Coroação de Isabel II do Reino Unido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coroação de Isabel II
Retrato oficial de coroação de Isabel II e o Duque de Edimburgo.
Participantes Família Real
Rei de Armas principal da Jarreteira
Pariato do Reino Unido
bispos da Igreja da Inglaterra
Localização Londres,  Reino Unido
Data 2 de junho de 1953 (63 anos)

A Coroação de Isabel II do Reino Unido ocorreu em 2 de junho de 1953 e marcou o início do reinado de Isabel II como soberana do Reino Unido, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Sri Lanka, Paquistão e das outras nações da Commonwealth.[1] Isabel assumiu o trono britânico aos 25 anos de idade, logo após a morte de seu pai, Jorge VI, em 6 de fevereiro de 1952 e foi proclamada rainha por seus vários conselhos privados e executivos pouco após a cerimônia. A coroação ocorreu pouco mais de um ano após a ascensão de Isabel II por conta da tradição de guardar o luto pela morte do monarca anterior. Na cerimônia, na Abadia de Westminster, Isabel jurou garantir o cumprimento da lei e governar a Igreja de Inglaterra, dentre outros compromissos para com o trono britânico.

Evento[editar | editar código-fonte]

Convidados[editar | editar código-fonte]

Após ser fechada desde a ascensão de Isabel para os preparativos da coroação, a Abadia de Westminster foi reabert às 6:00 da manhã no Dia da Coroação para cerca de 8 mil convidados das Nações da Commonwealth; os mais proeminente indivíduos, como membros da Família real e realezas estrangeiras, pariatos britânicos, chefes de Estado, Membros do Parlamento das mais diversas legislaturas sob o governo de Isabel II. Um dos convidados estrangeiros foi a Rainha Salote Tupou III de Tonga, que desfilou em carruagem aberta pelas ruas de Londres no dia da coroação.[2]

Família Real

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.