Corvo (heráldica)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O corvo é uma figura animal comum na heráldica. Há conhecimento do uso de sua imagem em emblemas desde a Idade Média, onde o conde escocês Corbet já o utilizava no ano de 1170 em seus brasões.[1]

Sua representação é pouco espetacular: de cor negra, geralmente mostrando as asas estendidas em sua largura sobre um trimonte. Se estiver representado como uma ave de pé, mas com as asas fechadas, provavelmente haveria confusão com a imagem da Pega-rabuda. O corvo é, assim como todos os animais heráldicos, uma figura comum e também pode ser representado com pernas de diferentes cores ou com língua (armadura). Ele pode segurar em seu bico um anel, ramos, bolota ou outras adições.

O corvo está relacionado aos brasões de armas de Rabenau (Saxônia), Raab (Alta Áustria), Rapperswil (Berna), Raben Steinfeld ou Corbières (Suíça). Embora, muitas vezes, numa leitura etimológica popular não-durável com o nome do lugar. O corvo também é representado no emblema de Matias I da Hungria (Matias Corvino).

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gert Oswald: Lexikon der Heraldik. VEB Bibliographisches Institut, Leipzig 1984.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Corvos na heráldica


Ícone de esboço Este artigo sobre heráldica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.