Cover date

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cover date ["data de capa", em tradução livre] refere-se à data estampada nas capas das publicações periódicas [ou simplesmente, "periódicos"], como revistas e gibis ["revistas de histórias em quadrinhos"]. Não é necessariamente a data real da publicação (a on-sale date ["data de venda"] ou release date ["data de lançamento").

Revistas[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, Canadá, e Reino Unido, a prática usual é exibir na capa da revista uma data que é de algumas semanas ou meses após a data de publicação real ou do lançamento. Ha duas razões para esta discrepância: em primeiro lugar, permitir que a revista pareça "atual" aos olhos do consumidor, embora já esteja à venda há bastante tempo (pois, nem todas as revistas são vendidas de forma imediata), e em segundo lugar, para informar às bancas quando uma revista não vendida pode ser removida da estante e devolvida à editora ou ser destruída (neste caso, a cover date é também a pull date ["prazo de validade" ou "data de recolhimento"]).[1]

Semanários (como o Time e Newsweek) geralmente mencionam a data da semana seguinte. Mensais (como a National Geographic Magazine) informam a data do mês seguinte à da data de publicação real, e publicações trimestrais são geralmente datadas três meses à frente.

Em outros países (como é o caso do Brasil), a cover date geralmente corresponde (ou tem uma pequena diferença) com a data de publicação, e algo similar acontece em relação às revistas semanais onde as datas são até idênticas.

Em todos os mercados, é raro que as revistas mensais indiquem um dia específico do mês: assim, as edições são datadas com Mês e ano (por exemplo, Setembro de 2017 [usando o mês da edição do artigo como parâmetro]), e assim por diante, enquanto que as revistas semanais podem apresentar o dia (como por exemplo, 7 de setembro de 2017).

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

A prática usual da maioria das editoras de revistas de histórias em quadrinhos desde a criação dos quadrinhos na década de 1930, foi datar as edições individuais, colocando o nome do mês (e muito mais tarde, o ano também) na capa, geralmente dois meses após a data de lançamento efetiva. Por exemplo, uma edição de 1951 de Super-Homem que trazia a cover date de julho, teria sido publicada dois meses antes dessa data, ou seja, no mês de maio, em termos gerais. Em 1973, a discrepância entre a cover date e a data de publicação foi de dois para três meses.[2] Em 1989, a cover date e a discrepância com a data de publicação foram alteradas novamente para dois meses, apesar de que, cada editora de quadrinhos nesse momento já usasse seu próprio sistema. O motivo para esta diferença remonta à época das “pulp fictions”, ou seja à década de 1920–1930, quando a cover date era utilizada como data final de recolhimento das revistas em bancas.

Uma das duas maiores editoras de quadrinhos dos Estados Unidos, a DC Comics, continua a colocar as cover dates na capa. Já a Marvel Comics, deixou de colocar as cover dates na capa em outubro de 1999; desde então, a "cover" date foi movida para o índice numa página interna da revista.

Casos excepcionais[editar | editar código-fonte]

Com o lançamento de várias edições especiais das séries regulares, e às vezes lançando mais de uma edição por mês adotou-se o uso de três palavras para auxiliarem na identificação da cover date: Early, Mid e Late, que significam a grosso modo: início, meio e fim e fazem referência ao mês específico. Por exemplo [revista a] #[b] – Early [mês/ano], ou seja início daquele mês, indicando que provavelmente há outra revista naquele mesmo mês.

Revistas trimestrais no geral tem na cover date a estação do ano em inglês Spring (Primavera), Summer (Verão), Autumm (Outuno) e Winter (Inverno). Revistas anuais normalmente não trazem a informação do mês da edição na capa, limitando-se a indicar somente o ano. Ainda há eventos como Holiday (feriado), geralmente utilizado em finais de ano, seja no Dia de Ação de Graças ou Natal.

Referências

  1. Cecil Adams (22 de junho de 1990). «Why are magazines dated ahead of the time they actually appear?». The Straight Dope. Consultado em 28 de junho de 2013 
  2. Levitz, Paul (2010). 75 Years of DC Comics: The Art of Modern Mythmaking. Los Angeles: Taschen America. p. 516. ISBN 978-3-8365-1981-6. Cover dates on comics didn't match magazine dating norms, and by 1973 Marvel's cover dates made them appear newer than DC's, so DC decided to skip using May 1973 and go straight to June.