Coyoacán

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coyoacán
  México Demarcação territorial do México  
Estadio Azteca.
Estadio Azteca.
Brasão de armas de Coyoacán
Brasão de armas
Localização de Coyoacán na Cidade do México
Localização de Coyoacán na Cidade do México
Coordenadas 19° 21' N 99° 09' 42" O
1928
Nomeado por Antiga cidade pré-colombiana homónima.
Sede Allende No.36, col. Villa Coyoacán, del. Coyoacán, C.P. 04000.[1]
Administração
 - Chefe distrital Jose Valentin Maldonado Salgado[1]
(2015 – 2018)
Área
 - Total 54,12 km²
Altitude 2 240 m
População
 - Total 620 416 hab
    • Densidade 11,405 hab./km²
Gentílico Coyoacanense
Fuso horário UTC−6
Código postal 04000 - 04999
Código INEGI 09003
Sítio [1]

Coyacán é uma das 16 demarcações territoriais da Cidade do México, situado na parte central da cidade.[2] Possui uma população de 620.416 habitantes, distribuída em uma área de 54,4 km². Faz fronteira com Benito Juárez a norte; com Tlalpan e Xochimilco a sul; com Álvaro Obregón a oeste; e com Iztapalapa a leste.

O nome Coyoacán vem da língua náuatle, resultado da combinação dos vocábulos coyótl (coiote), hua (partícula possessiva) e can (partícula locativa), que juntos significam lugar de coiotes.[1] Os astecas, no passado, nomearam uma aldeia pré-hispânica na margem sul do Lago de Texcoco, posteriormente dominada pelo povo tepaneca. Contra a dominação asteca, Hernán Cortés usou a área como sede durante a conquista espanhola do Império Asteca e fizeram dela a primeira capital da Nova Espanha, entre 1521 e 1523.

A parte mais alta corresponde ao Cerro Zacatépetl, no sudoeste da demarcação, onde também se encontra a zona Los Pedregales. Todo o território coyoacanense se encontra urbanizado, mas dentro dele se encontra importantes zonas verdes como a Reserva Ecológica do Pedregal de San Ángel, os Viveros de Coyoacán e a cidade universitária da UNAM, declarada em 2007 como patrimônio da humanidade pela UNESCO.

É uma zona com uma alta concentração de infraestrutura cultural e turística. Dentro dela se encontram as sedes de instituições de ensino do México, como a mencionada UNAM e a Universidade Autónoma Metropolitana (UAM). Inclui recintos como o Museo Nacional de las Intervenciones, o Museo Anahuacalli, o Museo Nacional de la Acuarela, o Museo Casa de León Trotsky, o Museo del Automóvil, o Museo Frida Kahlo, o Museo Universitario de Arte Contemporáneo e o Centro Cultural Universitario.

O centro histórico de Coyoacán é um dos bairros intelectuais e boêmios da capital mexicana. Numerosos personagens públicos nacionais e estrangeiros — artistas, intelectuais e políticos — tiveram sua residência nos bairros de Coyoacán.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Coyoacán» (em espanhol). Portal da Cidade do México. Consultado em 1 de fevereiro de 2018. 
  2. «LEY ORGÁNICA DE LA ADMINISTRACIÓN PÚBLICA DEL DISTRITO FEDERAL» (pdf) (em espanhol). Contraloría General de la Ciudad de México. Consultado em 28 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Coyoacán