidatura. Um deles citava as cidades brasileiras de Porto Alegre e Curitiba como sedes de partidas na primeira fase do Mundial de 2030.[13] O outro rumor entoava a possibilidade do Chile unir-se na candidatura de Argentina e Uruguai (à época), para com estes dois países fazer uma campanha tripla pela sede deste evento.[14]

Pela CAF[editar | editar código-fonte]

Após ter sido derrotado na eleição da sede para a Copa do Mundo FIFA de 2026, o Marrocos lançou novamente sua candidatura para receber o evento, desta vez visando-o na edição de 2030.

Interesses em candidaturas (não oficializadas)[editar | editar código-fonte]

Uma campanha que uniria três nações localizadas ao norte da África.

Três das nações que formam o Reino Unido estariam em uma campanha para receber o Mundial da FIFA em 2030.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. staff, Guardian (27 de outubro de 2013). «Michel Platini calls for 40-team World Cup starting with Russia 2018». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  2. «Michel Platini's World Cup expansion plan unlikely - Fifa». BBC Sport (em inglês). 29 de outubro de 2013 
  3. «Infantino suggests 40-team World Cup finals | IOL» 
  4. «FIFA's 5 options for a 2026 World Cup of 48, 40 or 32 teams» (em inglês) 
  5. «Federations 'overwhelmingly in favour' of 48-team World Cup - Infantino». ESPNFC.com 
  6. FIFA.com (14 de outubro de 2016). «FIFA Council discusses vision for the future of football». FIFA.com (em inglês) 
  7. «FIFA blocks Europe from hosting 2026 World Cup, lifting Canada's chances». CBC Sports (em inglês) 
  8. FIFA.com (10 de maio de 2017). «FIFA Council agrees on four-phase bidding process for 2026 FIFA World Cup». FIFA.com (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2018. 
  9. «Argentina,Paraguai e Uruguai se candidataram para a Copa de 2030». Esporte IG. 4 de outubro de 2017. Consultado em 13 de fevereiro de 2018. 
  10. McMahon, Bobby (4 de outubro de 2017). «Uruguay, Argentina And Paraguay Bid For 2030 FIFA World Cup Finals Will Be Hard To Beat». Forbes (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2018. 
  11. Barreiro, Ramiro (2 de setembro de 2017). «Messi y Suárez apadrinan el Mundial Uruguay Argentina 2030». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 17 de junho de 2018. 
  12. «Es oficial: Paraguay se suma a la candidatura de Argentina y Uruguay para el Mundial 2030». La Nación (em espanhol). 31 de agosto de 2017. Consultado em 17 de junho de 2018. 
  13. «Brasil pode ser uma das sedes da Copa de 2030». Esporte IG. 24 de outubro de 2017. Consultado em 13 de fevereiro de 2018. 
  14. «Mundial 2030 - Chile no se rinde con ser sede». Ovación Digital (em espanhol). 11 de setembro de 2017. Consultado em 17 de junho de 2018. 
  15. François Koundouno, Tamba (14 de junho de 2018). «Morocco Will Bid Again to Host 2030 World Cup». Morocco World News (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2018. 
  16. «Zetchi: Por une coupe du monde ""Algérie-Tunisie-Maroc" en 2030». Algérie Direct (em francês). 13 de junho de 2018. Consultado em 17 de junho de 2018. 
  17. Sweet, Geoff (13 de novembro de 2017). «England amazingly backed by GERMANY in World Cup 2030 bid». The Sun (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2018. 

Ligação externa[editar | editar código-fonte]