Corticiales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCorticiales
Classificação científica
Reino: Fungi
Filo: Basidiomycota
Classe: Agaricomycetes
Ordem: Corticiales
K.-H. Larsson (2007)
Famílias
   Corticiaceae

   Punctulariaceae
   Vuilleminiaceae

Sinónimos[1]
1907 Protohymeniales Lotsy

1998 Vuilleminiales Boidin, Mugnier & Canales

Corticiales é uma ordem de fungos da classe Agaricomycetes. A maioria das espécies que integram o táxon são fungos corticioides, mas também estão incluídas espécies anómalas do tipo agaroide como Marchandiomphalina foliacea. Os fungos incluídos neste grupo sãp geralmente saprotrófitos, a maioria deles lignolíticos, mas alguns são parasíticos em gramíneas ou integram líquenes. Entre as espécies com importância económica, contam-se Waitea circinata, um fitopatógeno das culturas de cereais, e Laetisaria fuciformis, espécie que causa uma importante patologia dos relvados.

Descrição[editar | editar código-fonte]

A ordem foi estabelecida em 2007 pelo micologista sueco Karl-Henrik Larsson com base em resultados obtidos com recuros a técnicas de filogenia molecular.[2] Apesar das fronteiras precisas do táxon e das famílias que o integram ainda serem consideradas imprecisas, inclui pelo menos as famílias Corticiaceae (a família tipo), Punctulariaceae e Vuilleminiaceae.[3]

A ordem tem uma distribuição natural cosmopolita, incluindo cerca de 150 espécies de fungos.[4] A maioria das espécies de Corticiales é saprotófica, com predomínio para as espécies que degradam a madeira morta, sendo tipicamente encontradas sobre ramos mortos. As espécies dos géneros Laetisaria, Limonomyces e Waitea são parasitas facultativos ou obrigatórios de gramíneas. As espécies dos géneros Marchandiobasidium e Marchandiomyces são parasitas de líquenes. A espécie Marchandiomphalina foliacea ocorre como um fungo liquenizado.[5]

Waitea circinata é um importante fitopatógeno de culturas comerciais de cereais, causando numerosas doenças, entre as quais uma importante patologia dos arrozais.[6] O mesmo fungo causa doenças em relvados.[7] A espécie Laetisaria fuciformis é a causa da afecção conhecida por red thread disease em relvados.[8]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Corticiales K.H. Larss. 2007». MycoBank. International Mycological Association. Consultado em 3 de dezembro de 2010. 
  2. Hibbett DS; et al. (2007). «A higher level phylogenetic classification of the Fungi». Mycological Research. 111 (5): 509–547. PMID 17572334. doi:10.1016/j.mycres.2007.03.004 
  3. Ghobad-Nejhad M, Nilsson RH, Hallenberg, Hallenberg, N. (2010). «Phylogeny and taxonomy of the genus Vuilleminia (Basidiomycota) based on molecular and morphological evidence, with new insights into Corticiales». Taxon. 59 (5): 1519–1534 
  4. Kirk PM, Cannon PF, Minter DW, Stalpers JA. (2008). Dictionary of the Fungi 10th ed. Wallingford, UK: CABI. pp. 12–13. ISBN 0-85199-826-7 
  5. Lawrey JD, Diederich P, Sikaroodi M, Gillevet PM. (2010). «Remarkable nutritional diversity of basidiomycetes in the Corticiales». American Journal of Botany. 95: 816–823. PMID 21632407. doi:10.3732/ajb.0800078 
  6. Lanoiselet VM, Cother EJ, Ash GJ. (2007). «Aggregate sheath spot and sheath spot of rice». Crop Protection. 26: 799–808. doi:10.1016/j.cropro.2006.06.016 
  7. Toda T, Mushika T, Hayakawa T, Tanaka A, Tani T, Hayakumachi M. (2005). «Brown Ring Patch: A new disease on bentgrass caused by Waitea circinata var. circinata» (PDF). Plant Disease. 89: 536–542. doi:10.1094/PD-89-0536 
  8. «Red Thread lawn disease - cause, symptoms and treatment». Consultado em 3 de dezembro de 2010.