Cornualha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cornualha
—  Condado  —
Horizonte de Cornualha
Bandeira de Cornualha
Bandeira
Localização de Cornualha
Região Sudoeste da Inglaterra
Categoria Condado Cerimonial e Não-metropolitano
Sede Administrativa Truro
Distritos 1. Penwith

2. Kerrier
3. Carrick
4. Restormel
5. Caradon
6. North Cornwall
7. Ilhas Sorlingas (Unitário)

Área
 - Total 3 563 km²
População ( (est. 2008))(39ª posição)
 - Total 534 300
    • Densidade 146/km2 
(posição)
 - Etnias 99% brancos
NUTS UKK30
Código ONS 15
Sítio http://www.cornwall.gov.uk

A Cornualha[1] (em córnico: Kernow [ˈkɛrnɔʊ]; em inglês: Cornwall, em latim: Cornubia ou Cornuvia) é um condado que fica no sudoeste de uma península da Inglaterra, Reino Unido, relacionada historicamente com a região homônima da Cornualha, França. Tem fronteiras com o Oceano Atlântico a norte, ao sul com o Canal da Mancha e a leste com o condado de Devon, depois do rio Tamar. Juntamente com as ilhas Sorlingas, a Cornualha tem uma população de 534 300 habitantes, cobrindo uma área de 3563 km². O centro administrativo, e única cidade, é Truro.[2]

O título tradicional do condado é Ducado da Cornualha, sendo "Duque de Cornualha" um dos títulos do herdeiro do trono britânico.

Rough Tor

História[editar | editar código-fonte]

Em fins do II milénio a.C., houve uma descontinuidade cultural na região indicando uma possível invasão ou imigração. O estanho existente na região era procurado para adicionar cobre e obter bronze. Os galeses já conheciam o processo de extracção de minério.

A área hoje conhecida como Cornualha foi habitada pela primeira vez pelos povos do neolítico e da idade do Bronze e posteriormente, já na idade do Ferro, pelos celtas. A Cornualha é parte da área britónica (céltica) da Grã-Bretanha, separada de Gales após a batalha de Deorham, que entrava comumente em conflito com o reino inglês em expansão de Wessex. Só em 936 d.C. o rei Athelstan viria a definir a fronteira entre os povos inglês e córnico pelo rio Tamar. Hoje, a economia da Cornualha depara-se com o declínio das atividades mineiras e piscatórias, tendo-se tornado mais dependente do turismo. A área é conhecida pelas suas paisagens selvagens, a sua variada e extensa costa e o seu clima ameno.

A Cornualha é lar do povo córnico e da sua diáspora, sendo considerada uma das seis "Nações Celtas" por muitos residentes e académicos. Por ser historicamente habitada por povos celtas, como sua região francesa vizinha, a Bretanha, a mesma língua era falada nos dois lados do Canal da Mancha, mas acabou desenvolvendo dois dialetos diferentes: a língua córnica na ilha e a língua bretã no continente. No entanto, na França, a Cornualha britânica é chamada de "Les Cornouailles", no plural, para distingüir as duas regiões. O condado mantém a sua identidade distinta com a sua história, língua e cultura próprias. Muitos habitantes[quem?] questionam o atual estatuto constitucional da Cornualha, existindo já um movimento autonomista[quem?] em busca de maior independência para a região no seio do Reino Unido.

Língua[editar | editar código-fonte]

A língua autóctone é o córnico, falado atualmente por pouco mais de 3 mil pessoas.

Personalidades[editar | editar código-fonte]

As codas de Falmouth.

Referências

  1. Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos I (Porto: Editora Educação Nacional, Lda.). 
  2. "Cornwall". Wikipedia, the Free Encyclopedia. Consultado em 1 de maio de 2013. 
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Cornualha
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Inglaterra é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.