Corrado Gini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Corrado Gini
Nascimento 23 de maio de 1884
Motta di Livenza
Morte 13 de março de 1965 (80 anos)
Roma
Cidadania Itália, Reino de Itália
Alma mater
Ocupação economista, estatístico, sociólogo, demógrafo, político
Prêmios
  • Fellow da Sociedade Econométrica
Empregador Universidade de Roma "La Sapienza", Universidade de Pádua, Universidade de Cagliari
Obras destacadas Coeficiente de Gini

Corrado Gini (Motta di Livenza, 23 de maio de 1884Roma, 13 de março de 1965) foi um estatístico, demógrafo e sociólogo italiano que desenvolveu o coeficiente de Gini, forma de medição da desigualdade de renda numa sociedade. Gini inicialmente apoiou as teorias fascista, e escreveu "As bases científicas do fascismo" em 1927, porem sucessivamente evidenciou algumas aberrações do fascismo, como as questões raciais, e então distanciando-se definitivamente do regime fascista[1].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Gini, Corrado in "Il Contributo italiano alla storia del Pensiero: Economia"». www.treccani.it (em italiano). Consultado em 16 de junho de 2021