Coral de Letras da Universidade do Porto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Coral de Letras da Universidade do Porto (CLUP) é um coro amador, com sede na cidade do Porto, Portugal, dirigido desde a sua fundação, em 1966, por José Luís Borges Coelho. O CLUP tem o apoio da Reitoria da Universidade do Porto.

Repertório[editar | editar código-fonte]

A actividade Coral de Letras da Universidade do Porto alimenta-se, do repertório a cappella de todas as épocas. Mas não deixa de abordar, com alguma frequência, o acervo dos oratórios, das cantatas, da música coral sinfónica, num leque de estilos tão vário e tão distante quanto Jephté, de Carissimi e Dies Irae, de Penderecki, passando por Buxtehude, Bach (várias cantatas, Oratório de Natal,) Haydn (Stabat Mater, A Criação), Bomtempo (Quatro Absolvições, em primeira audição moderna), Beethoven (Nona Sinfonia, de parceria com o Coro do Círculo Portuense de Ópera), Mendelssohn (Sonho de Uma Noite de Verão), Fauré (Requíem), Britten (Cantata Misericordium, The Prodigal Son, War Requiem), Victorino d’Almeida (Sinfonia Concertante), Janacek (A Raposinha Matreira), Fernando Lopes-Graça (Requiem pelas Vítimas do Fascismo em Portugal), Debussy (Sirennes), Mozart (Requiem e Davide Penitente).

É, contudo, a música portuguesa que ocupa, por princípio, o lugar de relevo nos seus programas, assumindo aí especial importância quer a polifonia de autores portugueses, quer a obra de Fernando Lopes-Graça e em particular as Canções Regionais Portuguesas, das quais produziu um número considerável de primeiras audições. Estreou recentemente Motetes para um tempo de Paixão de Eurico Carrapatoso

Outras obras e interpretações[editar | editar código-fonte]

A sua versatilidade é também sublinhada pela disponibilidade com que tem vindo a responder a apelos de outras e muito diversas índoles, traduzindo-se:

Prémios[editar | editar código-fonte]

O CLUP foi premiado em vários festivais internacionais (catorze prémios para seis festivais, desde as classes de solistas às de Grande Coro Misto), designadamente no Teeside, Norte de Inglaterra (1970, 1986, 1990), Llangollen, País de Gales (1981), Limburg, Alemanha e Neuchâtel, Suíça (1987).

Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

O Coral de Letras da Universidade do Porto foi agraciado com a Medalha de Mérito Cultural do Ministério da Cultura.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]